Dicas de Empreendedorismo

Como converter a crítica em estímulo

critica construtivaPor mais que você se dedique e se esforce ao máximo para fazer o seu melhor, as críticas sempre aparecem. Podem ser bem ou mal intencionadas, mas o fato é que elas são inevitáveis. A forma como lidar com isso pode representar o sucesso ou o fracasso do seu negócio.

As críticas podem ser muito benéficas para seu desempenho. Encontramos um artigo no site Entrepreneur.com que dá dicas de como reverter comentários negativos a seu favor. É a famosa gestão de crise.

O texto começa dando o exemplo do empresário Richard Branson, que fundou a Virgin Atlantic em 1984. Todos os concorrentes disseram que a empresa iria fracassar. Mas em vez de dar ouvidos a eles, Branson encontrou formas criativas de superar cada obstáculo. Hoje, as críticas são coisa do passado, e Branson passou a ser aclamado como um visionário.

A maioria dos empresários mais bem-sucedidos do mundo receberam críticas severas – até viraram motivo de piada – quando apresentaram suas ideias iniciais. Em vez de acreditar nos pessimistas, eles usaram as críticas como motivação para seguir adiante.

Se suas ideias estão sob a mira das críticas ou se tornaram piada, aqui vão quatro dicas para auxiliar você e sua empresa a tirar proveito disso:

1) Não se envolva emocionalmente

Quando você é apaixonado por uma ideia e tem muita coisa em jogo, a crítica causa uma reação instintiva de defensa. “É fácil de minimizar a coisa”, diz Thomas Plante, um psicólogo do Vale do Silício e professor na Universidade de Santa Clara. “Mas seu dia não será nada produtivo com isso na cabeça”.

Para aceitar a crítica numa boa sem deixar isso lhe afetar tanto, entenda essa opinião como se fosse alguém de fora. Em vez de levar como um ataque pessoal, veja como uma observação que poderá ajudá-lo a tornar seu negócio mais forte.

2) Filtre as opiniões improdutivas

Algumas opiniões simplesmente não valem a pena. Pense na motivação da pessoa que criticou. Está tentando eliminar a concorrência? Está com inveja? Ou está defendendo ideias ultrapassadas?

“Temos que nos lembrar de que ninguém tem respostas mágicas”, diz Plante. Você provavelmente sabe o que é melhor para sua empresa. Acredite no seu instinto e concentre-se em fazer bem o seu trabalho. O sucesso é a melhor maneira de provar que seus críticos estavam errados.

3) Aconselhe-se com pessoas em quem confia

As críticas que são construtivas e honestas, mesmo que pareçam duras, devem ser levadas em consideração. Analise como qualquer outro problema de sua empresa e converse sobre o assunto com colegas confiáveis de outras empresas ou mercados.

“Fale com pessoas que nem sempre vão concordar com você”, diz Plante. “É melhor tomar conselhos de pessoas neutras”. Sem ter qualquer envolvimento com a empresa, elas podem oferecer diferentes pontos de vista e ajudá-lo a decidir como agir.

4) Veja as críticas como uma oportunidade de evoluir

Se você decidir que a crítica tem seu mérito, encontre maneiras criativas de resolver o problema. Use a crítica como um trampolim que vai ajudar sua empresa a dar um salto de crescimento. Ao aceitá-la com a mente aberta, a solução encontrada poderá levar à uma inovação inesperada. “As pessoas mais insistentes descobrem uma ideia nova ou um pouco diferente”, diz Plante.

Quanto mais você se conhece, mais fácil será. “Se você tem autoconhecimento, é centrado, então é mais aberto a ouvir as críticas”, diz Plante. Você pode ser bastante atencioso com as críticas e elogios que recebe, mas, às vezes, não custa sempre ter um pé atrás”.

Fonte: Blog do Sebrae

critica construtivaPor mais que você se dedique e se esforce ao máximo para fazer o seu melhor, as críticas sempre aparecem. Podem ser bem ou mal intencionadas, mas o fato é que elas são inevitáveis. A forma como lidar com isso pode representar o sucesso ou o fracasso do seu negócio.

As críticas podem ser muito benéficas para seu desempenho. Encontramos um artigo no site Entrepreneur.com que dá dicas de como reverter comentários negativos a seu favor. É a famosa gestão de crise.

O texto começa dando o exemplo do empresário Richard Branson, que fundou a Virgin Atlantic em 1984. Todos os concorrentes disseram que a empresa iria fracassar. Mas em vez de dar ouvidos a eles, Branson encontrou formas criativas de superar cada obstáculo. Hoje, as críticas são coisa do passado, e Branson passou a ser aclamado como um visionário.

A maioria dos empresários mais bem-sucedidos do mundo receberam críticas severas – até viraram motivo de piada – quando apresentaram suas ideias iniciais. Em vez de acreditar nos pessimistas, eles usaram as críticas como motivação para seguir adiante.

Se suas ideias estão sob a mira das críticas ou se tornaram piada, aqui vão quatro dicas para auxiliar você e sua empresa a tirar proveito disso:

1) Não se envolva emocionalmente

Quando você é apaixonado por uma ideia e tem muita coisa em jogo, a crítica causa uma reação instintiva de defensa. “É fácil de minimizar a coisa”, diz Thomas Plante, um psicólogo do Vale do Silício e professor na Universidade de Santa Clara. “Mas seu dia não será nada produtivo com isso na cabeça”.

Para aceitar a crítica numa boa sem deixar isso lhe afetar tanto, entenda essa opinião como se fosse alguém de fora. Em vez de levar como um ataque pessoal, veja como uma observação que poderá ajudá-lo a tornar seu negócio mais forte.

2) Filtre as opiniões improdutivas

Algumas opiniões simplesmente não valem a pena. Pense na motivação da pessoa que criticou. Está tentando eliminar a concorrência? Está com inveja? Ou está defendendo ideias ultrapassadas?

“Temos que nos lembrar de que ninguém tem respostas mágicas”, diz Plante. Você provavelmente sabe o que é melhor para sua empresa. Acredite no seu instinto e concentre-se em fazer bem o seu trabalho. O sucesso é a melhor maneira de provar que seus críticos estavam errados.

3) Aconselhe-se com pessoas em quem confia

As críticas que são construtivas e honestas, mesmo que pareçam duras, devem ser levadas em consideração. Analise como qualquer outro problema de sua empresa e converse sobre o assunto com colegas confiáveis de outras empresas ou mercados.

“Fale com pessoas que nem sempre vão concordar com você”, diz Plante. “É melhor tomar conselhos de pessoas neutras”. Sem ter qualquer envolvimento com a empresa, elas podem oferecer diferentes pontos de vista e ajudá-lo a decidir como agir.

4) Veja as críticas como uma oportunidade de evoluir

Se você decidir que a crítica tem seu mérito, encontre maneiras criativas de resolver o problema. Use a crítica como um trampolim que vai ajudar sua empresa a dar um salto de crescimento. Ao aceitá-la com a mente aberta, a solução encontrada poderá levar à uma inovação inesperada. “As pessoas mais insistentes descobrem uma ideia nova ou um pouco diferente”, diz Plante.

Quanto mais você se conhece, mais fácil será. “Se você tem autoconhecimento, é centrado, então é mais aberto a ouvir as críticas”, diz Plante. Você pode ser bastante atencioso com as críticas e elogios que recebe, mas, às vezes, não custa sempre ter um pé atrás”.

Fonte: Blog do Sebrae


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. Heitor Muniz disse:

    Dicas muito importantes, pois críticas são inevitáveis e devemos aprender a aceitar a construtivas para melhorar nosso desempenho.




Deixe seu Comentário