Dicas de Empreendedorismo

19 novembro, 2018 • Dicas de Empreendedorismo

As 10 biografias que todo empreendedor deve ler

Se você acompanha o Sebrae MS, seja nas redes sociais ou no mundo real, sabe o quanto a gente valoriza, recomenda e estimula a busca constante por conhecimento. Para nós, a informação é um valor essencial para quem quer se destacar.

Ler é um dos hábitos mais comuns entre os empreendedores porque é uma das bases da formação de um empreendedor. Para se informar, para aprender, para tomar decisões, para viajar sem sair do lugar, para se inspirar.

Entre tantas opções de leitura, sabemos que as biografias são o tipo de livro que mais ensinam e educam sobre exemplos a seguir.

Por isso, selecionamos 10 biografias de grandes empresários e líderes e histórias de empresas de sucesso para te motivar a realizar seus sonhos. Confira:

1. Mauá: empresário do império, de Jorge Caldeira

Ter uma empresa no Brasil nos dias de hoje é complicado, a gente sabe. Imagina em 1850, em um cenário marcado pela escravidão e pelo ego na Monarquia. Em um cenário totalmente adverso, surge Mauá e seu espírito empreendedor querendo inovar no país.

2. Chatô: o Rei do Brasil, de Fernando Morais

Considerado o primeiro rei da mídia no Brasil, Assis Chatobriand fundou a primeira rede de televisão brasileira, a Rede Tupi, o MASP (Museu de Arte de São Paulo) e construiu um império com dezenas de jornais e revistas, deixando um legado como nenhum outro brasileiro.

3. O Sonho Brasileiro, de Thales Guaracy

O livro conta a história do comandante Rolim Adolfo Amaro, um homem de origem humilde, e sua trajetória de criação, fundação e gestão da TAM Linhas aéreas, uma das empresas líderes no mercado de aviação até os dias de hoje.

4. Antonio Ermírio de Moraes: Memórias de um Diário Confidencial, de José Pastore

Um dos maiores empresários do Brasil, Antonio Ermírio de Moras, o nome à frente do Grupo Votorantim, acompanhou de perto grandes acontecimentos da história do país e foi sempre admirado por administrar suas empresas com seriedade, ética e humildade, além de manter um permanente envolvimento com relevantes projetos sociais, em especial nas áreas da saúde e da educação. Nesta biografia, José Pastore, seu melhor amigo há 35 anos, narra a vida de Moraes, desde sua infância em São Paulo, a faculdade nos EUA, a rotina de workaholic, até o sucesso nos negócios, a participação na política e até na vida artística.

5.Virando a própria mesa, de Ricardo Semler

Ricardo Frank Semler nunca foi uma pessoa convencional. Na infância, ouvia música, assistia televisão e estudava ao mesmo tempo; na adolescência, marcada pelos cabelos longos e muito rock’n roll, gerenciou a lanchonete da escola para levantar dinheiro par a festa de formatura; anos depois, escreveu uma carta à Universidade de Harvard criticando a forma como selecionavam os alunos para ingressarem. Resultado: foi convidado para estudar lá. Toda essa trajetória e o que veio depois, quando retornou ao Brasil e herdou, aos 28 anos, a tradicional e praticamente falida Semco S/A e em poucos anos tornou-a lucrativa, diversificada e muito maior, é narrada no livro “Virando a própria mesa”, escrito por ele mesmo.

6. Perdendo minha virgindade, de Richard Branson

O título é polêmico, mas não é nada do que você está pensando: ele é uma referência ao Grupo Virgin, a empresa do autor, Richard Branson. Richard batizou sua primeira loja de discos com esse nome porque se dizia virgem no segmento. Assim como uma fita em branco, ele foi adquirindo informação com o tempo e se tornou um dos maiores empresários do ramo. Começou a empreender aos 16 anos e com a22 já era dono de uma franquia de lojas de discos. Depois, Branson diversificou suas atividades e hoje o conglomerado conta com cerca de 400 empresas, que atuam em diversos setores da economia, como aviação, transporte ferroviário e entretenimento. Publicado em 1998, foi posteriormente seguido por outros livros biográficos de Branson, incluindo Business Stripped Bare: Aventuras de um Empreendedor Global e The Virgin Way: Como Ouvir, Aprender, Rir e Liderar.

7. Made in America, de Sam Walton

A obra conta com detalhes a trajetória dos irmãos Sam e Bud Walton, fundadores da maior empresa varejista do mundo: o Wal-Mart. Muitas lições podem ser tiradas desse livro pelo empreendedor iniciante, especialmente na parte que retrata a fixação de Sam por oferecer ao cliente a maior variedade e o menor custo. Além disso, é inspirador o exemplo de Sam que, mesmo milionário, vivia de forma comum e dirigia sua pick-up simples para visitar as lojas do Wal-Mart assegurando que todos os funcionários praticavam os ideais de um excelente atendimento ao cliente.

8. A loja de Tudo, de Brad Stone

A “Loja de tudo” é uma viagem pela história da Amazon, com seus altos e baixos, do impacto que a empresa causou em várias industrias e, claro, pela vida de seu fundador, Jeff Bezos. Iniciando com livros, hoje a Amazon vende de tudo e todos os seus concorrentes sonham em fazer igual. Brad Stone conta neste livro como a visão de Jeff Bezos transformou a Amazon em um império, além de revolucionar o comércio eletrônico, o mercado editorial e de tecnologia web.

9. Elon Musk, de Ashlee Vance

Considerado por muitos um Thomas Edison da atualidade, com traços de outros grandes empresários e empreendedores, como Henry Ford e Steve Jobs, Elon Musk ganhou uma biografia escrita pelo também sul-africano Ashlee Vance que destaca características de Musk, como “liderança invejável” e “impressionante habilidade de lidar com o estresse”, além de suas inovações significativas em diversos setores, como o de pagamentos com o Paypal, e o automotivo com o Tesla. O livro não é exatamente um manual recheado de dicas para empreendedores iniciantes, mas pode ser uma excelente fonte de inspiração

10. Faça Acontecer, de Sheryl Sandberg

“Faça Acontecer” é um livro sobre os desafios que as mulheres enfrentam para progredir em suas carreiras e a experiência pessoal de sua autora, Sheryl Sandberg, diretora operacional do Facebook, ex-vice-presidente de operações do Google e uma das dez mulheres mais poderosas do mundo segundo ranking da revista Forbes. Por meio de relatos pessoais, pelos quais Sheryl não tem medo de admitir suas próprias fraquezas, falhas e dúvidas, a autora analisa a situação da mulher no mercado do trabalho e dá dicas para que elas se desenvolvam cada vez mais. Dos onze capítulos do livro, apenas três tratam de alguma forma do equilíbrio entre trabalho e família e da questão da maternidade – assuntos que costumam ser centrais em outras obras sobre o tema.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário