Casos de Sucesso

02 novembro, 2018 • Casos de Sucesso

Realização que vem do artesanato

Já contamos aqui no blog algumas histórias que demonstram como o artesanato é importante para a valorização da identidade e da cultura regional. Mato Grosso do Sul se destaca na produção de itens de decoração e acessórios, mas a criatividade sem limites de nossos artistas faz surgir outras misturas ricas e interessantes: a jornalista Mariana Lopes, por exemplo, teve a ideia de unir gastronomia e artesanato.

Buscando novos rumos profissionais, Mariana buscou alinhar realização pessoal e profissional com qualidade de vida. No meio do ano, realizou um sonho antigo e começou a se dedicar ao estudo de Gastronomia, mas de cara constatou que a ideia de montar um restaurante estava descartado.

A partir disso, Mariana começou a pensar em alternativas e buscar por inspirações para abrir o próprio negócio. Viu a possibilidade de mercado e que conseguiria envolver a gastronomia para fazer cestas de café da manhã personalizadas. O diferencial do trabalho da Mariana é que todas as embalagens podem ser reutilizadas. 

As embalagens que envolvem os biscoitos amanteigados, torradinhas, chipa, sanduíches naturais, cookies e frutinhas são feitos de tecido e os líquidos, como geléias e suco, por exemplo, vão em potes de vidro que também podem ser reaproveitados no dia a dia. Quem faz os saquinhos personalizados é a mãe de Mariana, Dona Marily.

As comidas são feitas pela própria Mariana e por serem todas caseiras e fresquinhas têm conquistado o público da cidade cada vez mais, principalmente os biscoitos amanteigados que são uma receita da família. “Estamos vivendo uma crise econômica, mas as pessoas gostam de coisas criativas. As cestas de café da manhã já têm mercado e eu estou entrando nele com um produto que tem diferencial – as embalagens e as comidas caseiras”.

Com pouco tempo de produção, Mariana já teve um bom retorno em Campo Grande e no interior do Estado, mas ainda é um complemento de renda. Ela está se organizando para conseguir se manter mais para frente somente com a comercialização das cestas. Nessa fase de planejamento vai contar com a ajuda do Sebrae. Ela já realizou cursos sobre empreendedorismo e leu artigos sobre o Microempreendedor Individual (MEI).

Maternidade e artesanato

Em Três Lagoas, a jornalista e artesã Sarah Minini é conhecida pelo seu trabalho com mandalas. Desenhando desde sempre, o início dessa jornada artesanal começou quando seu filho nasceu, em dezembro de 2016, com arte gestacional – que transforma a barriga da mulher grávida em uma tela de pintura. No começo de 2018, continuou desenhando e viu referências de mandala em pedras de uma artista plástica na internet e pensou que também poderia produzir isso.

Sarah faz mandalas em qualquer superfície que pedirem, como por exemplo pedras, colares, madeira, mesas, bancos, chaveiros, filtro dos sonhos e caixas. Todos esses produtos são um complemento da sua renda.

“Quando comecei, não tinha intuito de fazer dinheiro. Comecei porque, ao parar de trabalhar para me dedicar inteiramente à maternidade, senti que precisava de algo que fosse só meu e que pudesse manifestar meus sentimentos”, explica.

O seu processo de criação é introspectivo e intuitivo, busca inspirações na natureza, pessoas e sentimentos. “É muito incrível porque quando é encomenda, a pessoas sempre me fala um pouco dela e quando eu faço e ela vê o resultado, encontra elementos que não mencionou. A conexão é muito forte e fico sempre muito feliz de poder me conectar com as pessoas e proporcionar a elas um objeto tão pessoal e único”. 

Suas vendas atendem outras regiões do país por conta da divulgação no facebook e instagram, além de parceria com o Instituto Corpoalma, lugar onde as pessoas fazem terapias diversas e buscam por produtos que ela produz. “O mercado em Três Lagoas vem se desenvolvendo bem com promoção de feiras e artistas incríveis que tentam alavancar o município nessa área, mas ainda não é um meio em que estou familiarizada, porque minha arte acaba sendo voltada para um público que busca algo além disso”, finaliza.

Em novembro e dezembro, “Turismo e Economia Criativa” são destaque no nosso Sebrae Inspira. Acesse https://www.sebraeinspira.com.br/, confira a programação e participe.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário