Dicas de Empreendedorismo

Luz, câmera, ação: como usar vídeos para promover o seu negócio

Seja trabalhando com profissionais especializados ou produzindo os próprios conteúdos, empresas de todos os portes podem aproveitar os vídeos para divulgar suas marcas, produtos e serviços. O formato ajuda a humanizar seu empreendimento, além de aproximar e reforçar os laços com os seus clientes.

É por meio dos vídeos que a informação chega, antes mesmo de os clientes irem até a sua loja. Então, é possível explorar uma grande variedade de conteúdos para que sua marca seja lembrada, assim que os clientes pensarem em algum produto que sua empresa oferece.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Cisco, a previsão é que em 2020, 82% de todo o tráfego da internet seja gerado por vídeos. E para se destacar no meio de tantos conteúdos disponíveis na internet é preciso gerar conteúdo de qualidade e que despertem sensações.

A produção

Antes de tudo é preciso fazer um roteiro para saber como o conteúdo vai ser produzido. Sabendo qual o objetivo que se quer alcançar fica mais fácil saber quais imagens devem ser captadas para se ter a melhor narrativa possível.

Com um roteiro bem estruturado, a qualidade técnica da linguagem de vídeo é essencial para o sucesso da produção. Para o vídeomaker, Denis Feliz, alguns cuidados devem ser tomados para que o seu marketing seja positivo:

  • Luz/iluminação: para ajudar a economizar na iluminação, opte por ambientes que tenham luz natural.
  • Som: caso tenha depoimento de pessoas no vídeo é importante usar microfones externos para manter a clareza no áudio.
  • Enquadramento: importante pensar no todo que vai aparecer no vídeo e se realmente é interessante e agrega valor no que quer ser passado para o cliente. Vale lembrar que é bom evitar enquadramento muito fechado, principalmente para empreendimentos de comida, porque muitas vezes pode passar a ideia errada para o cliente.
  • Movimento da câmera: os vídeos devem ser muito bem produzidos para que a câmera não fique muito parada ou com muito movimento, o que deixa o vídeo difícil de visualizar.
  • Filtros automáticos: tome cuidado com filtros, principalmente se o seu empreendimento for do segmento de alimentação, para que as imagens não fiquem com tons azulados ou amarelos demais.

Além disso, vale estar atento às trilhas sonoras para cativar o seu cliente e despertar emoções. De acordo com a produtora Beatriz Ferelli, você deve pensar no que quer transmitir no vídeo, para saber quais emoções quer despertar no seu público, assim fica mais fácil escolher a trilha sonora adequada para o seu conteúdo. E para ter acesso às trilhas sonoras de graça, acesse o link da Biblioteca de Áudio do Youtube.

Publicando o conteúdo em vídeo

Para estimular a interação e engajamento da sua audiência, é preciso publicar o seu conteúdo nas redes sociais. Saiba onde o seu maior público está inserido para alcançar organicamente ao máximo seus clientes e as pessoas que possam se interessar pelo que a sua empresa tem a oferecer.

Para vídeos mais curtos, com duração média de 30 segundos e que demandam pouca edição, é recomendado publicar no Instagram. Os vídeos um pouco mais longos e mais elaborados podem ser postados no Facebook.

De acordo com o fundador e CEO da produtora audiovisual Vaca Azul, Helton Perez, um diferencial para os conteúdos mais elaborados é criar um canal específico no YouTube. Assim, sua empresa pode se tornar referência nos conteúdos publicados, além de reforçar o seu contato com os clientes.

O retorno do público 

De acordo com Beatriz, o retorno do conteúdo produzido vai depender da qualidade do vídeo e de como a narrativa desperta desejo nos clientes. “O cliente deve assistir e se identificar com a sua marca ou produto, para que no final gere lucro para a sua empresa. E é muito importante mostrar o real, para que o cliente não tenha a impressão errada na hora em que ele realmente chegar na sua loja”.

Ela finaliza explicando que a intenção de um vídeo sempre deve ser criar um relacionamento com o cliente. Assim, fica mais fácil agregar valor ao produto para quem já o conhece, ou então despertar o desejo de consumo para aqueles que ainda não são clientes, fazendo com que queiram consumir na sua loja da próxima vez que precisarem do produto que você oferece.

E aí, curtiu as nossas dicas? Conte para a gente nos comentários se você já usou vídeo como estratégia de marketing no seu empreendimento.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário