Liderança e Pessoas

Diferenças entre pessoa produtiva e pessoa ocupada

Para ter sucesso na carreira é recomendável fazer uma autoavaliação sobre seu rendimento no trabalho.

Como você aproveita as 24 horas do seu dia? Em meio à família, estudo, cursos e trabalho, sempre tem alguém reclamando da falta de tempo, principalmente no mundo corporativo. Que jogue a primeira pedra quem nunca desejou um dia com mais horas. Pois bem, se você se adequa no perfil entre as pessoas que não tem tempo pra nada, confira abaixo algumas diferenças de postura que podem te levar a um dia-a-dia muito mais produtivo.

Apesar de ser algo aplicável para muitos, o lema “Tempo é dinheiro” é brutalmente verdadeiro para os empreendedores. Enquanto muita gente tem seu salário garantido no fim do mês, o empreendedor precisa aproveitar ao máximo do seu tempo para garantir o resultado desejado da sua empresa.

Mas o que realmente é importante: Ocupar o tempo ou aproveitá-lo? Existe uma coisa chamada Lei de Parkinson, que diz que “O trabalho se expande para preencher o tempo disponível para ser concluído”. Ou seja, se você fala para uma pessoa ocupada “Você tem até tal hora para entregar algo”, essa pessoa dará um jeito de ocupar essas horas, mesmo que o prazo esteja extremamente folgado.

Por outro lado, as pessoas produtivas pensam “Preciso entregar essa tarefa. Vou dar um jeito de aproveitar as horas que tenho e entregar o máximo possível”. Com esses pensamentos diferenciados, dificilmente uma pessoa ocupada entregará algo antes do prazo. Em compensação, a pessoa produtiva está sempre pensando em formas de entregar além do esperado.

Pode perceber que em qualquer ambiente de trabalho ou estudo, quando ocorre uma interrupção a pessoa ocupada se distrai muito facilmente, fazendo com que, o que é realmente importante, mas não é urgente fica sempre deixado pra depois. Com a pessoa produtiva não. Ela sabe que precisa alcançar um objetivo importante. Tudo que não estiver relacionado com esse objetivo deve ser ignorado até que ele seja alcançado.

É comum percebemos também que pessoas sem postura produtiva normalmente recebem uma sequência de tarefas e saem executando sem entender muito bem o porquê. Isso tira a motivação e aumenta muito a dificuldade da tarefa. Por outro lado, as pessoas produtivas fazem questão de entender exatamente qual é o foco. A partir disso, elas conseguem criar seus próprios planos e executá-los de maneira eficiente.

Desperdiçar tempo é bobagem. Se doar um pouco mais no trabalho é altamente recompensador, porque as pessoas respeitarão a sua empresa, dando a credibilidade que merece. Trabalho, perseverança e suor, são conceitos que todas as pessoas veneram. Faça o que puder para conquistar um objetivo, com seriedade e paciência, mesmo você estando ocupado ou em um momento de produtividade.

Sylvia Simocelli
Estação Sebrae On-line

Para ter sucesso na carreira é recomendável fazer uma autoavaliação sobre seu rendimento no trabalho.

Como você aproveita as 24 horas do seu dia? Em meio à família, estudo, cursos e trabalho, sempre tem alguém reclamando da falta de tempo, principalmente no mundo corporativo. Que jogue a primeira pedra quem nunca desejou um dia com mais horas. Pois bem, se você se adequa no perfil entre as pessoas que não tem tempo pra nada, confira abaixo algumas diferenças de postura que podem te levar a um dia-a-dia muito mais produtivo.

Apesar de ser algo aplicável para muitos, o lema “Tempo é dinheiro” é brutalmente verdadeiro para os empreendedores. Enquanto muita gente tem seu salário garantido no fim do mês, o empreendedor precisa aproveitar ao máximo do seu tempo para garantir o resultado desejado da sua empresa.

Mas o que realmente é importante: Ocupar o tempo ou aproveitá-lo? Existe uma coisa chamada Lei de Parkinson, que diz que “O trabalho se expande para preencher o tempo disponível para ser concluído”. Ou seja, se você fala para uma pessoa ocupada “Você tem até tal hora para entregar algo”, essa pessoa dará um jeito de ocupar essas horas, mesmo que o prazo esteja extremamente folgado.

Por outro lado, as pessoas produtivas pensam “Preciso entregar essa tarefa. Vou dar um jeito de aproveitar as horas que tenho e entregar o máximo possível”. Com esses pensamentos diferenciados, dificilmente uma pessoa ocupada entregará algo antes do prazo. Em compensação, a pessoa produtiva está sempre pensando em formas de entregar além do esperado.

Pode perceber que em qualquer ambiente de trabalho ou estudo, quando ocorre uma interrupção a pessoa ocupada se distrai muito facilmente, fazendo com que, o que é realmente importante, mas não é urgente fica sempre deixado pra depois. Com a pessoa produtiva não. Ela sabe que precisa alcançar um objetivo importante. Tudo que não estiver relacionado com esse objetivo deve ser ignorado até que ele seja alcançado.

É comum percebemos também que pessoas sem postura produtiva normalmente recebem uma sequência de tarefas e saem executando sem entender muito bem o porquê. Isso tira a motivação e aumenta muito a dificuldade da tarefa. Por outro lado, as pessoas produtivas fazem questão de entender exatamente qual é o foco. A partir disso, elas conseguem criar seus próprios planos e executá-los de maneira eficiente.

Desperdiçar tempo é bobagem. Se doar um pouco mais no trabalho é altamente recompensador, porque as pessoas respeitarão a sua empresa, dando a credibilidade que merece. Trabalho, perseverança e suor, são conceitos que todas as pessoas veneram. Faça o que puder para conquistar um objetivo, com seriedade e paciência, mesmo você estando ocupado ou em um momento de produtividade.

Sylvia Simocelli
Estação Sebrae On-line


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário