Destaque

Big Data: essa tecnologia cabe na minha pequena empresa?

Certamente você já deve ter ouvido falar sobre o Big Data. Os “metadados”, como o Big Data pode ser traduzido, são um conjunto muito grande de informações armazenadas pela empresa. Essas informações são valiosas para que, depois de analisadas com calma, sirvam para nortear novas estratégias e solucionar problemas.

Big Data: essa tecnologia cabe na minha pequena empresa?


Renan Teles, da Youzoom, explica que o Big Data é muito abrangente, e com a tecnologia dos dias de hoje, as possibilidades são muito maiores: “antigamente, o armazenamento dessas informações era mais complicado, mas hoje, com a tecnologia, é muito mais fácil de armazenar um volume grande de informações”.

Como adaptar o Big Data para minha empresa?

Geralmente, o Big Data está diretamente relacionado à tecnologia, pois esses dados são processados por ferramentas tecnológicas. Essas ferramentas geralmente são complexas e dependem de pessoas bem capacitadas, com conhecimentos em programação, para trabalhar com esses dados. Por isso, grandes empresas que trabalham com o Big Data formam equipes apenas para trabalharem com essas tecnologias.

É possível adaptar o Big Data para pequenas empresas sem que seja preciso um investimento alto ou a contratação de novas equipes. Renan Teles garante que existem opções para o pequeno empreendedor: “normalmente, para uma pequena empresa, o CRM é a melhor opção”.

Softwares do tipo CRM (Customer Relationship Management) são ferramentas nas quais também é possível armazenar todos os registros de venda e de contatos com o cliente, além de ter também as opiniões dos consumidores (coletadas via call center, redes sociais e etc.) e tudo isso pode ser usada como Big Data pelas pequenas empresas. Por ser mais simples que o Big Data, a exigência tecnológica é menor – ou seja, não é necessária uma equipe especializada.

Big Data: essa tecnologia cabe na minha pequena empresa?

Não se trata apenas de tecnologia

É importante mencionar também que o Big Data não tem a ver somente com a tecnologia. Ao mesmo tempo que a tecnologia seja necessária para o armazenamento e para a análise dos dados, trabalhar com essas informações exige uma mudança no mindset da empresa. Não adianta investir grandes quantidades de dinheiro em tecnologias novas se não se sabe muito bem onde quer chegar.

As ferramentas de Big Data possibilitam a descoberta de informações de potenciais clientes, mapear hábitos de compras e até conhecer melhor a sua concorrência. Com tantas possibilidades, o aconselhado é primeiro identificar um problema e, com ele, o objetivo da análise dos dados – resolver esse problema. “O acesso as informações são muito importantes pro empresário conseguir fornecer o melhor produto para o seu consumidor”, segundo Renan Teles.

Aproveite as possibilidades que as tecnologias nos dão para alavancar o seu negócio! E saiba que os consultores do Sebrae estão à disposição para ajudá-lo no que for preciso.

Fontes:

http://cio.com.br/tecnologia/2016/02/17/big-data-e-uma-mudanca-de-mindset/

https://corporate.canaltech.com.br/noticia/big-data/CRM-e-BIG-Data-qual-a-diferenca/

http://revistapegn.globo.com/Dia-a-dia/noticia/2015/05/saiba-como-usar-o-big-data-em-seu-negocio.html

http://exame.abril.com.br/pme/o-que-e-big-data-e-como-usar-na-sua-pequena-empresa/

https://economia.terra.com.br/vida-de-empresario/big-data-ajuda-pequena-empresa-a-entrar-na-mente-de-clientes,7171a403d01c8410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário




Deixe seu Comentário