Casos de Sucesso

Dez dicas de negócios de Lady Gaga que podem ser copiadas pelos empreendedores

Em novembro, quando Lady Gaga desembarcar no Brasil para dois shows no Rio e em São Paulo, os fãs de música pop vão acompanhar de perto cada passo da autora de Bad Romance e Born This Way. Mas não são só eles que deveriam prestar atenção às peripécias da excêntrica performer. Sua história de sucesso pode servir de exemplo para qualquer pessoa que pensa em empreender. Com 13 milhões de álbuns e 51 milhões de singles vendidos no mundo, Lady Gaga é hoje um fenômeno da indústria fonográfica. Mas quais foram as armas que ela usou para deixar de ser a desconhecida Stefani Joanne e se transformar em uma celebrada – e milionária – estrela pop? O site All Business listou as dez atitudes de Lady Gaga que a levaram ao sucesso – e podem ser copiadas pelos empreendedores.

1. Aproveite ao máximo o poder das mídias sociais
Um dos feitos mais notáveis de Lady Gaga é ter conseguido arregimentar mais de 30 milhões de seguidores no Twitter: é a maior audiência do site. Imagine ter um público desse tamanho lendo sobre tudo que acontece com a sua empresa, a cada minuto do dia. Agora pense no que isso poderia fazer pelo crescimento da sua empresa. Com apenas 140 toques para passar a sua mensagem, você precisa fazer com que cada post valha a pena.

2. Faça uma parceria com uma empresa de sucesso
Para promover o seu último CD, Gaga fez uma parceria com a Zynga, empresa responsável pela criação do Farmville, um dos jogos mais populares do Facebook. Como resultado da parceria, a cantora ganhou seu próprio jogo, o Gagaville, além de ter seu nome promovido em diversos games da empresa, dando a ela uma grande exposição em um novo mercado. Seguindo esse mesmo raciocínio, talvez seja a hora de você pensar em parcerias inusitadas, que possam levar seus produtos para públicos diferentes.

3. Reinvente-se todos os dias
Cada aparição pública de Lady Gaga é tratada como um acontecimento: ninguém sabe qual será a cor do seu cabelo, qual extravagância fashion ela cometerá e que tipo de declaração sairá da sua boca. Claro que não é o caso de mudar o look do seu site todos os dias, mas é fundamental manter o conteúdo renovado. Blogs, páginas do Facebook e posts do Twitter precisam engajar os consumidores com ideias novas o tempo todo.

4. Faça algo inusitado para chamar a atenção
Ela já chegou a uma entrega de prêmios dentro de um ovo ou usando um vestido feito de carne. Por mais que algumas considerem essas atitudes apelativas, esse tipo de truque chama – e muito – a atenção da mídia e do público. Pense: que tipo de atitude inesperada você poderia tomar para chamar a atenção das pessoas para a sua empresa?

5. Copie seus heróis, mas com um toque original
A maior crítica feita a Lady Gaga é de que ela seria uma mera cópia, roubando ideias e canções de artistas como Madonna, Gwen Stefani ou Grace Jones. A verdade é que muitos artistas se inspiram em trabalhos anteriores. Não há nenhum problema nisso – desde que o performer injete originalidade e um toque pessoal na fórmula já conhecida. O mesmo vale para os negócios: inspire-se nas pessoas e empresas que admire e adote suas melhores práticas – sempre adaptando-as para a realidade da sua empresa.

6. Dê apoio a uma instituição de caridade
Lady Gaga já conseguiu reunir milhões de dólares para instituições que apoiam os direitos dos gays ou para ajuda a vítimas de desastres naturais. Mesmo que você não tenha tanto dinheiro assim, separe uma parte dele para dar apoio a alguma causa local. Isso contribuirá muito para melhorar a sua imagem – e a da sua empresa.

