Mercado e Vendas

10 setembro, 2012 • Mercado e Vendas

Franquias são os modelos de negócios mais procurados por novos empreendedores

As diferenças no modelo de gestão de uma franquia, quando comparado com um empreendimento próprio, surgem como vantagens aos olhos de quem está caminhando para os negócios.

Novos empreendedores têm outra opção, além da tradicional possibilidade de abrir um próprio negócio: é a escolha de fazer parte de uma franquia. Para o início de uma carreira empreendedora, essa aposta já se tornou a melhor solução para aqueles que decidiram arriscar e entrar no mundo dos negócios.

As diferenças no modelo de gestão de uma franquia, quando comparado com um empreendimento próprio, surgem como vantagens aos olhos de quem está caminhando para os negócios. Um projeto pronto é bem mais fácil do que começar sozinho. E é por isso que a técnica de franchising aumenta a cada dia.

O consultor empresarial Raphael Gutierrez explica essa ascensão. Segundo ele, a franquia traz diversas vantagens: “A operação já foi testada, já passou por erros e acertos e por isso, as chances de ter sucesso são quase indiscutíveis, sem contar que oferece facilidades de desenvolvimento de atividades, por possuir uma estrutura que já chega pronta ao empreendedor”.

Este modelo de negócio devolve ao franqueador uma cobertura de mercado maior, inovações e trocas de experiências que são oriundas da expansão de comércio. Não é a toa que o franchising gera hoje mais de 837 mil empregos diretos no País. Alguns pesquisadores incluem a franquia dentro dos 4 P’s do Marketing: produto, preço, promoção e pontos de venda. O franchising se encaixa neste último, ou seja, são canais de venda, e por isso necessitam do marketing para garantir sua difusão e sobrevivência.

Dados levantados pelo consultor Raphael Gutierrez mostram que o segmento de alimentação possui o maior número de franquias no Brasil. Sendo 427 em 2010 e aumentando para 481 diferentes marcas no ano passado, sofrendo a variação de 12,6%. Para 2012, a tendência é que esse aumento se intensifique ainda mais.

Idealizadores que apostaram nesta ideia colhem bons frutos de suas franquias. É o caso da rede “O Boticário”, a maior no Brasil, alcançando atualmente 3337 unidades em todo o país. E a dica para quem deseja embarcar neste negócio, é: “pensar em rede”. É preciso gostar de ser um empreendedor. E para isso, não basta gostar do produto, antes de tudo, deve gostar de vender e administrá-lo.

Gabriela Paniago
Estação Sebrae On-line


Que bom tê-lo como leitor do blog do Sebrae MS!
Tem interesse em saber mais sobre as nossas consultorias?

Clique aqui!





Comentários

  1. claudio jordano da silva disse:

    boa noite, moro em Naviraí – MS, e gostaria de investir no segmento de franquia, gostaria de saber se conheça alguma franquia que minha cidade comportar? há minha cidade possui aproximadamente 50.000 habitantes…

  2. Alexandre da Costa Silva disse:

    Oi Claudio jordano da Silva, meu nome é Alexandre da Costa Silva tenho uma franquia de baixo investimento pra te oferecer. Entre em contato comigo. alestylus@hotmail.com

  3. […] são modelos de negócios bastante procurados já que o formato já foi testado e poupa a gestão do empreendedor e, por vezes, acaba passando a […]




Deixe seu Comentário