Casos de Sucesso

28 setembro, 2015 • Casos de Sucesso, Mercado e Vendas

As vantagens de se comprar do pequeno negócio

vantagensSer empreendedor é cuidar e administrar dos negócios e trazer um diferencial para a cidade, explica a empresária Fabiana Cabral. Proprietária da loja Divini, ela garante que uma compra realizada em sua loja retorna em mais investimentos para a própria empresa. “Assim, contrato mais pessoas e adquiro mais peças dos fornecedores, promovendo a minha localidade”.

A micro empresa de Fabiana soma-se aos mais de 180 mil pequenos negócios de Mato Grosso do Sul, que representam 32% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. “Esta atuação dos pequenos negócios evidencia o quanto eles são atores do desenvolvimento da economia e é papel do Sebrae deixar em evidência estes empreendedores”, destaca a diretora técnica do Sebrae/MS, Maristela de Oliveira França.

Neste sentido, o Sebrae Nacional, com a adesão das unidades regionais, promove o Movimento Compre do Pequeno Negócio, que estabelece o dia 5 de outubro como data oficial do movimento, em que foi instituído do Estatuto da Micro e Pequena Empresa.

De acordo com a diretora Maristela, a iniciativa é inédita no país e tem o objetivo de provocar na sociedade a percepção de que comprar dos pequenos negócios ajuda na economia local e gera emprego e renda. “O movimento é de todos, a expectativa é que no dia 5 de outubro as pessoas se tornem clientes preferencialmente”.

A iniciativa de se tornar dona do próprio negócio há quase cinco anos transformou a vida de Francielly Quintana e de dois bairros de Campo Grande. De vendedora de joias, ela comprou um mercado que estava fechando no bairro Tiradentes e há um ano abriu outra unidade, no Rita Vieira. Gerou empregos nas duas regiões e fomenta outros pequenos negócios. “Em frente ao mercado no Tirantes está abrindo um salão de beleza, isto por conta do fluxo de pessoas que aumentou, e o estacionamento da nova unidade já é pequeno em horários de pico”, comemora. “Graças à confiança dos clientes que pudemos crescer e, assim, observar como o nosso ambiente mudou também”.

De acordo com a gerente da unidade de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae/MS, Sandra Amarilha, o ciclo virtuoso da economia possui a natureza de ser voltado para a economia da proximidade que promove a dinamização de um determinado local, o que mantém o fluxo e geração de empregos.

As micros e pequenas empresas representam 95% dos empreendimentos do país, em Mato Grosso do Sul este número sobe para 98%. “Esta é uma iniciativa que envolve os nossos clientes, que possuem a decisão de quem comprar, por isso fazer com que ele realize uma compra satisfatória é saber que estes recursos serão reinvestidos no desenvolvimento da nossa localidade”, conclui Francielly.

As vantagens de se comprar do Pequeno Negócio.

  • É perto da sua casa:
    Tudo ao alcance torna o dia a dias mais simples.
  • O dinheiro fica no seu bairro:
    Possibilitando criar novas oportunidades locais e distribuindo melhor a renda.
  • Emprega 52% dos empregos formais:
    Muitas pessoas tiveram a primeira oportunidade de trabalho no pequeno negócio;
  • O Pequeno Negócio desenvolver a comunidade:
    Os clientes fortalecem os pequenos negócios, que, por sua vez, buscam inovar e melhorar o atendimento, produtos e serviços.
  • Comprar do Pequeno Negócio é um ato transformador:
    Fortalece os segmentos e impulsiona a economia.

Fonte: Jornal Conexão Sebrae, edição 84.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. Pedro disse:

    Muito bom artigo,esclareceu minhas duvidas, Obrigado




Deixe seu Comentário