Dicas de Empreendedorismo

Reduza os riscos da sua empresa com o benchmarking

Ao rascunhar os primeiros passos de um empreendimento ou um novo posicionamento de uma empresa veterana, caminhos usuais são mais aceitos do que arriscar e inovar um novo molde. Mas, por que não adequar um modelo já existente para reduzir os riscos de seu negócio? Essa técnica se chama benchmarking e é mais recorrente do que parece.

De maneira didática, o benchmarking significa adaptar as melhores práticas do mercado para a sua realidade. “Esta adequação pode ser desde uma técnica, até uma estratégia ou uma linha de produtos”, ensina o professor de Administração da Uniderp Anhanguera e empresário Kenneth Corrêa.

Essa técnica foi utilizada por Bruno Gonzaga, que trouxe o “frozen yogurt” para Campo Grande/MS com a marca Yougut. “Por ser um produto que até então não existe na cidade, tivemos uma visibilidade muito grande. O clima quente ajudou na operação, porém tivemos que adaptar o sabor e a acidez do produto, que é mais forte em algumas franquias de outros estados do país, como RJ”.
Para adaptar um modelo já existente Bruno dá a dica: “o empresário deve fazer uma análise do mercado em que está pretendendo atuar e se o produto ou serviço que pretende implantar tem uma demanda suficiente na região, para suprir seus custos e gerar um bom lucro”.

Na Semalo, empresa do setor de varejo fundada no Mato Grosso do Sul que hoje atua em todo o território nacional com unidade de distribuição em Assunção no Paraguai, o benchmarking é regra e trás resultados sólidos. Euclécio Rabelo, diretor comercial, afirma que a técnica é uma das principais ferramentas de desenvolvimento de mercado, além de antecipar cenários de vendas a curto e médio prazo, aumentando a probabilidade de acerto em rentabilidade e volume de vendas.

O Benchmarking é uma ferramenta fundamental em abertura de novos mercados e novos canais de vendas, além de medir os tradicionais. “Ela serve como simulador de ambiente para empresas que estão planejando a expansão de vendas em novas áreas de atuação”, conclui Bruno.

Fonte: Estação Sebrae Online
Foto: SXC

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários

  1. Antenor disse:

    Gostei… Observar e avaliar a concorrência ajudar a diminuir os erros. Já fiz isso e aprendi mto.

  2. vanuza disse:

    Compras Coletivas – O necessário é poder contar com uma empresa de desenvolvimento que lhe garanta bom prazo e uma consultoria experiente. E se o preço for bom, fica perfeito! Tivemos ótimos resultados com a Industria Virtual (www.industriavirtual.com.br). Eles já fizeram muitos sites de sucesso.

  3. Marcela Prado disse:

    Bem legal!! Achava que benchmarking era outra coisa. Boas dicas!!




Deixe seu Comentário