Dicas de Empreendedorismo

O Mundo binário acabou! O cartesiano, talvez? Como vender mais na Internet!

1% por Gil Giardelli

Tem algo novo no ar, um auditório com inventivos, criando uma nova economia. Seja colocando sua pousada na rede, ou criando redes sociais para artistas da região! Eram dezenas de inventivos em uma noite na véspera de um feriado prolongado com seus olhos atentos, canetas em punho e espero que no final da minha palestra uma cabeça com muitas idéias!

Então, fica meu muito obrigado para você, você e você que foi até lá!  Fica meu muito obrigado para toda equipe do SEBRAE! O Brasil precisa de pessoas como vocês! Porque no final a revolução não é toda história, mas é uma grande história onde não podemos usar velhos mapas, para descobrir novas terra! Segue um artigo para vocês! bon Voyage ?

Humanidade 4.0

“Proletários de todo o mundo, uni-vos!”.”Bem vindo à “Humanidade 4.0 e à democracia das redes sociais”*. Achou uma dicotomia iniciar um texto sobre “vender” parafraseando a célèbre frase  do Manifesto Comunista  de Karl Marx e Engels? Calma, você vai entender!

A Internet, é um fenômeno cultural de massa, 1 computador vendido a cada três segundos no primeiro semestre de 2008**

Entendeu? A audiência não é micro. São tempos exponenciais com Hiperconsumo, Hipermodernidade, Hipernarcisismo e Hiperterrorismo.

Criamos um novo meio de estruturar a economia e o velho resistirá ao novo! Nós humanos somos a mídia, nós os clientes somos os caçadores, somos contadores de estórias com megafones digitais.

Cortadoras de cana de açúcar, com dificuldades para começar a usar os computadores e a tão falada 
Internet. Com a ajuda da Escola do Futuro, montaram um curso chamado “Mulheres Online” (Veja detalhes aqui). A idéia era formar um grupo de mulheres com o mesmo interesse e a partir
 daí descortinar os mistérios da informática e do mundo digital. Hoje são 64 mulheres vendendo artesanato para o mundo inteiro usando a rede!

Será e-revolução ou Hecatombe? Não importa, o que importa é todo mundo conectado e vendendo!
 Por causa de mulheres inventivas como as de Iepê, as previsões do tamanho da tempestade digital sempre foram erradas. Alguns acreditavam que o e-commerce atingiria entre 2 a 3 bilhões em seus primeiros anos, ele atingiu 13 bilhões! Matemáticos de plantão foram chamados para refazer as contas e criaram fórmulas para entender o fenômeno das comércio digital.

A democracia das redes sociais, como diz no livro “Escola do Deuses”, é uma economia para quem tem um sonho a realizar, que abandona a lógica do conflito, de pessoas visionárias, capazes de harmonizar os antagonismos de sempre. Os velhos ensinamentos não são suficientes para entender tempos exponenciais! Que tipo de revolução vivemos? Será similar à revolução das grandes navegações, Industrial ou Comunista?  Ou uma revolução antropológica fundando o Homo Transilis?

Barack Obama nos ensinou que a conectividade é a força motora para lançar um produto! Obama e sua equipe mudaram o jeito de se fazer propaganda! Obama, usando a internet, tornou-se uma máquina fashion dos tempos digitais e o seu slogan “Change: we can believe in” a frase preferida da geração da economia colaborativa. 

E nada é por acaso. O diretor de Internet e novas mídias de Obama é, nada mais, nada menos, do que Chris Hugues, um jovem de 24 anos que, junto a colegas de quarto na faculdade, fundou o Facebook, a sensação das redes sociais! 

Ele conseguiu a OBAMANIA utilizando a força dos ”Internet Boomers” utilizando virilidade, vídeos no Youtube, ringtones, widgets, photos, e constantes updates. Obama criou seu perfil em 57 redes sociais. Tornou-se a primeira pessoa a passar de 1.000.000 de amigos no facebook e seus discursos lideram a audiência no Youtube! Utilizando redes sociais de nichos, Obama fala com americanos-asiáticos no Asianave.com, com os afros-americanos  BlackPlanet.com, GLEE.com para falar com gays, lésbicas e simpatizantes, o Faithbase.com para os religiosos e para falar com Latinos ele usa o Migente.com.

Ainda acha que a internet não é um adrenalizador de vendas? O discurso de Obama na convenção que o consagrou como o candidato Democrata teve mais audiência do que a abertura dos jogos Olímpicos da China! 
Obama não é o produto planetário melhor vendido?
 Somos uma geração mais influenciada pelo youtube.com do que pela Rede Globo ou CNN?

Na democracia das redes sociais, é necessário entender a economia descentralizada, os conceitos da transparência radical. Para vender mais, torne-se um antropólogos e entenda a geração C: que são conectados, criativos, e amam a conversação, fazendo sua marca ficar sem controle. Se qualquer projeto que você estiver fazendo não tiver os 4 C’s (comunidade, colaboração, conteúdo e comunidade), pare agora e repense sua estratégia!

E mais, observe que essa nova geração tem descaso com fórmulas tradicionais do marketing! Note que a nossa forma de publicidade e vendas está fundamentada em conceitos horripilantes desenvolvidos pelos nazistas! Utilizando palavras de Guerra como acertar o Target, bombardear os consumidores, blitz, saturação, cobertura total, impacto, eles imaginam mover suas vendas. Sim, é a mentalidade de um General!

Em um mundo de tanta escolha, satisfação instantânea e  cultura acelerada esgotou-se o tempo do nosso consumidor. Chame como quiser – imediatista ou não. Pode ser Web 2.0; se você preferir, Web 3.0, WebFlex (você a usa como quiser) ou de Webwhatever. Sejam bem vindos à Humanidade 4.0.

A primeira humanidade 1.0 era a agrícola, depois vivemos na Humanidade 2.0 Industrial, passamos pela Humanidade 3.0 Tecnológica e agora vivemos a 4.0 Cyber-espiritual.

Hoje, vivemos a coisa mais extraordinária desde o advento da revolução Francesa.

A nova humanidade está na missão do e-Bay – a empresa que reinventou o comércio:  “Ensinar 150 milhões de pessoas que elas podem acreditar em estranhos.”

Ainda não convenci você sobre a nova humanidade 4.0 e a nova forma de vender?

Vá até o Lala.com e seus milhões de CDs, Peerflix.com e seus DVDs baratos, librarythings.com e seus milhões de livros grátis, compre trabalhos escolares no paperbackswap.com, ou consiga um empréstimo no Zopa.com, o banco 4.0, ou ainda venda seus produtos na zappos.com. Ressuscitamos ou não um mercado Persa?

Ou seja: “Enquanto eles (a velha economia) ainda estão contando os cavalos, o mundo está se movimentando em locomotivas**** Ou seriam trens-bala digitais?

A Revolução não é toda história, mas é uma grande história onde não podemos usar velhos mapas para descobrir novas terras!

Quer mais conteúdo sobre inovação e como alavancar as vendas na sua empresa através da internet. Confira aqui.

 

Por Gil Giardelli

Coordenador do curso de inovação digital do CIC da ESPM, CEO da Permission Adnetwork, VP da Adrenax Capital, palestrante em mais de 300 eventos, blogueiro no Humanidade 4.0 e no Financial web.

* Dados do Dieese.org

** termo cunhado por Marcelo Coutinho do Ibope

*** veja o video das mulheres de Iepe em http://gilgiardelli.wordpress.com/2007/06/08/9/

**** Frase de Andrew Rasiej, fundador do Personal Democracy News – site que monitora o impacto da tecnologia em nossas vidas.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. […] link você encontra um resumo dos assuntos abordados na palestra “Como a internet pode […]




Deixe seu Comentário