Dicas de Empreendedorismo

5 sinais de que uma empresa está prestes a falir

Encerrar as atividades e fechar as portas: o pesadelo de todo empreendedor tem se tornado uma realidade cada vez mais comum. No entanto, nenhuma empresa fecha do nada. Antes de falir, todo negócio apresenta sinais claros de que as coisas não vão tão bem. Quais são, então, os principais indícios e características de empresas com riscos de falência? A gente separou alguns que podem te ajudar a identificar se sua empresa está nessa situação.

  1. Aumento de reclamações dos clientes

Cliente insatisfeito não compra, não consome, não volta e não indica o seu estabelecimento/serviço. Se o volume de reclamações aumentou e se as queixas possuem algum padrão, é possível saber onde mexer, porém, de nada adianta agir pontualmente se os problemas estão na estrutura da empresa.

  1. Baixa produtividade

A improdutividade muitas vezes está ligada ao retrabalho ou à sobrecarga de trabalho e pode, sim, impactar diretamente no seu negócio. É preciso, além de capacitação profissional, melhorar os processos internos para que as operações da empresa funcionem de forma mais fluída.

  1. Alto nível de endividamento

A falta de controle em relação à qualidade das dívidas feitas pelas empresas podem ser perigosas. Se a dívida está superior a duas vezes o faturamento mensal, é sinal mais que de alerta.

  1. Dívidas concentradas em curto prazo

Se as dívidas forem adquiridas como complemento de capital próprio visando expansão, por exemplo, elas até podem ser saudáveis, porém, se o montante do endividamento está a curto prazo o alerta é vermelho. Existem empresas que recorrem ao financiamento para pagar dívidas que já estão vencendo, firmando o pagamento a curto prazo. Com isso, muitas delas não conseguem aliviar a saída de valores para pagamentos de dívidas, o que vira um círculo vicioso.

  1. Rentabilidade abaixo do setor

Bater metas de vendas e verificar que no caixa não houve mudanças é, no mínimo, motivo para realizar um grande um balanço sobre fatores como a precificação do produto, a comissão dos vendedores, a margem de lucro e os descontos promocionais desproporcionais. Controle é a palavra chave para identificar os sinais de crise e também para sair do vermelho.

Esses sinais podem ser percebidos se houver controle e acompanhamento no dia a dia da empresa. Esse acompanhamento com um olhar mais profissional e criterioso, inclusive, é a orientação principal da economista da Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul), Daniela Teixeira.

“Alguns empresários abrem seus negócios apenas como uma geração de renda para si mesmos e esquecem que, antes de tudo, são empreendedores e devem agir como tal: pensar a longo prazo, não misturas contas pessoais com o negócio, e por aí vai. É preciso que os empresários sejam gestores de fato de seus negócios”, defende a economista.

 

Como andam os seus negócios? Reorganizar suas finanças pode ser a chave para fugir da falência! Quer aprender? O Sebrae te ensina:

Curso a distância e gratuito sobre Análise e Planejamento Financeiro

Curso SEI Administrar

 

Fonte: http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/confira-tres-sinais-de-que-sua-empresa-esta-prestes-a-falir/90728/


Que bom tê-lo como leitor do blog do Sebrae MS!
Tem interesse em saber mais sobre as nossas consultorias?

Clique aqui!







Deixe seu Comentário