Empreendedorismo

23 abril, 2012 • Empreendedorismo

Sete diferentes tipos de chefe e dicas de como lidar com eles.

tipos de chefe

Não existe nada pior do que ter um chefe ríspido, que pareça intocável e que não tem nenhuma empatia com os seus funcionários. Aspectos ruins que, muitas vezes, geram desconforto.

Para reverter essa situação, a maior parte das pessoas que passa oito horas por dia trabalhando precisa saber lidar e ter um bom relacionamento com esse tipo de chefe. Mas como?

Autenticidade é um dos aspectos fundamentais para conquistar a confiança dele. Segundo Mike Martins, diretor executivo da Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC) a dica é simples: não é porque o seu chefe esta numa posição hierárquica acima da sua, que você precisa ser submissa a ele.

O principal obstáculo que o liderado tem é o de controlar suas emoções. Portanto, a recomendação do especialista ressalta em sete diferentes tipos de chefes e suas soluções. Confira:

1. O arrogante
Ele é o dono da verdade ou pensa que sempre tem razão. Não acredita que pode errar e, geralmente, dispensa as opiniões alheias. Muitas vezes, ele se comporta dessa maneira para se proteger. Para evitar esse tipo de atitude, é preciso deixar claro que a discussão não é pessoal. Questionar de maneira educada.

2. A celebridade
Caracterizado pela conduta do líder que se acha mais importante que a própria empresa. Esse chefe pode ser classificado como imaturo, pois ele chega a misturar a autoridade do cargo com o seu lado pessoal. A solução é fazer com que você capte a atenção dele para o que mais lhe interessa, por exemplo, tente persuadir falando que se ele fizer tal coisa, a mídia e as redes sociais repercutirão de forma negativa e acabará prejudicando a sua imagem.

3. O amigo
Fala demais de detalhes da vida pessoal durante o expediente e acaba expondo situações que chegam a constranger qualquer profissional. O profissionalismo nessas situações é essencial.

4. O sociopata
Seu chefe não demonstra remorso mesmo quando age de forma questionável roubando ideias, atropelando regras e protocolos. Em vez de espalhar o quão sociopata é para os seus colegas de trabalho, o ideal é tentar não levar para o lado pessoal as críticas.

5. O autoritário
Gosta de dar ordens e não de ser contrariado. Simples assim. E acaba fazendo com que os colegas fiquem com medo de expor suas opiniões e ideias. Neste caso, o profissional tem que se manter firme ao argumentar com esse tipo de chefe e deixar sempre claro suas ideias de maneira breve.

6. O instável
Em determinadas situações ele pode ser ríspido e autoritário, mas em outros ele é extremamente compreensível e sociável. O seu chefe age de acordo com o que lhe é mais adequado. É preciso agir de acordo com o “humor” dele.

7. O monopolizador
Ele gosta de ter total domínio da situação, das informações, dos problemas, de tudo. Ele, na verdade, é inseguro, pois teme que se compartilhar com outras pessoas o tornará um profissional substituível. O profissional tenta colocar de forma pontual que pode ajudar o chefe quando ele está muito ocupado.

Vale lembrar que a pro atividade faz toda a diferença, pois ao oferecer ajuda constantemente, a relação de confiança será construída aos poucos.

Confira mais informações de como lidar com pessoas e chefes dos diferentes tipos no curso: Gestão de Pessoas – Na Medida

http://atendimento2.ms.sebrae.com.br/ecommerce/index.php?page=curso-palestra&id=342679

Sylvia Simocelli
Estação Sebrae On-line
Edição 83

tipos de chefe

Não existe nada pior do que ter um chefe ríspido, que pareça intocável e que não tem nenhuma empatia com os seus funcionários. Aspectos ruins que, muitas vezes, geram desconforto.

Para reverter essa situação, a maior parte das pessoas que passa oito horas por dia trabalhando precisa saber lidar e ter um bom relacionamento com esse tipo de chefe. Mas como?

Autenticidade é um dos aspectos fundamentais para conquistar a confiança dele. Segundo Mike Martins, diretor executivo da Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC) a dica é simples: não é porque o seu chefe esta numa posição hierárquica acima da sua, que você precisa ser submissa a ele.

O principal obstáculo que o liderado tem é o de controlar suas emoções. Portanto, a recomendação do especialista ressalta em sete diferentes tipos de chefes e suas soluções. Confira:

1. O arrogante
Ele é o dono da verdade ou pensa que sempre tem razão. Não acredita que pode errar e, geralmente, dispensa as opiniões alheias. Muitas vezes, ele se comporta dessa maneira para se proteger. Para evitar esse tipo de atitude, é preciso deixar claro que a discussão não é pessoal. Questionar de maneira educada.

2. A celebridade
Caracterizado pela conduta do líder que se acha mais importante que a própria empresa. Esse chefe pode ser classificado como imaturo, pois ele chega a misturar a autoridade do cargo com o seu lado pessoal. A solução é fazer com que você capte a atenção dele para o que mais lhe interessa, por exemplo, tente persuadir falando que se ele fizer tal coisa, a mídia e as redes sociais repercutirão de forma negativa e acabará prejudicando a sua imagem.

3. O amigo
Fala demais de detalhes da vida pessoal durante o expediente e acaba expondo situações que chegam a constranger qualquer profissional. O profissionalismo nessas situações é essencial.

4. O sociopata
Seu chefe não demonstra remorso mesmo quando age de forma questionável roubando ideias, atropelando regras e protocolos. Em vez de espalhar o quão sociopata é para os seus colegas de trabalho, o ideal é tentar não levar para o lado pessoal as críticas.

5. O autoritário
Gosta de dar ordens e não de ser contrariado. Simples assim. E acaba fazendo com que os colegas fiquem com medo de expor suas opiniões e ideias. Neste caso, o profissional tem que se manter firme ao argumentar com esse tipo de chefe e deixar sempre claro suas ideias de maneira breve.

6. O instável
Em determinadas situações ele pode ser ríspido e autoritário, mas em outros ele é extremamente compreensível e sociável. O seu chefe age de acordo com o que lhe é mais adequado. É preciso agir de acordo com o “humor” dele.

7. O monopolizador
Ele gosta de ter total domínio da situação, das informações, dos problemas, de tudo. Ele, na verdade, é inseguro, pois teme que se compartilhar com outras pessoas o tornará um profissional substituível. O profissional tenta colocar de forma pontual que pode ajudar o chefe quando ele está muito ocupado.

Vale lembrar que a pro atividade faz toda a diferença, pois ao oferecer ajuda constantemente, a relação de confiança será construída aos poucos.

Confira mais informações de como lidar com pessoas e chefes dos diferentes tipos no curso: Gestão de Pessoas – Na Medida

http://atendimento2.ms.sebrae.com.br/ecommerce/index.php?page=curso-palestra&id=342679

Sylvia Simocelli
Estação Sebrae On-line
Edição 83


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário