Empreendedorismo

Implantar o código de barras ajuda a aumentar as vendas

A formação de filas e consequentemente a demora no atendimento é um dos maiores problemas para as empresas do atacado e varejo. Além disso, a necessidade de se implantar um sistema de leitura de dados aceito em vários estabelecimentos tem exigido dos empreendedores um novo posicionamento.

Uma das soluções encontradas para essas questões é a implantação do código de barras em seus produtos ou mesmo a exigência de que seus fornecedores ofereçam esse serviço. Mas o que é o código de barras? Como ele funciona? Como faço essa implantação? Qual o custo?

O código de barras nada mais é que o “RG” do produto, ou seja, uma representação gráfica de dados numéricos ou alfanuméricos. A decodificação (leitura) dos dados é realizada por um tipo de scanner (o leitor de código de barras), que emite um raio vermelho que percorre todas as barras. Onde a barra for escura, a luz é absorvida; onde a barra for clara (espaços), a luz é refletida novamente para o leitor.

Ele permite rápida captação de dados, velocidade nas transações, precisão nas informações e atualização em tempo real e isso implica maior controle, diminuição de erros, gerenciamento remoto, velocidade no atendimento de pedidos e clientes, redução de custos.

Para você empreendedor que deseja implantar o código há duas maneiras, você pode comprar um sistema e criar seu próprio código ou implantar o código GS1. A diferença é que o primeiro só pode ser lido no seu estabelecimento e o segundo é lido em qualquer estabelecimento no Brasil e no mundo.

Para implantar os códigos de barras GS1 é necessário:

1° –
Filiar sua empresa à GS1 Brasil, esse procedimento vai fornecer o Prefixo GS1 da Empresa, isso é feito pelo site www.gs1br.org. É importante providenciar todas as informações da empresa e produtos, como: área de atuação da empresa; motivo de filiação; tipo de produto; quantidade de produtos.

2° – Criar a identificação dos Itens Comerciais; isso é de responsabilidade do empreendedor, a GS1 lhe fornece seu prefixo e a quantidade de itens e o número de referência do produto é atribuído pelo detentor da marca.

3° – Escolher quais os tipos de códigos de barras e aplicações, o mais utilizado é o EAN-13 e deve ser, de preferência, preto e branco; produzir e aplicar o código de barras além de colocar as informações técnicas e de qualidade do produto; por fim, gerar os códigos de barras.

4° – Manter-se ativo junto à GS1 Brasil

Após se associar a GS1 ou mesmo para fazer a implantação do código de barras no seu estabelecimento é necessário a compra ou aluguel de um sistema, aquisição de uma impressora, a única exigência é que a mesma tenha uma impressão de qualidade e, por fim, um leitor de código de barras. Os custos podem variar, um pequeno empreendedor tem um investimento em média de até R$ 2.000,00 (dois mil reais) já uma empresa grande pode chegar a investir até R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

Silvia Teixeira é empreendedora do ramo de doceria no distrito de Anhanduí e destacou mudanças com a implantação. “Minha empresa cresceu. Como eu precisava fazer a rotulagem nas embalagens dos meus produtos aproveitei para implantar o código de barras, além disso, alguns clientes perguntavam”. O investimento foi de R$ 400, aproximadamente, e Silvia contou com auxílio das consultorias do Sebrae e da GS1. “Com essa ajuda foi bem mais simples do que eu imaginava”, aponta.

A empreendedora garante que, depois da implantação do sistema de código de barras, houve uma mudança considerável em seu comércio. “Notei o aumento das vendas e a boa receptividade dos consumidores. Comercializo meus doces com mais facilidade aos representantes, que por sua vez, revendem para as redes de supermercado, valorizando ainda mais o produto”, completa.

O Sebrae proporciona apoio aos empreendedores para a implantação do código e a própria GS1 Brasil também oferece cursos, assessoria técnica e a certificação do código de barras.

Para mais informações: (11) 3068-6229 – GS1 Brasil

Fonte: Estação Sebrae online
Foto: Web



Post Relacionados



Comentários

  1. José disse:

    Eu gostaria de receber este procedimento para minha milcro empresa

    Resposta Sebrae:

    Olá José,
    No site da GS1 (www.gs1br.org) há tutoriais que explicam o passo a passo para solicitar online o código de barras e identificar seus produtos.
    Caso prefira, o Sebrae também dispõe de consultoria no MS para orientar como fazer este procedimento no site da empresa. Estamos à disposição.

  2. Lucas Colli disse:

    Bom dia ,

    Estou começando a implantar os códigos de barras nos produtos da empresa em que trabalho e gostaria de um auxilio , os códigos foram contratados através da GS1.
    Caso alguém tenha disponibilidade é de grande importância a ajuda.

    Obrigado!
    at.

  3. Neto disse:

    Existem outras formas para adquirir seus códigos de barras, comprei meus códigos na empresa COBAN, eles são de São Paulo mas atendem empresas no Brasil todo. O site deles é http://www.codigodebarrasnacional.com.br paguei um preço bom por cada código e dentro de 30 minutos estava com os códigos prontos. Meu carvão já está a venda em varios mercados da minha região e deu tudo certo. Eu recomendo.

  4. […] 1° – Filiar sua empresa à GS1 Brasil, esse procedimento vai fornecer o Prefixo GS1 da Empresa, isso é feito pelo site www.gs1br.org. É importante providenciar todas as informações da empresa e produtos, como: área de atuação da empresa; motivo de filiação; tipo de produto; quantidade de produtos. 2° – Criar a identificação dos Itens Comerciais; isso é de responsabilidade do empreendedor, a GS1 lhe fornece seu prefixo e a quantidade de itens e o número de referência do produto é atribuído pelo detentor da marca. 3° – Escolher quais os tipos de códigos de barras e aplicações, o mais utilizado é o EAN-13 e deve ser, de preferência, preto e branco; produzir e aplicar o código de barras além de colocar as informações técnicas e de qualidade do produto; por fim, gerar os códigos de barras. 4° – Manter-se ativo junto à GS1 Brasil Após se associar a GS1 ou mesmo para fazer a implantação do código de barras no seu estabelecimento é necessário a compra ou aluguel de um sistema, aquisição de uma impressora, a única exigência é que a mesma tenha uma impressão de qualidade e, por fim, um leitor de código de barras. Os custos podem variar, um pequeno empreendedor tem um investimento em média de até R$ 2.000,00 (dois mil reais) já uma empresa grande pode chegar a investir até R$ 20.000,00 (vinte mil reais). Silvia Teixeira é empreendedora do ramo de doceria no distrito de Anhanduí e destacou mudanças com a implantação. “Minha empresa cresceu. Como eu precisava fazer a rotulagem nas embalagens dos meus produtos aproveitei para implantar o código de barras, além disso, alguns clientes perguntavam”. O investimento foi de R$ 400, aproximadamente, e Silvia contou com auxílio das consultorias do Sebrae e da GS1. “Com essa ajuda foi bem mais simples do que eu imaginava”, aponta. A empreendedora garante que, depois da implantação do sistema de código de barras, houve uma mudança considerável em seu comércio. “Notei o aumento das vendas e a boa receptividade dos consumidores. Comercializo meus doces com mais facilidade aos representantes, que por sua vez, revendem para as redes de supermercado, valorizando ainda mais o produto”, completa. O Sebrae proporciona apoio aos empreendedores para a implantação do código e a própria GS1 Brasil também oferece cursos, assessoria técnica e a certificação do código de barras. Para mais informações: (11) 3068-6229 – GS1 Brasil Fonte: Blog Empreendedorismo no Mato Grosso do Sul […]

  5. Usar leitor de códigos de barras é uma ferramente importante, dessa forma, não podemos abrir mão dela.

  6. jorge batista dos santos disse:

    Muito bom! Eu instalei um aplicativo leitor de código de barras no meu celular .Como posso identificar um código de barras através do meu celular

  7. Nilon disse:

    Tive problemas com a GS1 conforme varias pessoas tambem tiveram e citaram acima.
    procurei a http://www.codigodebarrasean.com/ e no mesmo dia resolvi tudo. Paguei com cartao de credito e recebi no mesmo dia. Os caras atenbem até por chat só de voce entrar no site, eles ja te chamam. Conversei pelo chat, tirei minas duvidas e comprei lá. Meu site é o http://www.minasdequeijo.com.br é uma fabrica de pao de queijo e biscoito de queijo. Fiz 18 codigos dos produtos e das caixas tudo no mesmo dia. Recomendo.

  8. Ana Paula Wan-Dall disse:

    Oi boa tarde eu faço películas para unhas e preciso de um cód de barras que passe em qualquer estabelecimento pois pretendo vender em mercados de cosméticos etc… Gostaria de um orçamento, preciso ver isso o mais breve possível… Obrigada

  9. Mario Lago disse:

    Sei não, heim ? Eu, como microempresário, vou contratar a http://www.codigodebarrasean.com . Cada código de barras sai em torno de US$49,00 e eu não tenho que pagar porcaria nenhuma de anuidade e sou dono do código.

  10. Marcos disse:

    Depois de cadastrar na GS1 tenho que fica pagando manutenção a cada 6 meses.

  11. Vale a pena investir nos códigos de barras!

  12. Códigos de barras ajudam a aumentar as suas vendas! Saiba como conseguir códigos com mais facilidade!

  13. Compre códigos de forma segura e pesquise o melhor site.

  14. Monica disse:

    estou pensando em fabricar fraldas descartaveis como consigo codigo de barra para as embalagens….

  15. Barcodebrasil disse:

    Código de barras auxilia e muito no crescimento das vendas! Vale a pena investir!

  16. neuzete disse:

    Concordo com Carlos, deveria ter um valor especial para os microempresários, pois não é nada fácil dispor deste investimento. Além disso tem que ter mais outros investimentos, impressora, leitor etc…

  17. carlos disse:

    a GS1 é bando de mercenarios! sou MEI, preciso de 1 código de barras e cobram R$519,00 de inscrição, mais R$258,00 de anuidade. assim fica dificil…. tentei um desconto na inscrição, mas eles estão pouco se lixando pros microempresarios. Nao existe uma solucao alternativa?

    • Sebrae/MS disse:

      Carlos,

      Essa instituição é a única autorizada em auferir uma identificação para geração de códigos de barras às empresas Brasileiras.

      A GS1 Brasil – Associação Brasileira de Automação é uma organização responsável por disseminar o padrão GS1 na identificação, codificação e soluções para aumentar a eficiência da cadeia de suprimentos:
      • Código de Barras
      • EPC – Código Eletrônico de Produtos
      • GDSN – Rede Global de Sincronização de Dados
      • EDI – Troca Eletrônica de Dados

      A GS1 faz parte da GS1 Global. Ela esta presente em vários escritórios espalhados pelo mundo, possibilitando também a rastreabilidade de produtos exportados.
      Os sites oficiais sobre o assunto: http://www.gs1br.org/ e http://www.gs1.org/

      Nossa sugestão é que você converse diretamente com o escritório no Brasil. Evite intermediários. A GS1 tem equipe especializada para sanar todas as suas dúvidas.
      Ligue no telefone (11) 3068-6229.

      Unidade de Atendimento
      Sebrae/MS

  18. Renata A. França disse:

    Fui contratada para cadastrar mais ou menos 5.000 itens de uma loja (depósito de material de construção), eles já tem sistema e leitor de código de barras, tenho que pegar item por item para cadastrar e depois fazer o estoque, quanto devo cobrar por esse serviço?

  19. André Coelho disse:

    Renato,

    A empresa GS1 é indicada para este tipo de consulta. A página do GS1 é autoexplicativa, ou seja, você conseguirá receber todo atendimento necessário para conseguir desenvolver seu código de barras. O site da GS1 é http://www.gs1br.org/

    Unidade de Atendimento.
    Sebrae/MS

  20. renato disse:

    estou iniciando um negocio de fabricar chinelos e fornecer para redes de supermercado estão exigindo codigo de barra para todos os chinelos já tenho logomarca qual o custo e qual procedimento que devo fazer para adquirir o codigo de barra.
    Desde ja agradeço fico no aguardo
    COMERCIO DE CHINELOS DAIZO ME

    RENATO

  21. André Coelho disse:

    Jefferson,

    O uso do código de barra para quem é industria auxilia a ter o produto em mais estabelecimentos comerciais, se vc tiver comércio e a empresa informatizada, ajuda a fazer todo o controle. O objetivo do código de barra é agilidade e rastreabilidade.

    No site da GS1- http://www.gs1brasil.org.br – tem o passo a passo para a implantação do código de barras e preço diferenciado para micro e pequenas empresas e produtores.

    O SEBRAE/MS por meio do Programa SEBRAETEC apóia com parte dos custos de atendimento de profissionais para orientá-lo na implantação do código de barras, na criação do design da embalagem e no atendimento às legislações sanitárias que esta atividade precisa se adequar.

    Para saber mais sobre o SEBRAETEC, você pode ligar gratuitamente para 0800 570 0800 ou ao acessar http://www.sebrae.com.br/uf/mato-grosso-do-sul/produtos-e-servicos/sebraetec.

    Sebrae/MS

  22. Jefferson Cristian dos Reis disse:

    Estou iniciando um negócio de vendas de peixes, e gostaria de fornecer para redes de supermercado, porém eles estão me exigindo além de uma embalagem o código de barra para cada produto. A embalagem com a logomarca, já está sendo providenciada, agora gostaria de saber o custo e qual procedimento que devo fazer para adquirir o código de barra num menor preço, pois ainda estóu iniciando meu negócio.
    Desde já agradeço a atenção e aguardo orientações.
    Jefferson




Deixe seu Comentário

*

code