Dicas de Empreendedorismo

10 julho, 2017 • Dicas de Empreendedorismo

Relaxar para produzir

Em um mercado (consumidor e de trabalho) marcado pela concorrência e pela competitividade, produzir cada vez mais em menos tempo parece ser o único caminho para o sucesso. Se concentrar e focar é importante, mas relaxar o corpo e a mente também. Não pense que é tempo jogado fora, pois existem atividades de lazer que, mais que descanso, prazer e distração, podem colaborar com a sua produtividade. É isso mesmo: alguns hobbies causam impacto direto sobre as funções cerebrais e podem colaborar com a sua produtividade.

De acordo com a médica neurologista Maria José Maldonado, a nossa química neuronal – que define muito dos nossos gostos, preferências, escolhas e comportamentos – é fator genético, mas também pode ser influenciada pelo ambiente em que vivemos. Ou seja, nosso cérebro pode, sim, ser “treinado”.

“Nós somos um misto da nossa química neuronal, aliado à nossa criação e ao ambiente, que vai modificar ou reforçar determinadas características. As nossas habilidades, os nossos defeitos, as nossas tendências, o nosso temperamento: tudo isso é gênico e influencia as nossas escolhas profissionais, de relacionamento, os hobbies preferidos. Embora a melhor fase para estimular novas sinapses entre os neurônios dos sistema nervoso central seja a infância, ainda na vida adulta é possível trabalhá-las, garantindo o desenvolvimento de novas habilidades e competências”, explica.

Separamos aqui 8 atividades que possuem efeito comprovado pela ciência sobre o nosso cérebro e que podem te ajudar a melhorar a sua produtividade:

  1. Caminhar e fazer exercícios físicos regulares

Um experimento conduzido por pesquisadores da Stanford University revelou uma associação direta entre caminhar e a capacidade de ter ideias originais. Os participantes da experiência mostraram um aumento de 60% em sua criatividade enquanto caminhavam. Já um estudo da Dartmouth University mostrou a contribuição dos exercícios físicos regulares para o desempenho do cérebro. Cerca de 60% dos participantes da pesquisa apresentaram aumento no nível de BDNF, uma proteína ligada à inteligência, à concentração e à capacidade de aprendizado.

  1. Tocar instrumento e ouvir música

Uma pesquisa publicada no Journal of Neuroscience revelou que treinamento musical – sobretudo na juventude – ajuda a aumentar o corpo caloso do cérebro, isto é, a parte que liga os dois hemisférios, o que impulsiona a memória e a capacidade de resolver problemas.

Para quem não sabe tocar nenhum instrumento, o simples ato de ouvir música também é benéfico. De acordo com cientistas da University of Birmingham, no Reino Unido, escutar música aumenta a concentração, impulsionando o rendimento.

  1. Ler

Segundo pesquisadores da Universidade de Sussex, na Inglaterra, meia hora de leitura profunda, reduz mais o estresse do que qualquer outra técnica tradicional de relaxamento. Além de agregar novas informações à nossa bagagem, a leitura também melhora a capacidade de foco e a concentração, por simular uma espécie de transe parecido com o provocado pela hipnose.

  1. Ver filmes e séries

Sim! Os finais de semana mergulhados em maratonas de filmes e séries também são úteis e colocam o cérebro para trabalhar, além de oferecer boas referências sobre vários assuntos e nos ajudar a compreender melhor o mundo à nossa volta.

  1. Jogos de tabuleiro

Esses jogos exigem que os participantes desenvolvam soluções para derrotarem os adversários. Sorte não conta aqui. Com a prática, ao longo do tempo, você vai perceber que andou desenvolvendo melhor habilidades como atenção, pensamento estratégico e agilidade.

  1. Jogar videogame

Jogos de estratégia em tempo real aceleram a capacidade de raciocinar sob pressão e aprender com erros passados. Já games de ação podem aumentar a capacidade de tomar decisões rapidamente.

  1. Aprender uma nova língua

Um estudo conduzido por pesquisadores da Northwestern University revelou que pessoas bilíngues têm mais facilidade para resolver problemas do que aquelas que falam apenas um idioma. Além disso, cientistas suecos descobriram que a fluência numa segunda língua pode aumentar o córtex cerebral, que controla quase toda a capacidade mental de uma pessoa, da memória à capacidade de planejamento.

  1. Jogar golfe

Partidas de golfe podem durar horas. Além de ser um grande exercício de calma e paciência, a prática do esporte incrementa a capacidade de resiliência e o desempenho em atividades diversas, segundo pesquisadores da Princeton University.

Fonte:

https://meusucesso.com/artigos/pessoas/4-hobbies-que-impulsionam-a-criatividade-1053/

https://carreiras.empregos.com.br/seu-emprego/7-hobbies-que-estimulam-sua-produtividade/

 

 







Deixe seu Comentário