7. Não faça pausas no trabalho
Desde 2008, quando suas músicas invadiram as rádios de todo o planeta, Lady Gaga não parou: lançou um single após o outro, ementou turnês com álbuns novos, lançou videoclipes cada vez mais ousados. Algumas pessoas dizem que tamanha exposição pode ser prejudicial – mas não é o que vem acontecendo com ela. Todo empreendedor precisa de um break para descansar e recarregar as baterias. Mas será que você está dedicando todo o tempo e energia que poderia para construir o seu sonho?

8. Assuma as suas falhas
Lady Gaga está longe de ser um modelo de beleza convencional: seu rosto, suas roupas, seu jeito de dançar podem incomodar ou chocar. Mas ela nunca deixou que isso fosse um obstáculo – pelo contrário, usou suas particularidades como armas para construir uma imagem única. As pessoas dizem que sua empresa é muito pequena, que atua em uma área inexpressiva, ou que não tem certas características comuns no mercado? Encare essas “falhas” como trunfos e use as diferenças para promover o seu negócio.

9. Conheça o seu público
Ano após ano, a cantora mostra que sabe exatamente do que os fãs gostam. Músicas para dançar na pista? Estão presentes em todos os discos. Figurinos cada vez mais alucinados? Pode ter certeza que seu show terá muitos. Baladas rasgadas onde ela explora sua veia mais romântica? Também estão garantidas. Lição básica: conheça bem o seu público e saiba o que precisa fazer para atender às suas necessidades.

10. Estimule a lealdade dos clientes
Lady Gaga criou um nome carinhoso para o público que a adora: são os “little monsters”, ou “monstrinhos”. Cada um deles é extremamente fiel à cantora, e defenderá suas atitudes (e suas músicas) até o fim. Eles fãs devotos também comprarão todo e qualquer produto que ela coloque no mercado. Talvez não seja o caso de criar um apelido tão fantasioso, mas que tal criar um nome, ou um slogan, que provoque identificação – e devoção – nos clientes?

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Em novembro, quando Lady Gaga desembarcar no Brasil para dois shows no Rio e em São Paulo, os fãs de música pop vão acompanhar de perto cada passo da autora de Bad Romance e Born This Way. Mas não são só eles que deveriam prestar atenção às peripécias da excêntrica performer. Sua história de sucesso pode servir de exemplo para qualquer pessoa que pensa em empreender. Com 13 milhões de álbuns e 51 milhões de singles vendidos no mundo, Lady Gaga é hoje um fenômeno da indústria fonográfica. Mas quais foram as armas que ela usou para deixar de ser a desconhecida Stefani Joanne e se transformar em uma celebrada – e milionária – estrela pop? O site All Business listou as dez atitudes de Lady Gaga que a levaram ao sucesso – e podem ser copiadas pelos empreendedores.

1. Aproveite ao máximo o poder das mídias sociais
Um dos feitos mais notáveis de Lady Gaga é ter conseguido arregimentar mais de 30 milhões de seguidores no Twitter: é a maior audiência do site. Imagine ter um público desse tamanho lendo sobre tudo que acontece com a sua empresa, a cada minuto do dia. Agora pense no que isso poderia fazer pelo crescimento da sua empresa. Com apenas 140 toques para passar a sua mensagem, você precisa fazer com que cada post valha a pena.

2. Faça uma parceria com uma empresa de sucesso
Para promover o seu último CD, Gaga fez uma parceria com a Zynga, empresa responsável pela criação do Farmville, um dos jogos mais populares do Facebook. Como resultado da parceria, a cantora ganhou seu próprio jogo, o Gagaville, além de ter seu nome promovido em diversos games da empresa, dando a ela uma grande exposição em um novo mercado. Seguindo esse mesmo raciocínio, talvez seja a hora de você pensar em parcerias inusitadas, que possam levar seus produtos para públicos diferentes.

3. Reinvente-se todos os dias
Cada aparição pública de Lady Gaga é tratada como um acontecimento: ninguém sabe qual será a cor do seu cabelo, qual extravagância fashion ela cometerá e que tipo de declaração sairá da sua boca. Claro que não é o caso de mudar o look do seu site todos os dias, mas é fundamental manter o conteúdo renovado. Blogs, páginas do Facebook e posts do Twitter precisam engajar os consumidores com ideias novas o tempo todo.

4. Faça algo inusitado para chamar a atenção
Ela já chegou a uma entrega de prêmios dentro de um ovo ou usando um vestido feito de carne. Por mais que algumas considerem essas atitudes apelativas, esse tipo de truque chama – e muito – a atenção da mídia e do público. Pense: que tipo de atitude inesperada você poderia tomar para chamar a atenção das pessoas para a sua empresa?

5. Copie seus heróis, mas com um toque original
A maior crítica feita a Lady Gaga é de que ela seria uma mera cópia, roubando ideias e canções de artistas como Madonna, Gwen Stefani ou Grace Jones. A verdade é que muitos artistas se inspiram em trabalhos anteriores. Não há nenhum problema nisso – desde que o performer injete originalidade e um toque pessoal na fórmula já conhecida. O mesmo vale para os negócios: inspire-se nas pessoas e empresas que admire e adote suas melhores práticas – sempre adaptando-as para a realidade da sua empresa.

6. Dê apoio a uma instituição de caridade
Lady Gaga já conseguiu reunir milhões de dólares para instituições que apoiam os direitos dos gays ou para ajuda a vítimas de desastres naturais. Mesmo que você não tenha tanto dinheiro assim, separe uma parte dele para dar apoio a alguma causa local. Isso contribuirá muito para melhorar a sua imagem – e a da sua empresa.

7. Não faça pausas no trabalho
Desde 2008, quando suas músicas invadiram as rádios de todo o planeta, Lady Gaga não parou: lançou um single após o outro, ementou turnês com álbuns novos, lançou videoclipes cada vez mais ousados. Algumas pessoas dizem que tamanha exposição pode ser prejudicial – mas não é o que vem acontecendo com ela. Todo empreendedor precisa de um break para descansar e recarregar as baterias. Mas será que você está dedicando todo o tempo e energia que poderia para construir o seu sonho?

8. Assuma as suas falhas
Lady Gaga está longe de ser um modelo de beleza convencional: seu rosto, suas roupas, seu jeito de dançar podem incomodar ou chocar. Mas ela nunca deixou que isso fosse um obstáculo – pelo contrário, usou suas particularidades como armas para construir uma imagem única. As pessoas dizem que sua empresa é muito pequena, que atua em uma área inexpressiva, ou que não tem certas características comuns no mercado? Encare essas “falhas” como trunfos e use as diferenças para promover o seu negócio.

9. Conheça o seu público
Ano após ano, a cantora mostra que sabe exatamente do que os fãs gostam. Músicas para dançar na pista? Estão presentes em todos os discos. Figurinos cada vez mais alucinados? Pode ter certeza que seu show terá muitos. Baladas rasgadas onde ela explora sua veia mais romântica? Também estão garantidas. Lição básica: conheça bem o seu público e saiba o que precisa fazer para atender às suas necessidades.

10. Estimule a lealdade dos clientes
Lady Gaga criou um nome carinhoso para o público que a adora: são os “little monsters”, ou “monstrinhos”. Cada um deles é extremamente fiel à cantora, e defenderá suas atitudes (e suas músicas) até o fim. Eles fãs devotos também comprarão todo e qualquer produto que ela coloque no mercado. Talvez não seja o caso de criar um apelido tão fantasioso, mas que tal criar um nome, ou um slogan, que provoque identificação – e devoção – nos clientes?

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Comentários

  1. Elisa disse:

    Não tinha pensado nisso… apesar de não gostar da Gaga, as estratégias delas dão certo. Legal esta analogia em comparação a uma empresa;

  2. Renato Rodrigues disse:

    Geeenteeem… que tudo! Adoooorei!




Deixe seu Comentário