Dicas de Empreendedorismo

Quando o hobby vira empreendedorismo

Como já dizia o filósofo chinês, Confúcio: “Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia em sua vida”. Muita gente já transformou seu hobby em um empreendimento e hoje ganha dinheiro com aquilo que mais têm prazer em fazer. Mas poucos sabem como começar a fazer suas habilidades virarem um negócio lucrativo de verdade.

O ponto de partida é ter coragem para arriscar. Nem sempre é fácil apostar que aquilo que era feito nas horas vagas, como por exemplo: pinturas, bijuterias e até mesmo alimentos pode virar fonte de renda. Saber planejar, focar e executar são atitudes fundamentais para a execução do negócio.

Quem confiou em seus talentos ou até mesmo em uma ideia repentina e fez dela um trabalho, hoje comemora sucesso. É o caso do site ReclameAQUI que surgiu de uma insatisfação que o atual presidente do site, Maurício Vargas vivenciou com uma companhia aérea. Após perder um voo por culpa da companhia, que resultou na perda de negócios, tentou expor a indignação procurando pelo SAC da empresa que não correspondeu.

“Notei a necessidade da criação de um canal em que o cliente pudesse expor os problemas e a ineficiência dos canais de atendimento dessas empresas. Dessa simples experiência de vida que despertou uma ideia e muito trabalho, surgiu o Reclame Aqui”, comenta o criador do considerado maior portal independente da América Latina em defesa do consumidor.

Para transformar uma criação própria em empreendimento não basta apenas ter coragem. Por se tratar de um mercado instável é necessário também calcular os possíveis gastos e manter uma reserva para as emergências. Fazer um planejamento e análise de quem seriam os possíveis clientes e manter o foco nos objetivos traçados. Conversar com aqueles que montaram seu próprio negócio e tiveram sucesso, também é outro fator relevante não só para buscar motivação, mas para aprender com a troca de experiências.

Paixão foi o elemento básico na vida da artesã, Márcia Lopes que se formou em odontologia e atuou como dentista em consultório por nove anos. Descontente com a profissão e movida pelo passatempo que tinha de fazer caixinhas para presentes nas horas vagas, abandonou a carreira até então seguida para apostar em seu prazer por desenvolver embalagens personalizadas.

Atualmente, contente com o êxito de seu empreendimento que fabrica além de caixas, mas também cestas para as maiores chocolaterias de Campo Grande e lembrancinhas para casamento e aniversário, a proprietária da loja Caixa & Cia conclui: “A melhor coisa que fiz foi ter coragem de mudar de vida e optar por aquilo que gostava de fazer. Hoje as horas passam voando e nem me dou conta de que trabalhei o dia todo”.

Estação Sebrae
Gabriela Paniago

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário