Dicas de Empreendedorismo

7 jovens empreendedores à frente de redes de franquias

Jovens gerentes, coordenadores, sócios, diretores ou até presidentes de grandes empresas. Uma realidade cada vez mais comum, a nova geração, chamada de geração Y, deve estar cada vez mais presente em cargos de relevância. “Essa é uma tendência no mundo atual. Empreendimentos de tecnologia e sustentáveis, por exemplo, estão normalmente nas mãos de jovens”, afirma o sócio da consultoria especializada em franquias Francap, André Friedheim. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), pelo menos 27 empresas associadas são comandadas por pessoas com 30 anos ou menos.

Segundo o especialista, o fator se deve à preparação buscada por essa geração, além do acesso mais facilitado à informação. Na opinião de Friedheim, o mercado já teve mais receio frente a empresários com pouca idade. “O que vale para as pessoas que querem comprar uma franquia é que o negócio seja bom, tenha sustentação e seja bem planejado”, diz.

Hoje, muitos jovens já são donos do próprio negócio como franqueados. E vão além: alguns criam ou viram sócios de empresas franqueadoras e administram toda uma rede de franquias. Exame.com conversou com sete jovens empresários que passaram por cima de preconceito e resistência para conseguir criar e comandar negócios.

Clique nos links abaixo e confira 7 franquias que tem jovens empreendedores no comando:

Yoguland

2Call

Resolve Franchising

Docella

Couro e Cia

Depil House

Koni Store

Texto: Débora Álvares
Exame.com
Foto: Stock.xchng 

Jovens gerentes, coordenadores, sócios, diretores ou até presidentes de grandes empresas. Uma realidade cada vez mais comum, a nova geração, chamada de geração Y, deve estar cada vez mais presente em cargos de relevância. “Essa é uma tendência no mundo atual. Empreendimentos de tecnologia e sustentáveis, por exemplo, estão normalmente nas mãos de jovens”, afirma o sócio da consultoria especializada em franquias Francap, André Friedheim. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), pelo menos 27 empresas associadas são comandadas por pessoas com 30 anos ou menos.

Segundo o especialista, o fator se deve à preparação buscada por essa geração, além do acesso mais facilitado à informação. Na opinião de Friedheim, o mercado já teve mais receio frente a empresários com pouca idade. “O que vale para as pessoas que querem comprar uma franquia é que o negócio seja bom, tenha sustentação e seja bem planejado”, diz.

Hoje, muitos jovens já são donos do próprio negócio como franqueados. E vão além: alguns criam ou viram sócios de empresas franqueadoras e administram toda uma rede de franquias. Exame.com conversou com sete jovens empresários que passaram por cima de preconceito e resistência para conseguir criar e comandar negócios.

Clique nos links abaixo e confira 7 franquias que tem jovens empreendedores no comando:

Yoguland

2Call

Resolve Franchising

Docella

Couro e Cia

Depil House

Koni Store

Texto: Débora Álvares
Exame.com
Foto: Stock.xchng 


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários

  1. Marcus Paulo disse:

    Os jovens tem o espirito empreendedor. Para eles, se acreditarem em si mesmo, fica mais fácil. Com certeza o acesso a informação e a competitivdade das empresas e até das vidas e rodas sociais, impulsiona o trabalho e o empreendedorismo.
    Ótimos exemplos de sucesso!

  2. Débora disse:

    Conheço um guri, deve ter uns 15,16 anos. Ele já tem ideias de negócios que me surpreenderam. Os jovens nos supreendem mesmo, alguns deles, quando não se preocupam só em festas e álcool.




Deixe seu Comentário