Destaque

Cadeia de negócios: prepare-se para as grandes empresas

Cadeia de negócios: prepare-se para as grandes empresas


Para produzir em larga escala, grandes indústrias precisam de uma ampla cadeia de fornecedores de produtos e serviços, que vão desde café e salgadinhos para reuniões até logística e manutenção de equipamentos pesados. Por razões que variam da redução de custo operacional ao bom racionamento com as comunidades locais, é muito mais vantajoso que esses produtos e serviços sejam adquiridos das pequenas empresas locais.

“Ao tomar serviços em sua própria localidade, além de mais barato e rápido, as empresas apoiam o desenvolvimento e fomentam a cadeia de negócios locais, pois os recursos permanecem na região e fortalecem a economia local, gerando emprego e renda e demonstrando sua responsabilidade socioeconômica com a comunidade”, explica a analista do Sebrae Tétis Maria Goncalves, especialista em cadeia de negócios e desenvolvimento de fornecedores.

O problema é que, principalmente nos municípios do interior, nem sempre há fornecedores com capacidade produtiva para atender a demanda e que consigam se adequar aos rígidos critérios exigidos pelas grandes empresas. Em geral, esses critérios envolvem altos custos para adequação às normas internacionais, como as Normas ISO, por exemplo, e pesados investimentos em segurança do trabalho e proteção ambiental.

Dois municípios do Mato Grosso do Sul se destacam como polos de produção para exportação e vivenciam essa situação: Corumbá nos setores mineral e siderúrgico e Três Lagoas no setor de papel e celulose. O empresário Gerson Moraes, proprietário do Buffet Ygarapé Eventos, em Corumbá, enfrentou essa situação em 2012, quando desejava se tornar fornecedor de uma mineradora instalada no município, mas não dispunha de informações e das condições para se adequar aos critérios da empresa.

Ele lembra que, no ano seguinte, conseguiu se adequar e finalmente vender seus serviços graças a um programa de desenvolvimento de fornecedores e encadeamento produtivo desenvolvido na época pelo Sebrae, em parceria com a mineradora. “A capacitação durou 12 meses, com uma série de atividades incluindo diagnóstico, palestras, treinamentos, visitas técnicas, rodadas de negócios e consultorias que nos orientaram desde a formação de preço até o planejamento estratégico”, descreve.

Cadeia de negócios: prepare-se para as grandes empresas

Cadeia de Negócios ‘Business to Business’

Se os pequenos negócios locais precisam se preparar para atender às exigências dos grandes, por onde começar e onde buscar essa qualificação? Tétis Maria lembra que o Sebrae possui diversas soluções para apoiar as micro e pequenas empresas na relação Business to Business (B2B), como cursos e consultorias que ajudam o empresário a melhorar a gestão, a qualidade, a formação de preço e o planejamento para atender com volume, prazo e segurança.

Dentre elas, a analista destaca o Programa Sebraetec, que apoia as pequenas empresas na adequação à legislação e às normas técnicas, na melhoria produtiva, análise laboratorial de alimentos, design e certificação de produtos e embalagens, entre outras soluções. Com serviços customizados e especializados, o programa promove o acesso de pequenos negócios a soluções em sete áreas de conhecimento da inovação, aproximando-os dos prestadores de serviços tecnológicos.

Em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Sebrae também conduz o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), que fomenta a interação entre empresas âncoras e seus fornecedores. Com a iniciativa, conforme Tétis, as instituições contribuem para o aumento do número e da qualidade dos negócios realizados entre empresas fornecedoras de bens e serviços industriais com as grandes e médias empresas compradoras, por meio de um processo de avaliação e qualificação de fornecedores.

Outro conjunto de ações realizadas pelo Sebrae para fomentar o Business to Business são as Rodadas de Negócios, eventos de aproximação comercial em que empresas compradoras e fornecedoras têm a oportunidade de negociar seus produtos e serviços. “Algumas das principais vantagens dessa solução são a divulgação das empresas e a realização de vários contatos comerciais num único dia”, acrescenta a analista.

Para saber mais, procure o Sebrae.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário