Casos de Sucesso

Novas tecnologias de pagamento: o futuro já começou

Como você recebe o pagamento por suas compras? A resposta para esta questão simples sofreu mudanças importantes que influenciaram não só o consumo como também nosso estilo de vida.

Se a história do comércio começou com barganhas ou trocas, a moeda surgiu para regular, quantificar e determinar o valor de cada produto. Mais de mil anos se passaram, as formas de pagamento evoluíram, a moeda se manteve, mas também virou papel e, no século XX, se transformou em talão de cheques, cartões de crédito e débito.

Para deixar a carteira em casa

A popularização da internet e da tecnologia está proporcionando grandes transformações. A transação com dinheiro e cartão já está sendo substituída por maneiras mais simples e práticas que permitem ir às compras sem sequer usar uma carteira.

Pulseiras e adesivos que efetuam pagamentos já são realidade e inclusive são oferecidas por bancos e empresas de cartão de crédito. A onda dos meios de pagamentos que podem ser vestidos ganhou até um toque fashion, com a linha de relógios da swatch, uma das marcas mais conhecidas do mundo, que lançou relógios de crédito, com diversos modelos à venda.

Quem prefere utilizar o celular também tem bons motivos para deixar a carteira em casa. O Samsung Pay, modelo de pagamento via celular desenvolvido pela empresa sul-coreana já emplacou e é utilizado no Brasil e em outras partes do mundo.

Trocas e cashback

E os novos modelos de pagamento não incluem apenas dinheiro. Lembra que falávamos da época das trocas e barganhas no começo do texto? Elas voltaram com força total! Plataformas como a OLX permitem que os clientes não só façam negócio envolvendo dinheiro como também realizem trocas, de acordo com interesses específicos. Assim, quem tem uma cama que não usa poderá trocar por uma bicicleta ergométrica que foi encostada por uma outra pessoa do outro lado da cidade.

Plataformas que unem os interessados em trocas fazem sucesso e se tornaram grandes empresas multinacionais utilizadas diariamente por milhões de pessoas.

Outra modalidade de comércio que tem se popularizado com aplicativos de celular é o chamado cashback. O sistema consiste em efetuar pagamentos utilizando aplicativos de celular como o BeBlue e o Méliuz, que oferecem descontos e ofertas em diversos estabelecimentos, como lojas de roupas, supermercados e restaurantes. Além dos descontos, a medida em que você utiliza os aplicativos e compra nos estabelecimentos, pode receber bons descontos e até mesmo ter parte de seu dinheiro de volta em sua conta bancária.

Criptomoedas e o Bitcoin

Com tantas inovações, a chegada de outras moedas – ou melhor, criptomoedas – foi quase uma consequência. E elas surgiram aos montes, por isso, vamos falar da que está dando mais o que falar no mundo, o bitcoin.

Trata-se de uma moeda virtual, que tem cotação diária, e começa a aparecer no mercado comercial como opção segura de pagamento.

tecnologias de pagamento

A primeira moeda digital surgiu em 2008, como plataforma de investimento descentralizada, o que significa que não pode ser controlada por bancos ou intervenção governamental, permitindo operações sem intermediários, mas verificadas por todos os usuários da Rede Bitcoin, que são gravadas formando um banco de dados distribuídos, chamado Blockchain.

O Blockchain dá total  segurança às negociações com o Bitcoin. No entanto, as oscilações entre oferta e demanda, que são muito especuladas, fazem com que seu valor mude muitas vezes num mesmo dia.

A Suécia já começa a investir no fim do dinheiro como conhecemos. Prepara-se para só utilizar e, inclusive, criar sua própria criptomoeda. No Japão, uma grande indústria automobilística já paga seus funcionários em bitcoins.

Os exemplos não estão tão longe assim. Se olharmos para o Brasil, já existem empreendedores recebendo em bitcoins. Restaurantes, academias e tantos outros estabelecimentos comerciais adotando a criptomoeda como forma de pagamento.

Mesmo com todas as inovações e alternativas de pagamento, ainda é cedo para afirmar que o dinheiro da maneira como conhecemos está com os dias contados. O que podemos afirmar é que ele já está dividindo espaço com diversos outros meios de pagamento e que sua utilização física, em forma de papel e moeda está se tornando uma modalidade cada vez mais rara de pagar as contas.

E você, está preparado para entrar nessa revolução?

 

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário