Dicas de Empreendedorismo

Três questões para analisar antes de optar por um financiamento

Financiamento pode ser uma boa alternativa para empresários que precisam adquirir um bem. Mas, para que a necessidade material não se transforme em desespero financeiro, o economista Sérgio Bastos dá algumas dicas que ajudam o empreendedor a verificar se esta é mesmo a melhor opção.

1ª Avaliar a necessidade de capital de giro (recursos). A saúde financeira da empresa requer verificação de fluxo de caixa, capacidade de gerar recursos. É preciso analisar a viabilidade do financiamento. “A verificação, pelo empreendedor, de como está o desempenho da empresa é imprescindível para que ele possa tomar decisões estratégicas, como diminuir despesas, verificar margens de lucro, etc.”, explica Sérgio.

2ª Visão de futuro: a meta é ampliar a empresa, investir? O empresário precisa saber onde pretende chegar e quais os recursos que ele tem para isso, para depois optar ou não pelo financiamento. “É comum que o empresário possua capital e opte pelo financiamento, para fazer esse capital girar”, ilustra o economista.

3ª Conhecer e buscar as linhas de crédito. A concessão de crédito se baseia em reunir um grupo de informações sobre a empresa; nesse quesito a informalidade pode atrapalhar bastante. “Um grupo criterioso de informações sobre a saúde financeira da empresa é reunido antes da concessão do financiamento, para que seja verificada a capacidade de pagamento dela. A informalidade traz informações incompletas, desencontradas; atrapalha o acesso ao crédito”, explica.

Estas são apenas algumas dicas para ajudar na detecção da viabilidade de um financiamento. Mas, para decidir e assumir esse compromisso financeiro, procure informar-se e conhecer as várias linhas de concessão de crédito.
Procure o Sebrae/MS. Você pode participar do “Dia de Crédito” e  solicitar uma consultoria para ajudar na decisão.

Fonte: Estação Sebrae Online

Financiamento pode ser uma boa alternativa para empresários que precisam adquirir um bem. Mas, para que a necessidade material não se transforme em desespero financeiro, o economista Sérgio Bastos dá algumas dicas que ajudam o empreendedor a verificar se esta é mesmo a melhor opção.

1ª Avaliar a necessidade de capital de giro (recursos). A saúde financeira da empresa requer verificação de fluxo de caixa, capacidade de gerar recursos. É preciso analisar a viabilidade do financiamento. “A verificação, pelo empreendedor, de como está o desempenho da empresa é imprescindível para que ele possa tomar decisões estratégicas, como diminuir despesas, verificar margens de lucro, etc.”, explica Sérgio.

2ª Visão de futuro: a meta é ampliar a empresa, investir? O empresário precisa saber onde pretende chegar e quais os recursos que ele tem para isso, para depois optar ou não pelo financiamento. “É comum que o empresário possua capital e opte pelo financiamento, para fazer esse capital girar”, ilustra o economista.

3ª Conhecer e buscar as linhas de crédito. A concessão de crédito se baseia em reunir um grupo de informações sobre a empresa; nesse quesito a informalidade pode atrapalhar bastante. “Um grupo criterioso de informações sobre a saúde financeira da empresa é reunido antes da concessão do financiamento, para que seja verificada a capacidade de pagamento dela. A informalidade traz informações incompletas, desencontradas; atrapalha o acesso ao crédito”, explica.

Estas são apenas algumas dicas para ajudar na detecção da viabilidade de um financiamento. Mas, para decidir e assumir esse compromisso financeiro, procure informar-se e conhecer as várias linhas de concessão de crédito.
Procure o Sebrae/MS. Você pode participar do “Dia de Crédito” e  solicitar uma consultoria para ajudar na decisão.

Fonte: Estação Sebrae Online


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário