Casos de Sucesso

Por que investir em pesquisa de mercado?

Milla Resina e Carlos Batalha afirmam que investir em pesquisa é fundamental para o sucesso da empresa

Trocar o conhecimento intuitivo pelo conhecimento científico para fazer negócios pode ser mais simples e produtivo do que parece. Confira abaixo dicas para você entender como funciona a pesquisa de mercado e como aplica-la de maneira eficaz nos seus negócios.

O economista e consultor do Sebrae na área de planejamento mercadológico, Mauro Infante, explica que a primeira etapa da pesquisa de mercado é alinhar a oportunidade de negócio. “A pesquisa deve responder algumas questões importantes no sentido de viabilizar o empreendimento, como definir o publico alvo que o negócio vai atingir por região, bairro, renda e faixa etária.”

Mauro alerta que potenciais compradores não são realmente os consumidores do produto, “por exemplo, uma pesquisa pode apresentar várias pessoas que amam carros importados, mas isso não quer dizer que a renda dessas pessoas é compatível para adquirir estes bens”, ensina o consultor.

Para a empresária Milla Resina, proprietária do Firulas Café, a pesquisa de mercado foi fundamento para estruturar seus negócios. “Nosso primeiro plano era abrir o Firulas na Rua José Antonio, mas com a pesquisa de mercado percebemos que a Rua Euclides da Cunha era o lugar ideal. Hoje todas as nossas atitudes no mercado são baseadas em pesquisa em não apenas por feeling” explica Resina.

Contratação

A pesquisa pode ser terceirizada ou iniciada pelo próprio empresário, que pode ir a campo para aprender mais sobre seus potenciais clientes consumidores em determinada região. Para o consultor Mauro, na pesquisa de campo, o ideal é que se comece observando o comportamento das pessoas, o que gostam, o que compram, porque compram, quem decide pela compra e quem paga pela compra.

No caso de terceirizar o serviço, Carlos Henrique , administrador e consultor de mercado do Sebrae, recomenda que o contratante busque uma empresa de pesquisa de mercado, de consultoria, ou instituto de pesquisa.

Carlos indica que devem ser observados quatro pontos fundamentais na contratação deste tipo de serviço:  verificar experiência anterior comprovada do contratado; Encontrar na equipe dos pesquisadores profissionais formados em administração, economia ou matemática; Comprovação de experiência do contratado com inteligência de mercado e elaboração de estratégias; observar as ferramentas de pesquisa utilizadas  como: identificação da necessidade ou problemas do cliente, elaboração do instrumento de coleta de informações, ser usuário avançado de sistemas próprios de tabulação ou outro sistema compatível, tabulação simples, cruzada e refinada, elaboração de relatório sintético e analítico e apresentação para o público.

Custos

O administrador conta que os custos de uma pesquisa de mercado dependem de vários fatores como seu tamanho, da complexidade do problema que se quer resolver, da necessidade do cliente, da amplitude de área a ser pesquisada, do modelo de aplicação da pesquisa (questionário, e-mail, internet, totem multimídia, etc.), e do tipo de tabulação desta informação colhida (simples, cruzada ou refinada).

“Não existe um valor fixo ou tabela para se definir o preço, o mais importante é o contratante avaliar qual é o impacto que a falta desta informação fará para seu negócio para justificar o investimento”, finaliza Carlos

Estação Sebrae Online Ed. 72
Daniel Belalian

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário