Liderança e Pessoas

29 novembro, 2021 • Liderança e Pessoas

Comissões, bônus e gratificações: como engajar a equipe para vender mais no fim do ano

Ter uma equipe alinhada e que corresponda a todas as expectativas que seu negócio demanda é fundamental para que você alcance resultados. E, como todos sabem, o Natal e as festas de fim de ano são a data mais importante de todo o comércio.

Se você é empreendedor, passou pelo sufoco dos meses de pandemia da Covid-19 e precisa dar aquele “up grade” para seu empreendimento deslanchar, a hora de pensar é agora.

Abaixo, separamos algumas dicas para você conseguir engajar sua equipe de maneira positiva para que todos se ajudem. Confira!

Como animar a equipe de vendas do seu empreendimento

Natal chegando é sinônimo de boas vendas e, para isso, sua equipe de funcionários e colaboradores deve estar treinada para garantir que nada saia fora do planejado. Por isso, o gestor deve pensar em todos os detalhes para poder engajar positivamente todos os que trabalham com ele.

1 – Defina boas metas

As metas de vendas fazem parte do cenário do empreendedorismo, seja ele no comércio, e-commerce ou individual. Ter metas faz parte da vida, digamos. Por isso, trace metas alcançáveis para sua equipe. Elas são essenciais para orientar cada colaborador ao objetivo real da empresa.

2 – Realize treinamentos

O próximo passo para ter uma equipe engajada é realizar treinamentos esporádicos, ou seja, para qualquer grande mega evento, como as festas de fim de ano, é necessário treinar seus colaboradores. Isso é uma medida eficaz à qual muitos gestores e empreendedores recorrem, uma vez que é preciso adaptar o funcionário à realidade.

Depois das metas atingíveis, é preciso capacitar seus colaboradores para que eles se sintam mais motivados a crescer e isso impacte positivamente também o seu negócio.

3 – Comissões, bônus e gratificações

Como estimular uma equipe sem oferecer algo em troca? Impossível. Por isso, a terceira dica é saber que as gratificações fazem parte do planejamento inicial do seu negócio, principalmente em datas sazonais e que rendem lucros para o empreendimento.

Portanto, faça uma pesquisa entre os colaboradores e veja como eles preferem as bonificações. Se é em forma de comissão, uma folga ou até mesmo prêmios. Deixe claro que uma equipe valorizada é uma equipe que produz mais.

Vale lembrar também que, para implantar uma gratificação, a gestão precisa:

  • Ter clareza sobre as porcentagens das metas que serão restituídas em bônus
  • Delimitar o papel de cada colaborador
  • Ter estabelecido um resultado mínimo sobre as metas
  • Pagar o bônus em dia

Independente do valor, é importante a gestão já deixar programado isso para que não haja imprevistos. Por exemplo:

  • 5% das vendas

Se o trabalhador recebe um salário mínimo ao mês, ou seja, R$ 1.192,40 ele pode receber uma gratificação de até 5% ao mês por cumprir as metas de vendas.

R$ 1.192,40 + 5% = R$ 1.252,02

  • 10% das vendas

Ao se tratar de vendas de fim de ano, o empreendedor pode bonificar com um valor maior, ou seja, 10% a mais se o funcionário atingir a meta. Neste caso ficaria:

R$ 1.192,40 + 10% = R$ 1.311,64

Esses são alguns exemplos claros de gratificação para funcionários. Lembrando que a lei entende que há diferença entre a bonificação e a gratificação, uma vez que, funcionários temporários tem um contrato social assinado e não entram na proteção de quem tem carteira assinada.

Já a comissão entra dentro de um outro percentual que é acordado antes entre as partes. Vamos supor que o funcionário de uma loja de roupas deve ter uma meta de até R$ 50 mil em vendas ao mês e o empregador garantiu que ele receberia 3% dessa meta atingida.. Neste caso, o cálculo pode ser realizado da seguinte maneira:

R% 50.000 x 0,03 = 1.500 (este será o valor da comissão que o empregado receberá).

Portanto, dentro dessa análise, é importante sempre deixar tudo bem esclarecido para que não haja divergências e o funcionário saber muito bem a diferença entre comissão, bonificação e gratificação.

4 – Fazer uma boa liderança

Ter um empreendimento demanda muitas funções de seus gestores. Ser um bom líder é uma delas. Há uma grande diferença entre ser líder e ser chefe, e é importante saber disso para que haja sempre uma fluidez dentro da empresa.

O líder é quem lidera e chefia ao mesmo tempo. Ele sabe motivar seus colaboradores para somar ao coletivo e isso é feito de maneira empática com cada membro da equipe.

Portanto, saiba ser um bom líder e esteja alinhado para o bom andamento da sua empresa. Seja transparente em todas as suas ações e garanta que todos serão ouvidos de maneira igualitária. Isso faz os próprios colaboradores sentirem-se seguros e acreditarem nos pilares da empresa onde trabalham.

Conclusão

Agora que você já sabe como engajar sua equipe de funcionários e colaboradores, é fundamental sentir-se preparado para bater todas as metas de vendas neste fim de ano.

Se precisar contratar novos funcionários temporários, a gente tem um material exclusivo para empreendedores que queiram contratar funcionários temporários para o Natal e Ano Novo.

Antes de mais nada, mostre à sua equipe que sua gestão está acima de faturamentos apenas, e que sua empresa é um ambiente saudável e de crescimento para todos.

Até a próxima.

Ter uma equipe alinhada e que corresponda a todas as expectativas que seu negócio demanda é fundamental para que você alcance resultados. E, como todos sabem, o Natal e as festas de fim de ano são a data mais importante de todo o comércio.

Se você é empreendedor, passou pelo sufoco dos meses de pandemia da Covid-19 e precisa dar aquele “up grade” para seu empreendimento deslanchar, a hora de pensar é agora.

Abaixo, separamos algumas dicas para você conseguir engajar sua equipe de maneira positiva para que todos se ajudem. Confira!

Como animar a equipe de vendas do seu empreendimento

Natal chegando é sinônimo de boas vendas e, para isso, sua equipe de funcionários e colaboradores deve estar treinada para garantir que nada saia fora do planejado. Por isso, o gestor deve pensar em todos os detalhes para poder engajar positivamente todos os que trabalham com ele.

1 – Defina boas metas

As metas de vendas fazem parte do cenário do empreendedorismo, seja ele no comércio, e-commerce ou individual. Ter metas faz parte da vida, digamos. Por isso, trace metas alcançáveis para sua equipe. Elas são essenciais para orientar cada colaborador ao objetivo real da empresa.

2 – Realize treinamentos

O próximo passo para ter uma equipe engajada é realizar treinamentos esporádicos, ou seja, para qualquer grande mega evento, como as festas de fim de ano, é necessário treinar seus colaboradores. Isso é uma medida eficaz à qual muitos gestores e empreendedores recorrem, uma vez que é preciso adaptar o funcionário à realidade.

Depois das metas atingíveis, é preciso capacitar seus colaboradores para que eles se sintam mais motivados a crescer e isso impacte positivamente também o seu negócio.

3 – Comissões, bônus e gratificações

Como estimular uma equipe sem oferecer algo em troca? Impossível. Por isso, a terceira dica é saber que as gratificações fazem parte do planejamento inicial do seu negócio, principalmente em datas sazonais e que rendem lucros para o empreendimento.

Portanto, faça uma pesquisa entre os colaboradores e veja como eles preferem as bonificações. Se é em forma de comissão, uma folga ou até mesmo prêmios. Deixe claro que uma equipe valorizada é uma equipe que produz mais.

Vale lembrar também que, para implantar uma gratificação, a gestão precisa:

  • Ter clareza sobre as porcentagens das metas que serão restituídas em bônus
  • Delimitar o papel de cada colaborador
  • Ter estabelecido um resultado mínimo sobre as metas
  • Pagar o bônus em dia

Independente do valor, é importante a gestão já deixar programado isso para que não haja imprevistos. Por exemplo:

  • 5% das vendas

Se o trabalhador recebe um salário mínimo ao mês, ou seja, R$ 1.192,40 ele pode receber uma gratificação de até 5% ao mês por cumprir as metas de vendas.

R$ 1.192,40 + 5% = R$ 1.252,02

  • 10% das vendas

Ao se tratar de vendas de fim de ano, o empreendedor pode bonificar com um valor maior, ou seja, 10% a mais se o funcionário atingir a meta. Neste caso ficaria:

R$ 1.192,40 + 10% = R$ 1.311,64

Esses são alguns exemplos claros de gratificação para funcionários. Lembrando que a lei entende que há diferença entre a bonificação e a gratificação, uma vez que, funcionários temporários tem um contrato social assinado e não entram na proteção de quem tem carteira assinada.

Já a comissão entra dentro de um outro percentual que é acordado antes entre as partes. Vamos supor que o funcionário de uma loja de roupas deve ter uma meta de até R$ 50 mil em vendas ao mês e o empregador garantiu que ele receberia 3% dessa meta atingida.. Neste caso, o cálculo pode ser realizado da seguinte maneira:

R% 50.000 x 0,03 = 1.500 (este será o valor da comissão que o empregado receberá).

Portanto, dentro dessa análise, é importante sempre deixar tudo bem esclarecido para que não haja divergências e o funcionário saber muito bem a diferença entre comissão, bonificação e gratificação.

4 – Fazer uma boa liderança

Ter um empreendimento demanda muitas funções de seus gestores. Ser um bom líder é uma delas. Há uma grande diferença entre ser líder e ser chefe, e é importante saber disso para que haja sempre uma fluidez dentro da empresa.

O líder é quem lidera e chefia ao mesmo tempo. Ele sabe motivar seus colaboradores para somar ao coletivo e isso é feito de maneira empática com cada membro da equipe.

Portanto, saiba ser um bom líder e esteja alinhado para o bom andamento da sua empresa. Seja transparente em todas as suas ações e garanta que todos serão ouvidos de maneira igualitária. Isso faz os próprios colaboradores sentirem-se seguros e acreditarem nos pilares da empresa onde trabalham.

Conclusão

Agora que você já sabe como engajar sua equipe de funcionários e colaboradores, é fundamental sentir-se preparado para bater todas as metas de vendas neste fim de ano.

Se precisar contratar novos funcionários temporários, a gente tem um material exclusivo para empreendedores que queiram contratar funcionários temporários para o Natal e Ano Novo.

Antes de mais nada, mostre à sua equipe que sua gestão está acima de faturamentos apenas, e que sua empresa é um ambiente saudável e de crescimento para todos.

Até a próxima.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário