Internet e Redes Sociais

22 julho, 2019 • Internet e Redes Sociais

8 dicas para profissionais da beleza terem uma conta de Instagram apaixonante

Desde que lançou a função “stories”, em 2016, o Instagram tem crescido na preferência entre os usuários de redes sociais. Já são 800 milhões de intagrammers em todo o mundo, 50 milhões só no Brasil. De acordo com pesquisas da Rock Content, ele é citado como a rede social preferida em 47,1% dos entrevistados.

Com tanta gente on-line e “desbravando” as inúmeras opções e ferramentas que a rede oferece, o Instagram se tornou também um excelente meio para divulgar produtos e serviços, além de oferecer conteúdos para conquistar seguidores e clientes.

De acordo com a analista técnica do Sebrae MS, Elen Doreto, mais de 60 milhões de fotos são postadas todos os dias e o Instagram tem 15 vezes mais interações que qualquer outra rede social. “Cerca de 80% dos usuários interagem com pelo menos uma empresa, sendo que 60% estão interessados em saber mais sobre um produto ou serviço. Além disso, 30% compram algo que conheceram enquanto usavam a plataforma. Ou seja, vale a pena uma marca ou empresa estar no Instagram”, defende Elen.

Vale a pena mesmo, principalmente se o negócio tem como público-alvo as mulheres, afinal de contas, 75% das contas de Instagram pertencem ao público feminino. Por isso, Elen Doreto trouxe algumas dicas para que os profissionais do ramo da beleza, como cabeleireiros, manicures, visagistas, coloristas, maquiadores, entre outros, tenham uma conta no Instagram apaixonante. Acompanhe:

1 – Conta comercial

Se você já divulgou seu negócio pelo Facebook, deve se lembrar que não se recomenda um perfil e, sim, uma página. No Instagram, uma empresa também deve ter uma conta comercial, que, inclusive, tem como benefício algumas funções exclusivas como relatórios, métricas, impulsionamento, entre outros.

2 – Descrição (BIO)

Aqui entra sua capacidade de síntese: em 150 caracteres conte o que você faz e quais serviços entrega. Não esqueça de colocar endereço com telefone e horário de atendimento e, se houver, link para outras redes, como WhatsApp e site.

3 – Fotos de qualidade

Fica meio difícil reparar na maquiagem impecável ou no penteado perfeito se a foto estiver embaçada ou escura, então, invista em fotos de qualidade. Se você não quer ou não tem verba para pagar por um fotógrafo, faça parcerias com profissionais ou estude um pouco de fotografia, há muitos materiais gratuitos e disponíveis na internet.

Para valorizar o seu trabalho na foto, invista em uma boa iluminação, quanto mais natural melhor, e não se esqueça de um fundo liso, para que o seu trabalho seja o único plano e mais nada tire o foco dele.

Lembre-se sempre de pedir autorização da cliente para postar a foto/vídeo.

Aqui você encontra mais dicas para tirar boas fotos para as redes sociais.

4 – Siga e seja seguido

Siga contas de clientes (e as marque sempre que autorizarem), comece a seguir potenciais clientes (aqueles que seguem seus seguidores ou com quem têm amigos em comum) e os perfis de fornecedores, marcas e profissionais-referência no seu ramo.

5 – Tenha uma rotina de postagens

Não suma muito tempo da timeline dos seus seguidores, mas também não os bombardeie com posts a cada duas horas. Encontre um equilíbrio e, para facilitar e otimizar o tempo, use ferramentas para programar postagens e stories, como Postgrain e Etus. Os stories podem ser usados mais para mostrar os bastidores daquilo que foi postado no feed, como a equipe e os produtos que estão sendo usados; você pode usá-lo também para tirar dúvidas, fazer enquetes e responder perguntas. Não se esqueça de responder e interagir com seus usuários que comentam em seus posts e mandam DM.

6 – Crie e compartilhe conteúdos relevantes

Para criar, use seu próprio conhecimento e lance mão de ferramentas como Canva e Flipagram para torná-lo mais atraente. Produzindo conteúdos próprios, você cria autoridade e se torna referência. Se recebeu algum material interessante o suficiente para compartilhar com seus seguidores, cite sempre a fonte. Dá para usar o app “Repost” para repostar os conteúdos de outras contas.

7 – Hashtags

O Instagram permite até 30 hashtags por postagem, mas você não precisa usar as 30. Pesquise quais são as melhores para o seu mercado e varie de acordo com o objetivo da postagem. Uma dica interessante é colocar as hashtags nos comentários da postagem, para ajudar a torná-la mais relevante. Outra dica que poucas pessoas sabem: nos 50 primeiros minutos da postagem, quanto mais curtidas e comentários ela tiver, mais relevância vai ganhar, aparecendo para mais pessoas.

8 – Não misture vida pessoal com o profissional

Se você está fazendo um curso de capacitação, aprendendo técnicas novas, é bacana postar para seus seguidores saberem que você se preocupa em estar sempre atualizado, mas a cervejinha na piscina do fim de semana não precisa ser divulgada na sua rede profissional, certo?

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário