Empreendedorismo

16 junho, 2011 • Empreendedorismo

Trabalhar em casa exige disciplina e organização

O home office, trabalho que normalmente seria feito em escritórios, mas é realizado em casa, é uma opção para empresas que buscam reduzir custos e dar aos funcionários a oportunidade trabalhar em um ambiente totalmente adaptado para eles.

Sugundo a Sobratt, Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades, o Brasil, em 2008, já contava com aproximadamente 10 milhões de teletrabalhadores. No mês de junho do mesmo ano, o instituto Market Analysis divulgou dados da pesquisa realizada sobre teletrabalhadores no Brasil que apontam que pelo menos 23,2% da população adulta em atividade no país  adota ao longo do mês alguma forma de trabalho a distância, sendo que, entre todos, o trabalho em casa é a modalidade mais comum (52%).

Além de não ser uma opção para todos os tipos de trabalho, o home office exige também muita disciplina de quem fica em casa realizando suas funções . A psicóloga e especialista em recursos humanos, Elen Fabiana, explica que é preciso delimitar o que é da casa e o que é do trabalho. “É um negócio e tem jornada, é preciso entender isso e a família também tem que entender. É necessário ter um limitador, porque há um risco de desorganização. A maior parte das pessoas tem dificuldade de limitar,  que tem empresa e que não é porque está lá que está disponível”, explica Elen Fabiana.

Em Campo Grande,  a agência de publicidade e propaganda Latina e Novo Engenho vem mudando a rotina de trabalho dos funcionários, organizando-se com reuniões na empresa e permitindo aos funcionários trabalharem em casa. “O trabalho do publicitário é criativo, para criar é preciso de um ambiente propício e a casa da pessoa é um espaço que oferece um ambiente que deixa o funcionário a vontade para criar”, conta Leandro Rogado, publicitário e sócio da agência.

Após sete anos,  a agência adotou a estratégia para também reduzir os custos, mas Rogado explica que as exigências até aumentam. “Os funcionários já trabalhavam com prazos, trabalhar em casa muda , em um primeiro momento soa estranho, mas é uma quebra de paradigmas e a responsabilidade dobra”, afirma o publicitário.

Além da responsabilidade, a disciplina também é destacada por Rodrigo de Paula Fontes, bancário, já trabalhou há alguns anos de casa, e considerou a experiência positiva, apesar de não ter durado. “Acho que hoje daria mais certo, mas foi a nove anos atrás e isso era muito moderno para as pessoas em geral. ”

Rodrigo Fontes conta que começou a realizar os trabalhos em casa e o rendimento era alto, chegando a concluir o trabalho da semana em dois dias, segundo ele o tempo economizado por não ter que se deslocar para a empresa e depois para o cliente era aplicado diratamente no trabalho.

“Mas é um exercício de disciplina, de você reservar aquele momento para trabalhar e fazer aquilo somente.  O problema é mostrar para as outras pessoas que você está ali trabalhando, você está ali de bermuda e regata, mas ocupado e trabalhando, é complicado”, afirma Rodrigo.

As vestimentas são recomendadas por alguns especialistas. A ideia é que a roupa de trabalho ajuda na hora de se dedicar no home office. Para Elen Fabiana essa pode ser uma solução para quem tem dificuldade em “internalizar, o ser humano precisa de coisas externas para poder internalizar. Às vezes é preciso permanecer arrumado para internalizar o trabalho em casa”.

Disciplina no descanso

Assim como é preciso saber a hora de trabalhar é preciso também saber a hora de descansar. Ter o trabalho à mão a todo momento pode ser prejudicial também. Rodrigo Fontes ensina que “a pessoa fica em casa e chega um ponto que ela fica o tempo todo fazendo isso, naturalmente. É importante  a organização do espaço de trabalho doméstico: ter um espaço para isso para que tenha a sensação de ‘dever’ naquele ambiente.  Não trabalhe na sua cama”.

A opinião é compartilhada por Elen, a psicóloga afirma que não se pode afetar a qualidade de vida. “Correr a madrugada para equilibrar as coisas e acordar cedo para atender clientes pode causar um grande desgaste”, exemplifica.

Fonte: Estação Sebrae Online

O home office, trabalho que normalmente seria feito em escritórios, mas é realizado em casa, é uma opção para empresas que buscam reduzir custos e dar aos funcionários a oportunidade trabalhar em um ambiente totalmente adaptado para eles.

Sugundo a Sobratt, Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades, o Brasil, em 2008, já contava com aproximadamente 10 milhões de teletrabalhadores. No mês de junho do mesmo ano, o instituto Market Analysis divulgou dados da pesquisa realizada sobre teletrabalhadores no Brasil que apontam que pelo menos 23,2% da população adulta em atividade no país  adota ao longo do mês alguma forma de trabalho a distância, sendo que, entre todos, o trabalho em casa é a modalidade mais comum (52%).

Além de não ser uma opção para todos os tipos de trabalho, o home office exige também muita disciplina de quem fica em casa realizando suas funções . A psicóloga e especialista em recursos humanos, Elen Fabiana, explica que é preciso delimitar o que é da casa e o que é do trabalho. “É um negócio e tem jornada, é preciso entender isso e a família também tem que entender. É necessário ter um limitador, porque há um risco de desorganização. A maior parte das pessoas tem dificuldade de limitar,  que tem empresa e que não é porque está lá que está disponível”, explica Elen Fabiana.

Em Campo Grande,  a agência de publicidade e propaganda Latina e Novo Engenho vem mudando a rotina de trabalho dos funcionários, organizando-se com reuniões na empresa e permitindo aos funcionários trabalharem em casa. “O trabalho do publicitário é criativo, para criar é preciso de um ambiente propício e a casa da pessoa é um espaço que oferece um ambiente que deixa o funcionário a vontade para criar”, conta Leandro Rogado, publicitário e sócio da agência.

Após sete anos,  a agência adotou a estratégia para também reduzir os custos, mas Rogado explica que as exigências até aumentam. “Os funcionários já trabalhavam com prazos, trabalhar em casa muda , em um primeiro momento soa estranho, mas é uma quebra de paradigmas e a responsabilidade dobra”, afirma o publicitário.

Além da responsabilidade, a disciplina também é destacada por Rodrigo de Paula Fontes, bancário, já trabalhou há alguns anos de casa, e considerou a experiência positiva, apesar de não ter durado. “Acho que hoje daria mais certo, mas foi a nove anos atrás e isso era muito moderno para as pessoas em geral. ”

Rodrigo Fontes conta que começou a realizar os trabalhos em casa e o rendimento era alto, chegando a concluir o trabalho da semana em dois dias, segundo ele o tempo economizado por não ter que se deslocar para a empresa e depois para o cliente era aplicado diratamente no trabalho.

“Mas é um exercício de disciplina, de você reservar aquele momento para trabalhar e fazer aquilo somente.  O problema é mostrar para as outras pessoas que você está ali trabalhando, você está ali de bermuda e regata, mas ocupado e trabalhando, é complicado”, afirma Rodrigo.

As vestimentas são recomendadas por alguns especialistas. A ideia é que a roupa de trabalho ajuda na hora de se dedicar no home office. Para Elen Fabiana essa pode ser uma solução para quem tem dificuldade em “internalizar, o ser humano precisa de coisas externas para poder internalizar. Às vezes é preciso permanecer arrumado para internalizar o trabalho em casa”.

Disciplina no descanso

Assim como é preciso saber a hora de trabalhar é preciso também saber a hora de descansar. Ter o trabalho à mão a todo momento pode ser prejudicial também. Rodrigo Fontes ensina que “a pessoa fica em casa e chega um ponto que ela fica o tempo todo fazendo isso, naturalmente. É importante  a organização do espaço de trabalho doméstico: ter um espaço para isso para que tenha a sensação de ‘dever’ naquele ambiente.  Não trabalhe na sua cama”.

A opinião é compartilhada por Elen, a psicóloga afirma que não se pode afetar a qualidade de vida. “Correr a madrugada para equilibrar as coisas e acordar cedo para atender clientes pode causar um grande desgaste”, exemplifica.

Fonte: Estação Sebrae Online


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário