Dicas de Empreendedorismo

7 técnicas para manter seu negócio no ritmo

size_590_velocimetroO dia a dia dos empreendedores pode ser tão corrido que fica difícil manter o ritmo e a motivação. Para isso, usamos algumas técnicas que lembram a importância de não desanimar:

1. Clareza: um empreendedor deve estar seguro de sua clareza na comunicação. De outro jeito, as pessoas começam a falhar ou a não fazer nada.

2. Apoio: significa apoiar a equipe, contribuindo com a ajuda necessária, seja informação, material, conselhos ou simplesmente compreensão.

3. Construção da confiança: permite que as pessoas da equipe saibam que o empreendedor crê nelas e no que fazem. Reconheça as boas práticas e os sucessos.

4. Mutualidade: significa partilhar a visão das metas comuns. Para estar seguro do que foi dito anteriormente, é necessário tomar tempo para explicar em detalhes suas metas. Assegure-se de que os membros de sua equipe possam responder a perguntas como: por que esta meta é tão boa para a equipe e para as organizações? Quais passos devem ser dados para alcançar as metas? Quando?

5. Perspectiva: significa compreender o ponto de vista dos colaboradores, dos liderados. Faça perguntas que revelem a realidade da equipe. Quanto mais perguntas fizer, melhor compreenderá o que acontece no interior dos indivíduos. Não suponha que já sabe o que sentem e pensam, pergunte-lhes.

6. Riscos: é permitir que os membros da equipe saibam que os erros não serão castigados com a demissão; todo mundo deve aprender com seus erros.

7. Paciência: o tempo e a paciência são fundamentais para prevenir que o líder simplesmente reaja: sempre que possível, deve-se evitar respostas viscerais e intempestivas.

Fonte: Exame.com
Por Flávia Lippi
 – especialista em business mentoring e diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Humano Lippi (IDHL).
Editado por Priscila Zuini, de Exame.com
Foto: Wikimedia (Exame.com) 

size_590_velocimetroO dia a dia dos empreendedores pode ser tão corrido que fica difícil manter o ritmo e a motivação. Para isso, usamos algumas técnicas que lembram a importância de não desanimar:

1. Clareza: um empreendedor deve estar seguro de sua clareza na comunicação. De outro jeito, as pessoas começam a falhar ou a não fazer nada.

2. Apoio: significa apoiar a equipe, contribuindo com a ajuda necessária, seja informação, material, conselhos ou simplesmente compreensão.

3. Construção da confiança: permite que as pessoas da equipe saibam que o empreendedor crê nelas e no que fazem. Reconheça as boas práticas e os sucessos.

4. Mutualidade: significa partilhar a visão das metas comuns. Para estar seguro do que foi dito anteriormente, é necessário tomar tempo para explicar em detalhes suas metas. Assegure-se de que os membros de sua equipe possam responder a perguntas como: por que esta meta é tão boa para a equipe e para as organizações? Quais passos devem ser dados para alcançar as metas? Quando?

5. Perspectiva: significa compreender o ponto de vista dos colaboradores, dos liderados. Faça perguntas que revelem a realidade da equipe. Quanto mais perguntas fizer, melhor compreenderá o que acontece no interior dos indivíduos. Não suponha que já sabe o que sentem e pensam, pergunte-lhes.

6. Riscos: é permitir que os membros da equipe saibam que os erros não serão castigados com a demissão; todo mundo deve aprender com seus erros.

7. Paciência: o tempo e a paciência são fundamentais para prevenir que o líder simplesmente reaja: sempre que possível, deve-se evitar respostas viscerais e intempestivas.

Fonte: Exame.com
Por Flávia Lippi
 – especialista em business mentoring e diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Humano Lippi (IDHL).
Editado por Priscila Zuini, de Exame.com
Foto: Wikimedia (Exame.com) 


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários




Deixe seu Comentário