Empreendedorismo

28 dezembro, 2020 • Empreendedorismo

Coaching, Consultoria, Tutoria e Mentoria: entenda as diferenças

Abrir a própria empresa pode parecer uma trajetória um tanto quanto solitária, às vezes. No entanto, o mundo dos negócios possui diversas ferramentas de auxílio e apoio para quem se arrisca na jornada empreendedora. As mais comuns, na atualidade, são o Coaching, a Consultoria, a Tutoria e a Mentoria.

Para aproveitar melhor cada uma dessas soluções e ter o máximo retorno como resultado para o seu negócio, é necessário entender o que é cada uma dessas ferramentas e quais as diferenças entre elas.
Convidamos Edson Mackeenzy, investidor e mentor de negócios em busca de escalabilidade, aceleração e internacionalização, para nos explicar de forma bem didática. Confira!

Definindo Modelo de Negócio

O empreendedor, palestrante e consultor suíço Alexander Osterwalder define modelo de negócio como a lógica de entrega e captura de valor por parte de uma organização. E Edson Mackeenzy começa explicando que o que tem havido é uma grande confusão entre os modelos de negócios existentes no mercado.

“Empresas de marketing de rede perceberam que muitas pessoas acham feio ser vendedor. Então a forma que essas empresas encontram de dizer para as pessoas que elas têm que vender, mas sem dizer que elas são vendedoras, é dizer que elas são empreendedoras. E isso deu tão certo que empresas de prestação de serviços e marketplaces que precisam de parceiros para fazer entregas, por exemplo, se sentem mais confortáveis dizendo para aquele trabalhador autônomo que ele também é um empreendedor. Só que a gente sabe que ser empreendedor não é fácil e à medida que esses profissionais começam a se frustrar, começam a procurar saídas e soluções. Assim surgem algumas saídas”, explica.

Caminhos e soluções

Mack

A primeira saída, de acordo com Mack, é fazer acompanhamento com um Coach, em sessões de Coaching que trabalham o psicológico da pessoa para que ela possa enfrentar as dificuldades de empreender. Não é algo simples, pois é necessário trabalhar muito o emocional, olhar para o comportamento e tomar uma decisão de execução.

Por outro lado, existe o Consultor, que é uma figura parecida com o Coach, mas com uma diferença: enquanto o Coach trabalha o psicológico e o emocional para inspirar as pessoas a executar, o Consultor executa junto. “Para isso, ele entende a necessidade e praticamente pega na mão mesmo, faz junto, garantindo, assim, o resultado final”, comenta Mack.

No meio desses dois caminhos, existe o Tutor, que é uma figura muito próxima a um professor, que é aquela pessoa que ja fez algo, sabe como executar e, além disso, estudou pra ter uma didática. Ele explica para as pessoas como fazer, mas sem se comprometer com o resultado final porque a execução depende de cada um.

“Explicado isso, eu posso afirmar que a Mentoria é uma habilidade transversal a essas três. O Mentor é um professor especialista de alta performance que estudou, executou e sabe ensinar. Ele transforma esse conhecimento em informações práticas de aprendizagem para que as pessoas possam aprender a executar com ele. Ao mesmo tempo, ele inspira aquele sentimento de uma liderança empática, de se colocar no lugar do outro e estimulá-lo a tomar as melhores decisões”, afirma Mack.

Com a Mentoria, você consegue tirar dúvidas diretas, pontuais e específicas que podem estar travando o seu crescimento. E o Sebrae possui uma nova solução chamada Oraculli, um aplicativo para dispositivos móveis que oferta mentorias virtuais gratuitas e pagas para empreendedores com profissionais de diversas áreas.

Quer saber mais? Acesse oraculli.ms.sebrae.com.br e baixe o app disponível para iOS e Android nas respectivas lojas de aplicativo.

Abrir a própria empresa pode parecer uma trajetória um tanto quanto solitária, às vezes. No entanto, o mundo dos negócios possui diversas ferramentas de auxílio e apoio para quem se arrisca na jornada empreendedora. As mais comuns, na atualidade, são o Coaching, a Consultoria, a Tutoria e a Mentoria.

Para aproveitar melhor cada uma dessas soluções e ter o máximo retorno como resultado para o seu negócio, é necessário entender o que é cada uma dessas ferramentas e quais as diferenças entre elas.
Convidamos Edson Mackeenzy, investidor e mentor de negócios em busca de escalabilidade, aceleração e internacionalização, para nos explicar de forma bem didática. Confira!

Definindo Modelo de Negócio

O empreendedor, palestrante e consultor suíço Alexander Osterwalder define modelo de negócio como a lógica de entrega e captura de valor por parte de uma organização. E Edson Mackeenzy começa explicando que o que tem havido é uma grande confusão entre os modelos de negócios existentes no mercado.

“Empresas de marketing de rede perceberam que muitas pessoas acham feio ser vendedor. Então a forma que essas empresas encontram de dizer para as pessoas que elas têm que vender, mas sem dizer que elas são vendedoras, é dizer que elas são empreendedoras. E isso deu tão certo que empresas de prestação de serviços e marketplaces que precisam de parceiros para fazer entregas, por exemplo, se sentem mais confortáveis dizendo para aquele trabalhador autônomo que ele também é um empreendedor. Só que a gente sabe que ser empreendedor não é fácil e à medida que esses profissionais começam a se frustrar, começam a procurar saídas e soluções. Assim surgem algumas saídas”, explica.

Caminhos e soluções

Mack

A primeira saída, de acordo com Mack, é fazer acompanhamento com um Coach, em sessões de Coaching que trabalham o psicológico da pessoa para que ela possa enfrentar as dificuldades de empreender. Não é algo simples, pois é necessário trabalhar muito o emocional, olhar para o comportamento e tomar uma decisão de execução.

Por outro lado, existe o Consultor, que é uma figura parecida com o Coach, mas com uma diferença: enquanto o Coach trabalha o psicológico e o emocional para inspirar as pessoas a executar, o Consultor executa junto. “Para isso, ele entende a necessidade e praticamente pega na mão mesmo, faz junto, garantindo, assim, o resultado final”, comenta Mack.

No meio desses dois caminhos, existe o Tutor, que é uma figura muito próxima a um professor, que é aquela pessoa que ja fez algo, sabe como executar e, além disso, estudou pra ter uma didática. Ele explica para as pessoas como fazer, mas sem se comprometer com o resultado final porque a execução depende de cada um.

“Explicado isso, eu posso afirmar que a Mentoria é uma habilidade transversal a essas três. O Mentor é um professor especialista de alta performance que estudou, executou e sabe ensinar. Ele transforma esse conhecimento em informações práticas de aprendizagem para que as pessoas possam aprender a executar com ele. Ao mesmo tempo, ele inspira aquele sentimento de uma liderança empática, de se colocar no lugar do outro e estimulá-lo a tomar as melhores decisões”, afirma Mack.

Com a Mentoria, você consegue tirar dúvidas diretas, pontuais e específicas que podem estar travando o seu crescimento. E o Sebrae possui uma nova solução chamada Oraculli, um aplicativo para dispositivos móveis que oferta mentorias virtuais gratuitas e pagas para empreendedores com profissionais de diversas áreas.

Quer saber mais? Acesse oraculli.ms.sebrae.com.br e baixe o app disponível para iOS e Android nas respectivas lojas de aplicativo.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário