Empreendedorismo

13 janeiro, 2020 • Empreendedorismo

Empreendedorismo feminino: Como construir uma marca de sucesso?

Não é de hoje que falamos sobre empreendedorismo feminino por aqui. Já foram muitas histórias, lições e conselhos publicados que confirmam a teoria na prática: empresas lideradas por mulheres são exemplos de sucesso. 

E apesar de parecer que o empreender feminino é um “mar de rosas”, ainda há uma lacuna com relação à liderança. Apenas 13% das empresas brasileiras têm mulheres em cargos de presidência, de acordo com a pesquisa Panorama Mulher 2019, do Insper em parceria com a empresa de recrutamento Talenses. 

Mas esse descompasso é compensado com o índice muito maior de mulheres abrindo empresas, indicando que a presença feminina no mercado de trabalho vai crescer mais do que a masculina, segundo estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Construindo uma marca de sucesso 

Flavia Yumi Chibusa é Diretora da Unidade de Negócios da ANACAPRI, mas não somente isso. Flavia é a grande responsável por ajudar a construir a marca como conhecemos hoje, já que assumiu o comando da empresa desde sua criação, em 2008.   

Formada em administração, Flavia ganhou uma bolsa de pós-graduação em Paris e acabou como estagiária na Maison Cristian Dior. Logo depois de voltar ao Brasil, foi chamada para atuar como Gerente de Produtos na C&A e ficou na empresa durante cinco anos. Após esse período, o Grupo Arezzo – no qual a ANACAPRI faz parte – surgiu em seu caminho e um ano depois de ter começado a trabalhar, veio o convite para a assumir a recém-nascida ANACAPRI. 

No começo, a marca era para ser tudo o que a Arezzo não era, oferecer calçados mais básicos e acessíveis. Flavia abraçou a ideia, mas em 2010 sentiu que era necessário uma mudança de posicionamento. “Foi nesse ano que a gente começou a descomplicar a vida das mulheres brasileiras e surgiu o mote: a vida é muito curta para sofrer em cima de um salto alto”, conta. 

A virada do jogo

Esse foi o pontapé que faltava para a empresa começar a crescer, mas – mesmo em ampla ascensão – Flavia continuava liderando uma pequena equipe. “Todo mundo fazia de tudo, eu instalei rede de internet em uma loja, por exemplo. Tudo era teste, até o layout da loja nós mudávamos sempre, vendo o que funcionava ou não, até que, em meados de 2013/2014, a marca se estabeleceu e começamos a franquear”, relembra. 

Todos esses anos ensinaram muitas lições a Flavia, desde como secar, em apenas uma noite, um estoque inteiro de calçados que foram molhados em uma enchente, até como gerir uma equipe e construir dia a dia o sucesso de uma empresa. Pedimos para que ela nos falasse sobre esses ensinamentos e agora vamos compartilhar com você tudo o que essa trajetória lhe trouxe de aprendizado.

Princípios básicos para o sucesso 

Eles não são uma “receita de bolo”, mas se encaixam muito bem como uma fonte de inspiração. 

  • Alimente todos os dias a sede de fazer acontecer, independentemente dos recursos;
  • Nunca desanime diante dos desafios;
  • Mantenha a evolução do seu negócio em uma constante;
  • E tenha uma postura positiva e resiliente, acreditando que tudo dará certo no final.

O que é mais importante no empreendedorismo?

Flavia listou alguns pontos como fundamentais para quem começar ou para quem já tem um negócio alcançar bons resultados:

  • Começar pequeno, além de testar a aceitação do produto/serviço nas redes sociais;
  • Usar o poder das redes sociais e influenciadores;
  • Ser resiliente; 
  • Ter amor pela equipe, engajá-los e incentivá-los, pois todos são fundamentais para o fortalecimento da marca;
  • Trabalhar com propósito e se certificar que o time esteja alinhado com ele;
  • Calcular muito bem todo e qualquer investimento.

Não é de hoje que falamos sobre empreendedorismo feminino por aqui. Já foram muitas histórias, lições e conselhos publicados que confirmam a teoria na prática: empresas lideradas por mulheres são exemplos de sucesso. 

E apesar de parecer que o empreender feminino é um “mar de rosas”, ainda há uma lacuna com relação à liderança. Apenas 13% das empresas brasileiras têm mulheres em cargos de presidência, de acordo com a pesquisa Panorama Mulher 2019, do Insper em parceria com a empresa de recrutamento Talenses. 

Mas esse descompasso é compensado com o índice muito maior de mulheres abrindo empresas, indicando que a presença feminina no mercado de trabalho vai crescer mais do que a masculina, segundo estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Construindo uma marca de sucesso 

Flavia Yumi Chibusa é Diretora da Unidade de Negócios da ANACAPRI, mas não somente isso. Flavia é a grande responsável por ajudar a construir a marca como conhecemos hoje, já que assumiu o comando da empresa desde sua criação, em 2008.   

Formada em administração, Flavia ganhou uma bolsa de pós-graduação em Paris e acabou como estagiária na Maison Cristian Dior. Logo depois de voltar ao Brasil, foi chamada para atuar como Gerente de Produtos na C&A e ficou na empresa durante cinco anos. Após esse período, o Grupo Arezzo – no qual a ANACAPRI faz parte – surgiu em seu caminho e um ano depois de ter começado a trabalhar, veio o convite para a assumir a recém-nascida ANACAPRI. 

No começo, a marca era para ser tudo o que a Arezzo não era, oferecer calçados mais básicos e acessíveis. Flavia abraçou a ideia, mas em 2010 sentiu que era necessário uma mudança de posicionamento. “Foi nesse ano que a gente começou a descomplicar a vida das mulheres brasileiras e surgiu o mote: a vida é muito curta para sofrer em cima de um salto alto”, conta. 

A virada do jogo

Esse foi o pontapé que faltava para a empresa começar a crescer, mas – mesmo em ampla ascensão – Flavia continuava liderando uma pequena equipe. “Todo mundo fazia de tudo, eu instalei rede de internet em uma loja, por exemplo. Tudo era teste, até o layout da loja nós mudávamos sempre, vendo o que funcionava ou não, até que, em meados de 2013/2014, a marca se estabeleceu e começamos a franquear”, relembra. 

Todos esses anos ensinaram muitas lições a Flavia, desde como secar, em apenas uma noite, um estoque inteiro de calçados que foram molhados em uma enchente, até como gerir uma equipe e construir dia a dia o sucesso de uma empresa. Pedimos para que ela nos falasse sobre esses ensinamentos e agora vamos compartilhar com você tudo o que essa trajetória lhe trouxe de aprendizado.

Princípios básicos para o sucesso 

Eles não são uma “receita de bolo”, mas se encaixam muito bem como uma fonte de inspiração. 

  • Alimente todos os dias a sede de fazer acontecer, independentemente dos recursos;
  • Nunca desanime diante dos desafios;
  • Mantenha a evolução do seu negócio em uma constante;
  • E tenha uma postura positiva e resiliente, acreditando que tudo dará certo no final.

O que é mais importante no empreendedorismo?

Flavia listou alguns pontos como fundamentais para quem começar ou para quem já tem um negócio alcançar bons resultados:

  • Começar pequeno, além de testar a aceitação do produto/serviço nas redes sociais;
  • Usar o poder das redes sociais e influenciadores;
  • Ser resiliente; 
  • Ter amor pela equipe, engajá-los e incentivá-los, pois todos são fundamentais para o fortalecimento da marca;
  • Trabalhar com propósito e se certificar que o time esteja alinhado com ele;
  • Calcular muito bem todo e qualquer investimento.

Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário