Gestão Financeira

02 setembro, 2019 • Gestão Financeira, Mercado e Vendas

Como cobrar clientes sem perder a boa relação com eles

No começo do ano, o número de inadimplentes no Brasil atingiu 62 milhões de pessoas, o equivalente a 40% da população adulta. Com esse cenário, é de extrema importância que as empresas tenham controle dos devedores, e principalmente, saibam como cobrar clientes, mas sem perder a boa relação com eles.

Tarefa delicada, nós sabemos. Por isso, conversamos com o consultor do Sebrae MS, Luiz Alberto Cogorno Menezes, para dar algumas dicas para você conseguir acertar as contas com o seu cliente.

Como ter o controle dos clientes com dívida?

Organização é chave para o sucesso do seu negócio e isso também se aplica na hora de colocar no papel quanto cada cliente seu está com contas pendentes. A dica para cobrar clientes é ter um caderno de contas correntes e anotar os créditos de cada um.

“Como MEI tem que fazer tudo, precisa se organizar. Abra um caderno e tenha uma folha para cada cliente e anote toda compra feita por ele a prazo. Assim, fica mais fácil de fazer o controle de quanto ele deve e de quanto ele já pagou, por exemplo”, explica Luiz.

É possível lançar mão de planilhas no Excel para essa tarefa.

Quando e como entrar em contato para cobrar clientes?

A cobrança deve ser feita de acordo com o fluxo do seu caixa e a periodicidade também depende de quanto crédito você deu para o cliente. É importante ficar atento aos dados que você tem anotado no caderno de contas correntes para cobrar clientes.

Estabeleça um dia da sua semana para entrar em contato com eles, seja por meio de ligação ou mensagem. Para ter um capital suficiente e não passar sufoco, a dica do consultor é vender o máximo à vista e deixar as vendas à prazo para poucas exceções.

Como deve ser a abordagem da cobrança?

Para cobrar clientes, você precisa pensar em uma metodologia de abordagem, para manter o bom relacionamento com eles. Para isso, você precisa conhecer o seu negócio e principalmente o seu cliente devedor.

“Não faça uma cobrança direta, primeiro você pode abordar o que tem de novidade no seu empreendimento, por exemplo, e só depois falar sobre a dívida”, explica Luiz.

Além disso, na conversa, é importante estabelecer um dia específico para que a dívida seja paga.

Como não perder a boa relação ao cobrar?

Se o bom relacionamento existe, é difícil perder um cliente por conta de cobranças, mas é claro que precisa ter confiança entre ambas as partes. Se você ainda tem dificuldades com isso, a última dica do consultor é a leitura do livro ‘A velocidade da confiança’ de Stephen M. R. Covey.

Gostou das dicas? Para saber mais sobre gestão financeira, ou relacionamento com o cliente, confira nossos cursos, consultorias e palestras voltadas para essas áreas.

No começo do ano, o número de inadimplentes no Brasil atingiu 62 milhões de pessoas, o equivalente a 40% da população adulta. Com esse cenário, é de extrema importância que as empresas tenham controle dos devedores, e principalmente, saibam como cobrar clientes, mas sem perder a boa relação com eles.

Tarefa delicada, nós sabemos. Por isso, conversamos com o consultor do Sebrae MS, Luiz Alberto Cogorno Menezes, para dar algumas dicas para você conseguir acertar as contas com o seu cliente.

Como ter o controle dos clientes com dívida?

Organização é chave para o sucesso do seu negócio e isso também se aplica na hora de colocar no papel quanto cada cliente seu está com contas pendentes. A dica para cobrar clientes é ter um caderno de contas correntes e anotar os créditos de cada um.

“Como MEI tem que fazer tudo, precisa se organizar. Abra um caderno e tenha uma folha para cada cliente e anote toda compra feita por ele a prazo. Assim, fica mais fácil de fazer o controle de quanto ele deve e de quanto ele já pagou, por exemplo”, explica Luiz.

É possível lançar mão de planilhas no Excel para essa tarefa.

Quando e como entrar em contato para cobrar clientes?

A cobrança deve ser feita de acordo com o fluxo do seu caixa e a periodicidade também depende de quanto crédito você deu para o cliente. É importante ficar atento aos dados que você tem anotado no caderno de contas correntes para cobrar clientes.

Estabeleça um dia da sua semana para entrar em contato com eles, seja por meio de ligação ou mensagem. Para ter um capital suficiente e não passar sufoco, a dica do consultor é vender o máximo à vista e deixar as vendas à prazo para poucas exceções.

Como deve ser a abordagem da cobrança?

Para cobrar clientes, você precisa pensar em uma metodologia de abordagem, para manter o bom relacionamento com eles. Para isso, você precisa conhecer o seu negócio e principalmente o seu cliente devedor.

“Não faça uma cobrança direta, primeiro você pode abordar o que tem de novidade no seu empreendimento, por exemplo, e só depois falar sobre a dívida”, explica Luiz.

Além disso, na conversa, é importante estabelecer um dia específico para que a dívida seja paga.

Como não perder a boa relação ao cobrar?

Se o bom relacionamento existe, é difícil perder um cliente por conta de cobranças, mas é claro que precisa ter confiança entre ambas as partes. Se você ainda tem dificuldades com isso, a última dica do consultor é a leitura do livro ‘A velocidade da confiança’ de Stephen M. R. Covey.

Gostou das dicas? Para saber mais sobre gestão financeira, ou relacionamento com o cliente, confira nossos cursos, consultorias e palestras voltadas para essas áreas.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário