Empreendedorismo

Como criar um bom nome para sua empresa

Nome para sua empresa

Ter um diferencial e impactar seu público-alvo era mais simples em um Mato Grosso do Sul com poucas ruas e poucos competidores, onde os empreendedores se conheciam pelo nome. Criar um bom nome para uma empresa e se fixar na memória dos clientes deixou de ser uma tarefa fácil. 

Pensando no desafio que é escolher um bom nome para sua empresa conversamos com o redator publicitário e professor da Universidade Católica Dom Bosco, Ado Biagi, que nos trouxe oito dicas importantes para quem quer começar sua empresa com um grande diferencial:

1 – Ler. Obviamente a primeira dica que posso dar a todo redator é que sem o gosto pela leitura a bagagem literária diminui e, portanto a associação ou jogo de palavras que se pode fazer também cai drasticamente.

2 – Conheça o produto e estude o produto do seu cliente a fundo. Conheça os detalhes, o método de fabricação, cada passo necessário desde a empresa até a chegada nas mãos do consumidor. O nome disso é briefing. Não existe trabalho ruim, existe trabalho mal “brifado”.

3 – Mantenha-se simples. Nomes complexos ou exagerados tendem a tirar o foco da empresa. O nome deve ser simples para ser memorável. 

4 – Cada caso é um caso. Se sua empresa vende perfumes, certamente nomes estrangeiros serão bem-aceitos, mas se vende materiais de construção procure manter a simplicidade. Você pode ainda pesquisar palavras em línguas estrangeiras ligadas as características do produto, utilizando prefixos gregos ou latinos. Como disse, cada caso é um caso. 

5 – Evite combinações ou utilizar o nome de parentes e/ou da família. Certamente já passou pela cabeça do seu cliente fazer isso. Mas utilizar um nome ou sobrenome depende muito do estilo da loja, e do público-alvo. 

6 – Defenda. Não basta apenas enviar uma lista de nomes. É necessário que o cliente saiba de onde você os tirou e porque fazem parte daquela lista. Portanto, defenda e argumente todos os nomes em que você trabalhou. 

7 – Antes de enviar uma relação de nomes para seu cliente, pesquise a existência de empresas do mesmo ramo. Procure um órgão de marcas e patentes e pesquise se já existe alguma empresa com os nomes que produziu. Isso pode evitar problemas futuros, como seu cliente amar um nome e ter uma empresa na mesma cidade que já o possui. 

8 – Registre. Após a aprovação a primeira providência é registrar o nome escolhido. Não é caro e pode fazer a diferença no futuro para que depois de anos consolidando seu nome você não precise mudá-lo porque alguém registrou primeiro.

Case 

Frederico Ribamar, publicitário e diretor da agência Latina Novo Engenho, destaca que identificar o seu público é um dos pontos principais para criar um bom nome. “Tivemos que criar um nome pra um bar de Campo Grande que trabalharia com públicos diferentes, com variedade de bebidas para os jovens e pratos refinados para os mais velhos. Optamos por ‘Pluebos’, pois acreditamos que este nome envolve todo o nosso público”. 

O publicitário também defende que por um bom tempo usar sobrenome na empresa deu muito sorte, como a Casa José Abraão em Campo Grande. “Como tudo está globalizado, um bom nome e a necessidade de se contratar uma agência para fazer este trabalho é evidente” conclui Frederico.

 Uma ótima maneira de estruturar sua empresa para que o nome seja facilmente escolhido e que realmente combine com seu público-alvo é fazer um bom plano de negócios. O SEBRAE oferece um curso para que os empresários possam montar esse plano de negócios junto com um consultor e tirar todas as dúvidas.

Fonte: Estação Sebrae Online
Foto: SXC.

Nome para sua empresa

Ter um diferencial e impactar seu público-alvo era mais simples em um Mato Grosso do Sul com poucas ruas e poucos competidores, onde os empreendedores se conheciam pelo nome. Criar um bom nome para uma empresa e se fixar na memória dos clientes deixou de ser uma tarefa fácil. 

Pensando no desafio que é escolher um bom nome para sua empresa conversamos com o redator publicitário e professor da Universidade Católica Dom Bosco, Ado Biagi, que nos trouxe oito dicas importantes para quem quer começar sua empresa com um grande diferencial:

1 – Ler. Obviamente a primeira dica que posso dar a todo redator é que sem o gosto pela leitura a bagagem literária diminui e, portanto a associação ou jogo de palavras que se pode fazer também cai drasticamente.

2 – Conheça o produto e estude o produto do seu cliente a fundo. Conheça os detalhes, o método de fabricação, cada passo necessário desde a empresa até a chegada nas mãos do consumidor. O nome disso é briefing. Não existe trabalho ruim, existe trabalho mal “brifado”.

3 – Mantenha-se simples. Nomes complexos ou exagerados tendem a tirar o foco da empresa. O nome deve ser simples para ser memorável. 

4 – Cada caso é um caso. Se sua empresa vende perfumes, certamente nomes estrangeiros serão bem-aceitos, mas se vende materiais de construção procure manter a simplicidade. Você pode ainda pesquisar palavras em línguas estrangeiras ligadas as características do produto, utilizando prefixos gregos ou latinos. Como disse, cada caso é um caso. 

5 – Evite combinações ou utilizar o nome de parentes e/ou da família. Certamente já passou pela cabeça do seu cliente fazer isso. Mas utilizar um nome ou sobrenome depende muito do estilo da loja, e do público-alvo. 

6 – Defenda. Não basta apenas enviar uma lista de nomes. É necessário que o cliente saiba de onde você os tirou e porque fazem parte daquela lista. Portanto, defenda e argumente todos os nomes em que você trabalhou. 

7 – Antes de enviar uma relação de nomes para seu cliente, pesquise a existência de empresas do mesmo ramo. Procure um órgão de marcas e patentes e pesquise se já existe alguma empresa com os nomes que produziu. Isso pode evitar problemas futuros, como seu cliente amar um nome e ter uma empresa na mesma cidade que já o possui. 

8 – Registre. Após a aprovação a primeira providência é registrar o nome escolhido. Não é caro e pode fazer a diferença no futuro para que depois de anos consolidando seu nome você não precise mudá-lo porque alguém registrou primeiro.

Case 

Frederico Ribamar, publicitário e diretor da agência Latina Novo Engenho, destaca que identificar o seu público é um dos pontos principais para criar um bom nome. “Tivemos que criar um nome pra um bar de Campo Grande que trabalharia com públicos diferentes, com variedade de bebidas para os jovens e pratos refinados para os mais velhos. Optamos por ‘Pluebos’, pois acreditamos que este nome envolve todo o nosso público”. 

O publicitário também defende que por um bom tempo usar sobrenome na empresa deu muito sorte, como a Casa José Abraão em Campo Grande. “Como tudo está globalizado, um bom nome e a necessidade de se contratar uma agência para fazer este trabalho é evidente” conclui Frederico.

 Uma ótima maneira de estruturar sua empresa para que o nome seja facilmente escolhido e que realmente combine com seu público-alvo é fazer um bom plano de negócios. O SEBRAE oferece um curso para que os empresários possam montar esse plano de negócios junto com um consultor e tirar todas as dúvidas.

Fonte: Estação Sebrae Online
Foto: SXC.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário