Dicas de Empreendedorismo

Escolha a trilha sonora certa para a sua loja

música que se ouve em lojas ou supermercados pode influenciar o comportamento do consumidor. E pode, sim, estimular as compras. Por isso vale a pena ter cuidados extras para explorar esse potencial sonoro. Veja as dicas de Julian Treasure, um ex-baterista inglês que criou a Sound Agency, uma consultoria de som que tem entre seus clientes empresas como a Honda e a Unilever.

Como o som pode influenciar uma compra?
Ele pode acelerar ou tornar mais lentas nossas funções físicas, modificar nossos sentimentos e, assim, alterar nosso comportamento. O som em uma loja pode nos fazer sair de lá mais rápido ou mais devagar e até mesmo deixar uma impressão positiva ou não, o que será determinante no volume das vendas.

Isso acontece em qualquer setor e tipo de compra?
Sim. Mas se diferencia de acordo com a intenção do comércio. O mercado do luxo, por exemplo, prefere que seus clientes fiquem nas lojas por muito tempo; já o mercado popular quer que, após a compra, o consumidor deixe o local, pois o que importa nesse caso é o giro rápido.

Você afirma que o varejo possui problemas crônicos associados à trilha sonora. Por quê?
A maioria das marcas só se preocupa com o visual. É um erro. Além disso, as pessoas, incluindo quem trabalha nas lojas, estão acostumadas a suprimir o som quando ficam muito expostas a ele. Também é comum a ideia de que música alegre é a melhor trilha sonora para as compras. Mas ela diminui o tempo de permanência do consumidor na loja.

Atualmente, a trilha sonora que acompanha a vida das pessoas se confunde com o uso de aparelhos de MP3. Como explorar isso?
Esses aparelhos bloqueiam o excesso de informação sonora que recebemos e são uma escolha pessoal do cliente. Se o som de uma loja se sobressai a eles, provavelmente as pessoas apresentarão alguma resistência à sua marca. Ele também tem de ser apropriado ao público, o que quer dizer que numa loja de brinquedos músicas infantis não são uma escolha certeira; afinal, podem desagradar aos pais que estão ali.

Como o pequeno empresário pode se beneficiar da trilha sonora?
Ele pode começar com o silêncio. Isso geralmente não é feito, principalmente em grandes cidades. Então, pense em um som que deixará sua loja agradável. Pergunte a você mesmo: se as pessoas fecharem os olhos em sua loja, elas saberão onde estão? A resposta pode ajudar a descobrir se ela tem uma identidade definida. E então trabalhe para que sua marca se fortaleça associando-a a uma trilha sonora.

Saiba mais sobre o tema, acesse o post Marketing Sonoro ajuda a atrair e conquistar clientes

Fonte: Pequenas Empresas, Grandes Negócios

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. […] fechando as portas, os mercados e conveniências precisam de alternativas para se manter na ativa. Iniciativas que promovem conforto e otimização de custos na cadeia produtiva são alguns pontos a serem considerados, mas listamos […]




Deixe seu Comentário