Empreendedorismo

Empreendedores de Campo Grande comemoram vantagens da formalização

Empreendedora Jaqueline Acosta comemora aumento de 50% no faturamento após formalização

A empresária Maria do Carmo da Silva é cabeleireira há 35 anos e se formalizou na Capital. Em um mês, conseguiu ampliar em quase 20% o faturamento da empresa. “A gente ganha mais segurança para trabalhar, tem mais liberdade”, conta.

A campo-grandense Maria Aparecida Carlos Silva trabalha no ramo de decoração de festas e participou da Semana do Empreendedor Individual na Praça, no ano passado, quando aprendeu a controlar entrada e saída do dinheiro. “Hoje faço o fluxo de caixa sozinha e todo planejamento financeiro. Consigo saber exatamente quanto ganho”, afirma. Para ela, participar do evento também permitiu “ter novas ideias, saber no que posso melhorar e aprender mais”.

O aumento de 50% no faturamento é comemorado pela empreendedora Jaqueline Acosta, que se formalizou na primeira edição do evento, realizada em 2010. “Com o CNPJ, hoje posso prestar serviços em maquiagem para vários salões da Capital, consegui representação de uma fabricante de esmaltes e em julho de outra empresa que fabrica produtos para cabelo”.

Júlio César da Silva, técnico do Sebrae no MS, ressalta as vantagens da formalização. “Um dos principais fatores é que se sai da ilegalidade, podendo emitir nota fiscal e comercializar com as grandes empresas”, diz. “Além disso, o empreendedor individual tem impostos reduzidos e pode gozar dos benefícios da Previdência Social, como a aposentadoria”.

O técnico lembra ainda que o foco desta edição da Semana é voltado para a sustentabilidade dos negócios já iniciados, para que o empreendedor que se formalizou nos anos anteriores possa manter a empresa ativa e crescendo.

Na capital, o evento é realizado de 2 a 6 de julho, na Praça Santo Antônio, no centro da cidade, com a presença de 19 entidades para fazer atendimentos individuais das 8h30 às 17h sobre abertura de empresa, acesso ao microcrédito, licenças ambientais, orientações contábeis e outros assuntos.

No local, haverá ainda palestras gratuitas do Programa SEI nas áreas de vendas, atendimento e fluxo de caixa e repasse de informações sobre o projeto ‘Negócio a Negócio’, do Sebrae, que leva um agente de orientação até o estabelecimento comercial para fazer diagnósticos empresariais e planos de ação de melhorias gratuitos.

Realizam atendimento na Semana do Empreendedor Individual em Campo Grande: Sebrae, Prefeitura Municipal de Campo Grande (Secretaria Municipal da Receita, Vigilância Sanitária/Sesau e Secretaria de Meio Ambiente), Fecomércio (Sesc e Senac), Amems, Sescon, Apecsul, Sindiprocab, INSS, Junta Comercial de MS, Banco Bradesco, Banco da Gente, Banco do Brasil, Sicredi, Credigente e Caixa Econômica Federal.

A Praça fica à Rua 15 de Novembro, esquina com a Avenida Calógeras, no centro de Campo Grande. Mais informações no 0800-570-0800.

Angelo Smaniotto e Janaína Mansilha
ASN Sebrae/MS
*Editado para o blog por André Coelho

Empreendedora Jaqueline Acosta comemora aumento de 50% no faturamento após formalização

A empresária Maria do Carmo da Silva é cabeleireira há 35 anos e se formalizou na Capital. Em um mês, conseguiu ampliar em quase 20% o faturamento da empresa. “A gente ganha mais segurança para trabalhar, tem mais liberdade”, conta.

A campo-grandense Maria Aparecida Carlos Silva trabalha no ramo de decoração de festas e participou da Semana do Empreendedor Individual na Praça, no ano passado, quando aprendeu a controlar entrada e saída do dinheiro. “Hoje faço o fluxo de caixa sozinha e todo planejamento financeiro. Consigo saber exatamente quanto ganho”, afirma. Para ela, participar do evento também permitiu “ter novas ideias, saber no que posso melhorar e aprender mais”.

O aumento de 50% no faturamento é comemorado pela empreendedora Jaqueline Acosta, que se formalizou na primeira edição do evento, realizada em 2010. “Com o CNPJ, hoje posso prestar serviços em maquiagem para vários salões da Capital, consegui representação de uma fabricante de esmaltes e em julho de outra empresa que fabrica produtos para cabelo”.

Júlio César da Silva, técnico do Sebrae no MS, ressalta as vantagens da formalização. “Um dos principais fatores é que se sai da ilegalidade, podendo emitir nota fiscal e comercializar com as grandes empresas”, diz. “Além disso, o empreendedor individual tem impostos reduzidos e pode gozar dos benefícios da Previdência Social, como a aposentadoria”.

O técnico lembra ainda que o foco desta edição da Semana é voltado para a sustentabilidade dos negócios já iniciados, para que o empreendedor que se formalizou nos anos anteriores possa manter a empresa ativa e crescendo.

Na capital, o evento é realizado de 2 a 6 de julho, na Praça Santo Antônio, no centro da cidade, com a presença de 19 entidades para fazer atendimentos individuais das 8h30 às 17h sobre abertura de empresa, acesso ao microcrédito, licenças ambientais, orientações contábeis e outros assuntos.

No local, haverá ainda palestras gratuitas do Programa SEI nas áreas de vendas, atendimento e fluxo de caixa e repasse de informações sobre o projeto ‘Negócio a Negócio’, do Sebrae, que leva um agente de orientação até o estabelecimento comercial para fazer diagnósticos empresariais e planos de ação de melhorias gratuitos.

Realizam atendimento na Semana do Empreendedor Individual em Campo Grande: Sebrae, Prefeitura Municipal de Campo Grande (Secretaria Municipal da Receita, Vigilância Sanitária/Sesau e Secretaria de Meio Ambiente), Fecomércio (Sesc e Senac), Amems, Sescon, Apecsul, Sindiprocab, INSS, Junta Comercial de MS, Banco Bradesco, Banco da Gente, Banco do Brasil, Sicredi, Credigente e Caixa Econômica Federal.

A Praça fica à Rua 15 de Novembro, esquina com a Avenida Calógeras, no centro de Campo Grande. Mais informações no 0800-570-0800.

Angelo Smaniotto e Janaína Mansilha
ASN Sebrae/MS
*Editado para o blog por André Coelho


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário