Casos de Sucesso

14 janeiro, 2016 • Casos de Sucesso

Empresa aposta em picolés naturais de frutos do mato para conquistar clientela

picole

As irmãs Darli e Renata Castro

Como funcionária técnica do Departamento de Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a química Darli Castro Costa, 57 anos, teve a oportunidade de participar de diversas pesquisas científicas sobre os frutos regionais do Cerrado e do Pantanal, conhecendo as propriedades químicas e os valores nutricionais. Com tal privilégio, desejava empregar esse conhecimento em algo que também pudesse ser apreciado por quem está fora do ambiente acadêmico.

Ao mesmo tempo, Darli e a irmã, Renata Castro Costa, 45 anos, sempre quiseram muito montar um negócio próprio. Da junção desses dois desejos, surgiu em 2007 a ideia de investir na produção de picolés de frutas exclusivamente regionais, totalmente sem a utilização de essências e corantes artificiais, aproveitando somente o sabor puro da fruta.

Formalizada em 2010 e localizada no bairro Jockey Clube, em Campo Grande, a Picolé Frutos do Mato hoje produz 40 sabores de picolés de frutas de todas as regiões do Brasil, com destaque para os frutos do cerrado como guavira, cumbaru, bocaiuva e pequi.picole1200

“Acreditamos que, trabalhando com frutos regionais e sem a utilização de produtos químicos, estamos incentivando e resgatando a cultura alimentar do nosso estado e do país, ajudando a difundir sabores ainda pouco conhecidos pela população”, ressalta Darli.

Para ela, é gratificante compartilhar conhecimentos sobre a natureza e a própria cultura regional com os consumidores de seus produtos. “Mesmo sem grande divulgação na mídia, já temos clientes de diversos bairros da capital. As pessoas vêm à picoleteria ou fazem pedidos para entrega em casa ou em seus locais de trabalho”, diz.

Ao comentar a relevância de iniciativas como o Movimento Compre do Pequeno Negócio, do Sebrae, Darli observa que uma das principais contribuições de negócios como a Picolé Frutos do Mato é a diversidade de produtos que eles oferecem para a comunidade. “Com mais opções, criamos oferta e isso naturalmente aumenta a procura e movimenta a economia, favorecendo principalmente os bairros e, no final, a cidade como um todo”, enfatiza.

Texto: Fernanda Oliveira para a campanha do Movimento Compre do Pequeno – Sebrae.
Texto original publicado no Campo Grande News.

picole

As irmãs Darli e Renata Castro

Como funcionária técnica do Departamento de Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a química Darli Castro Costa, 57 anos, teve a oportunidade de participar de diversas pesquisas científicas sobre os frutos regionais do Cerrado e do Pantanal, conhecendo as propriedades químicas e os valores nutricionais. Com tal privilégio, desejava empregar esse conhecimento em algo que também pudesse ser apreciado por quem está fora do ambiente acadêmico.

Ao mesmo tempo, Darli e a irmã, Renata Castro Costa, 45 anos, sempre quiseram muito montar um negócio próprio. Da junção desses dois desejos, surgiu em 2007 a ideia de investir na produção de picolés de frutas exclusivamente regionais, totalmente sem a utilização de essências e corantes artificiais, aproveitando somente o sabor puro da fruta.

Formalizada em 2010 e localizada no bairro Jockey Clube, em Campo Grande, a Picolé Frutos do Mato hoje produz 40 sabores de picolés de frutas de todas as regiões do Brasil, com destaque para os frutos do cerrado como guavira, cumbaru, bocaiuva e pequi.picole1200

“Acreditamos que, trabalhando com frutos regionais e sem a utilização de produtos químicos, estamos incentivando e resgatando a cultura alimentar do nosso estado e do país, ajudando a difundir sabores ainda pouco conhecidos pela população”, ressalta Darli.

Para ela, é gratificante compartilhar conhecimentos sobre a natureza e a própria cultura regional com os consumidores de seus produtos. “Mesmo sem grande divulgação na mídia, já temos clientes de diversos bairros da capital. As pessoas vêm à picoleteria ou fazem pedidos para entrega em casa ou em seus locais de trabalho”, diz.

Ao comentar a relevância de iniciativas como o Movimento Compre do Pequeno Negócio, do Sebrae, Darli observa que uma das principais contribuições de negócios como a Picolé Frutos do Mato é a diversidade de produtos que eles oferecem para a comunidade. “Com mais opções, criamos oferta e isso naturalmente aumenta a procura e movimenta a economia, favorecendo principalmente os bairros e, no final, a cidade como um todo”, enfatiza.

Texto: Fernanda Oliveira para a campanha do Movimento Compre do Pequeno – Sebrae.
Texto original publicado no Campo Grande News.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário


ankara escort çankaya escort ankara escort çankaya escort escort ankara çankaya escort escort bayan çankaya istanbul rus escort eryaman escort escort bayan ankara ankara escort kızılay escort istanbul escort ankara escort ankara rus escort escort çankaya ankara escort bayan istanbul rus Escort atasehir Escort beylikduzu Escort Ankara Escort malatya Escort kuşadası Escort gaziantep Escort izmir Escort