Casos de Sucesso

Alemão (BBB), o homem dos mil negócios

alemao

Marketing, construção e internet: o ex-BBB faz de tudo para multiplicar seu milhão.

 

Formado em Administração de empresas, Diego Gasques, o Alemão, ficou famoso em 2007, quando conquistou o prêmio de R$ 1 milhão no Big Brother Brasil. Venceu com 91% dos votos a seu favor, número recorde na história do programa. O jovem de cabelos arrepiados ganhou o reality show porque era, antes de tudo, um bom estrategista. A partir daí, foi um passo para se tornar empreendedor.

 

Hoje, aos 28 anos recém-completados, o antes confinado Diego maneja uma rotina lotada de reuniões, projetos, entrevistas e viagens, com a ambição de conquistar igual fama no mundo dos negócios. Como tática, ele se valeu dos contatos que fez com empresários e profissionais de comunicação, gente que conheceu durante eventos, e da sua própria experiência como garoto-propaganda e agente de outros BBBs. “Nas festas, percebia as falhas de organização e vi que eu mesmo poderia fazer melhor.”

 

Foi daí que surgiu a AW1, que não apenas agencia artistas, mas atua nas áreas de marketing e eventos, e tem sede na Avenida Paulista, em São Paulo. “Sei que sou um bom marqueteiro”, diz ele, sem cerimônia. Apesar de esconder o jogo e não revelar seu faturamento, Diego diz que já obteve o retorno dos seus investimentos na agência e pretende, em breve, abrir novas unidades no Rio, Belo Horizonte e Curitiba.

 

Em paralelo à AW1, que comanda ao lado de sua irmã, Fernanda, Diego ainda arruma tempo para atuar como entrevistador do programa A Eliminação, no Multishow, e como empresário do ramo de construção civil. Com um sócio, construiu dois pequenos condomínios. Depois de já ter levantado mais de 30 casas, e de vender cada uma por R$ 78.000, ele está erguendo outras 20 e vai construir um pequeno prédio de quatro andares. Cada apartamento está avaliado em R$ 120.000.

 

Outra área na qual investe é a internet. Seu mais novo projeto é o do Listão Web, espécie de páginas amarelas online, investimento, segundo ele, no valor de R$ 2,5 milhões. “Não quis me aposentar e curtir a vida. Já consegui duplicar o valor que ganhei no BBB e comecei a girar o capital, e em vários mercados. Agora, o que não der certo, eu fecho.”

 

No seu horizonte também está a inauguração de um restaurante: “Quero que seja um lugar gostoso, com boa comida e bebida, ideal para deixar os clientes mais à vontade para fechar negócio comigo”. Palavra de jogador.


ATÉ ONDE VAI A SUA FÉ?


Os 10 mandamentos de Diego Alemão:


1. Gente jovem é legal, mas não se deslumbre com a avidez da garotada, que pode decepcionar nos quesitos compromisso e responsabilidade.

2. Gente mais experiente pode surpreender. Tenho uma secretária que já passou dos 40 e trabalha por oito. Cumpre horários e não falta nunca. Posso sempre contar com ela.

3. Planejar é importante. Evita surpresas.

4. Se é bom ter um plano B? Tente sempre ter planos C, D, E, F, G, H, I,

J… É o que faço ao investir em mercados e negócios diferentes.

5. Ser pessimista nunca é ruim: faz você agir com mais cautela.

6. Se não há riscos, não há louros…

7. A internet é uma boa aliada para pesquisar. Recomendo o site do Sebrae.

8. Negociação boa é quando é boa para os dois lados. Assim vira parceria.

9. Confiança você não compra, conquista. E um bom desempenho alcança isso.

10. Nunca coloco todos os ovos numa cesta só. Diversificar tem sido meu lema.

 

Enviado por Marli Sanches (Sebrae/MS)
Fonte: Revista PEGN
Texto: Thiago Lucas,

alemao

Marketing, construção e internet: o ex-BBB faz de tudo para multiplicar seu milhão.

 

Formado em Administração de empresas, Diego Gasques, o Alemão, ficou famoso em 2007, quando conquistou o prêmio de R$ 1 milhão no Big Brother Brasil. Venceu com 91% dos votos a seu favor, número recorde na história do programa. O jovem de cabelos arrepiados ganhou o reality show porque era, antes de tudo, um bom estrategista. A partir daí, foi um passo para se tornar empreendedor.

 

Hoje, aos 28 anos recém-completados, o antes confinado Diego maneja uma rotina lotada de reuniões, projetos, entrevistas e viagens, com a ambição de conquistar igual fama no mundo dos negócios. Como tática, ele se valeu dos contatos que fez com empresários e profissionais de comunicação, gente que conheceu durante eventos, e da sua própria experiência como garoto-propaganda e agente de outros BBBs. “Nas festas, percebia as falhas de organização e vi que eu mesmo poderia fazer melhor.”

 

Foi daí que surgiu a AW1, que não apenas agencia artistas, mas atua nas áreas de marketing e eventos, e tem sede na Avenida Paulista, em São Paulo. “Sei que sou um bom marqueteiro”, diz ele, sem cerimônia. Apesar de esconder o jogo e não revelar seu faturamento, Diego diz que já obteve o retorno dos seus investimentos na agência e pretende, em breve, abrir novas unidades no Rio, Belo Horizonte e Curitiba.

 

Em paralelo à AW1, que comanda ao lado de sua irmã, Fernanda, Diego ainda arruma tempo para atuar como entrevistador do programa A Eliminação, no Multishow, e como empresário do ramo de construção civil. Com um sócio, construiu dois pequenos condomínios. Depois de já ter levantado mais de 30 casas, e de vender cada uma por R$ 78.000, ele está erguendo outras 20 e vai construir um pequeno prédio de quatro andares. Cada apartamento está avaliado em R$ 120.000.

 

Outra área na qual investe é a internet. Seu mais novo projeto é o do Listão Web, espécie de páginas amarelas online, investimento, segundo ele, no valor de R$ 2,5 milhões. “Não quis me aposentar e curtir a vida. Já consegui duplicar o valor que ganhei no BBB e comecei a girar o capital, e em vários mercados. Agora, o que não der certo, eu fecho.”

 

No seu horizonte também está a inauguração de um restaurante: “Quero que seja um lugar gostoso, com boa comida e bebida, ideal para deixar os clientes mais à vontade para fechar negócio comigo”. Palavra de jogador.


ATÉ ONDE VAI A SUA FÉ?


Os 10 mandamentos de Diego Alemão:


1. Gente jovem é legal, mas não se deslumbre com a avidez da garotada, que pode decepcionar nos quesitos compromisso e responsabilidade.

2. Gente mais experiente pode surpreender. Tenho uma secretária que já passou dos 40 e trabalha por oito. Cumpre horários e não falta nunca. Posso sempre contar com ela.

3. Planejar é importante. Evita surpresas.

4. Se é bom ter um plano B? Tente sempre ter planos C, D, E, F, G, H, I,

J… É o que faço ao investir em mercados e negócios diferentes.

5. Ser pessimista nunca é ruim: faz você agir com mais cautela.

6. Se não há riscos, não há louros…

7. A internet é uma boa aliada para pesquisar. Recomendo o site do Sebrae.

8. Negociação boa é quando é boa para os dois lados. Assim vira parceria.

9. Confiança você não compra, conquista. E um bom desempenho alcança isso.

10. Nunca coloco todos os ovos numa cesta só. Diversificar tem sido meu lema.

 

Enviado por Marli Sanches (Sebrae/MS)
Fonte: Revista PEGN
Texto: Thiago Lucas,


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários

  1. Ana Núbia Neves Aleluia disse:

    Estou com planos de abrir uma empresa de serviços,pois sou formada em Marketing,Publicidade propaganda.
    Vou toma seu exemplo para mim.

  2. laerte morais disse:

    Olá Ana Núbia,
    O Alemão é um dos exemplos de pessoas que antes de fazer uma ação ele realiza um planejamento estratégico.
    Você está no caminho certo e creio que terá sucesso!
    Obrigado pelo comentário.

  3. Muito legal…eu nao esperava isso tudo dele…

  4. Maria margarida Fernandes Maciel disse:

    Olá pessoal…
    O alemão é um exemplo de pessoas altamente motivada, demonstra ser um excelente empreendedor. Traça suas metas e monitora seu planejamento. acredita no poder de suas realizações. Continue assin, o Brasil e o mundo precisa de pessoas como você.
    Maria Margarida Fernandes Maciel.

  5. Gilson Antonio de Souza disse:

    Casos como esse, de pessoas simples que entram no mundo dos negócios e obtém êxito, sem dúvida alguma serve de incentivo a muitos que tem essa mesma aspiração. O importante é acima de tudo planejar, buscar informações referentes ao segmento pretendido e analisar todas as possibilidades implementando alternativas a cada uma delas. Uma dica importante dada pelo Alemão seria a diversificação nos negócios (para quem tem condições de efetuá-la). Belo exemplo!




Deixe seu Comentário