Dicas de Empreendedorismo

Seja um talento reconhecido pelas empresas. Confira dicas de consultora.

O mercado busca pessoas talentosas, que possuem capacidade de imprimir diferenciais competitivos em tudo o que fazem. Para a consultora em Construção de Carreira e Imagem, Waleska Farias, não existe fórmula mágica para isso, mas alguns conceitos que podem ser adotados no dia-a-dia.

“Talento é a competência que imprime um diferencial pela maestria com que é exercida. É o que faz a pessoa ir além do compromisso assumido para desempenhar no ‘melhor de si’ seus roteiros de ação”, avalia.

Confira 12 dicas da consultora, publicadas no Portal da HSM:

1 – Autoconhecimento – É condição sine qua non conhecer a si mesmo, por meio de seus pontos fortes e fracos, e tenha total controle de suas emoções para não tornar-se refém de suas próprias reações. Investir no autoconhecimento é retorno garantido.

2 – Team-building – Talentos são vistos como referenciais, mas um profissional não consegue promover resultados e superar expectativas sem a ajuda de outras pessoas. Portanto, interagir bem em equipe e construir alianças são condições determinantes.

3 – Rede de relacionamentos – No modo individual você pode até ir mais rápido, mas não chega tão longe. É importante desenvolver uma rede de relacionamento consistente. Estar visível, fortalecer laços e consolidar posições ajuda a ser lembrado.

4 – Habilidades sociais – É oportuno que os talentos sejam mestres no trato das relações interpessoais. Devendo sempre lembrar-se de que as posições se intercalam. Um dia você pode prestar ajuda, enquanto no outro precisará ser ajudado.

5 – Atualização constante – É necessário que haja um investimento contínuo no processo de aprendizagem. O perfil de um talento vai além das chancelas acadêmicas e qualificações técnicas. É preciso investir na formação de valores e padrões de condutas.

6 – Valores – O único modo de imprimir longevidade a sua marca pessoal é conquistando a credibilidade das pessoas. Que seu posicionamento configure os conceitos de ética e respeito nas suas relações. Na expressão “walk the talk” – que a sua fala esteja sempre em convergência com suas ações.

7 – Humildade nobre – É necessário que haja muito equilíbrio para que o profissional não se deixe tomar pela arrogância ao pretender ser insubstituível. Lembrando Da Vinci: “A simplicidade é o último grau de sofisticação.”

8 – Empreendedorismo – As empresas esperam que seus talentos tenham perfil empreendedor: saibam tomar decisões, assumir riscos, ter iniciativa, buscar novas possibilidades e mantenham uma conduta exemplar junto aos demais colaboradores.

9 – Imagem virtual – Nas redes sociais, não basta participar, é essencial saber se portar. Tudo o que você comentar, apoiar ou reproduzir nas redes sociais, dada a percepção das pessoas, poderá depor contra ou a favor de si mesmo e da sua empresa.

10 – Planejamento – Organização, disciplina e determinação. Esse é o caminho mais seguro para transformar seus objetivos em conquistas. Alinhe o que você quer a quem você é. Sem coerência entre os objetivos, os mesmos podem tornar-se irrealizáveis.

11 – Convergência de propósitos – Avalie se seus conhecimentos e aptidões atendem às demandas e expectativas da empresa e aprimore-os nesse sentido.

12 – Aprenda a registrar/conquistas – Aqueles que não conseguem reconhecer seus próprios méritos, também terão dificuldade de reconhecer e recompensar o esforço do outro.

Fonte: Portal HSM
Foto: SXC

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários

  1. Eu gostei mais ainda não temos empresas que estão aceitando pessoal com vasta experiência profissional e pessoal, mais sim estagiário por causa do valor pequeno de salário, sinto muito mais estou sendo obrigado a mudar de carreira por ter muito conhecimento em minha área e nenhuma empresa me aceita por causa do salário compatível ao meu trabalho desenvolvido…

  2. Viviane disse:

    É verdade, Fernando. Essa é uma realidade em Campo Grande! Temos que matar um leao por dia, mas com fé em Deus vamos conseguir!
    Abraço!

  3. A culpa não é da empresa e sim do Governo… como que faz para pagar um salário decente se a cada R$ 1.000,00 de salário são mais R$ 1.000,00 para o bolso dos políticos?

  4. Vanessa Torres disse:

    Realmente a taxa tributária no Brasil desanime e desenconraja os empreendedores. Mas, hoje em dia tempos outras opções, com a lei do empreendedor individual. Eu sou uma empreendedora individual e, com poucas tributações, hoje em dia tenho nota fiscal, posso vender para empresas e até beneficios como aposentadoria, coisas que eu nem imaginava que seria possível a um tempo atrás.

  5. Valeska Oliveira disse:

    Sou uma estudante e luto diariamente para aprender mais, para tentar um espaço no mercado. Gostei muito das dicas neste artigo. Vou colocar em pratica.
    Aprendi que talento se aprende, não precisa nascer com ele!

  6. […] This post was Twitted by SebraeMS […]




Deixe seu Comentário