Gestão Financeira

21 março, 2019 • Gestão Financeira

Faça uma gestão financeira eficiente e potencialize os resultados do seu negócio

A maioria das pessoas que começa um negócio considera que a gestão das finanças é um dos maiores desafios. Ainda mais em micro e pequenas empresas, onde o empreendedor – na maioria das vezes – é o exclusivo responsável pelo controle financeiro.

E mesmo as grandes empresas, que possuem um setor especializado para cuidar de todos os procedimentos financeiros, precisam que você, como empreendedora, conheça sua situação financeira e avalie os indicadores. Nesse post, vamos te dar dicas de como organizar as finanças da sua empresa de forma prática e fácil.

Por que conhecer suas finanças?

Entender e conhecer suas finanças é parte do empreendedorismo e deve estar sempre nos seus estudos. Ter esse conhecimento vai te fazer tomar decisões mais acertadas, como, por exemplo, decidir se é possível aumentar seu estoque para aumentar o volume de vendas no próximo semestre. Se você não sabe como está a situação financeira da sua empresa, fica impossível esse tipo de decisão.

Por onde começar?

Para manter suas finanças em ordem, o primeiro passo é encontrar um sistema de gestão que permita que você faça o controle de vendas, do fluxo de caixa, as contas a receber e a pagar. Você pode começar com as planilhas, se for mais fácil para você, ou encontrar aplicativos para celular e programas para computador que sejam gratuitos e que também ajudem a fazer esse controle.

O segundo passo importante é saber separar suas finanças pessoais das finanças do seu negócio. Você não pode encontrar no meio das contas a pagar, faturas do seu cartão de crédito, mensalidade escolar e outros gastos. Misturar as contas pessoais e da sua empresa atrapalha a avaliação dos resultados, e não conseguir medi-los faz com que você não consiga dizer se sua empresa está dando lucro ou não.

Invista na sua educação financeira

São poucas as pessoas que começam um negócio já entendendo de finanças. Por isso, você deve estudar, tanto sobre o seu nicho de mercado, produto ou serviço, quanto sobre estratégias e ferramentas para otimizar a sua gestão. Quando o assunto são as finanças, há um universo de termos e conceitos, como despesas fixas e variáveis, análise da margem de lucro, depreciação e muitas outras. A partir do momento em que você toma conhecimento desses indicadores, sua empresa começa a funcionar melhor.

Procure aprender sobre as ferramentas de gestão financeira. Seja por meio de cursos presenciais, online, palestras ou workshops. Muitas vezes, o investimento financeiro não é necessário, apenas a força de vontade e desejo de aprender são suficientes para começar. Na internet há uma infinidade de conteúdos gratuitos sobre o assunto; um bom exemplo é o material que separamos para você aprender um pouco mais sobre finanças!

O eBook “Como organizar as finanças sem dor de cabeça” é um material bem simples e de rápida  leitura que vai te ajudar a administrar melhor sua empresa. Clique aqui e acesse!

A maioria das pessoas que começa um negócio considera que a gestão das finanças é um dos maiores desafios. Ainda mais em micro e pequenas empresas, onde o empreendedor – na maioria das vezes – é o exclusivo responsável pelo controle financeiro.

E mesmo as grandes empresas, que possuem um setor especializado para cuidar de todos os procedimentos financeiros, precisam que você, como empreendedora, conheça sua situação financeira e avalie os indicadores. Nesse post, vamos te dar dicas de como organizar as finanças da sua empresa de forma prática e fácil.

Por que conhecer suas finanças?

Entender e conhecer suas finanças é parte do empreendedorismo e deve estar sempre nos seus estudos. Ter esse conhecimento vai te fazer tomar decisões mais acertadas, como, por exemplo, decidir se é possível aumentar seu estoque para aumentar o volume de vendas no próximo semestre. Se você não sabe como está a situação financeira da sua empresa, fica impossível esse tipo de decisão.

Por onde começar?

Para manter suas finanças em ordem, o primeiro passo é encontrar um sistema de gestão que permita que você faça o controle de vendas, do fluxo de caixa, as contas a receber e a pagar. Você pode começar com as planilhas, se for mais fácil para você, ou encontrar aplicativos para celular e programas para computador que sejam gratuitos e que também ajudem a fazer esse controle.

O segundo passo importante é saber separar suas finanças pessoais das finanças do seu negócio. Você não pode encontrar no meio das contas a pagar, faturas do seu cartão de crédito, mensalidade escolar e outros gastos. Misturar as contas pessoais e da sua empresa atrapalha a avaliação dos resultados, e não conseguir medi-los faz com que você não consiga dizer se sua empresa está dando lucro ou não.

Invista na sua educação financeira

São poucas as pessoas que começam um negócio já entendendo de finanças. Por isso, você deve estudar, tanto sobre o seu nicho de mercado, produto ou serviço, quanto sobre estratégias e ferramentas para otimizar a sua gestão. Quando o assunto são as finanças, há um universo de termos e conceitos, como despesas fixas e variáveis, análise da margem de lucro, depreciação e muitas outras. A partir do momento em que você toma conhecimento desses indicadores, sua empresa começa a funcionar melhor.

Procure aprender sobre as ferramentas de gestão financeira. Seja por meio de cursos presenciais, online, palestras ou workshops. Muitas vezes, o investimento financeiro não é necessário, apenas a força de vontade e desejo de aprender são suficientes para começar. Na internet há uma infinidade de conteúdos gratuitos sobre o assunto; um bom exemplo é o material que separamos para você aprender um pouco mais sobre finanças!

O eBook “Como organizar as finanças sem dor de cabeça” é um material bem simples e de rápida  leitura que vai te ajudar a administrar melhor sua empresa. Clique aqui e acesse!


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. […] Basicamente, o que você precisa ter em mente são os seus objetivos e metas, estar em dia com a gestão financeira do seu negócio e planejar os próximos passos para usar o crédito com […]




Deixe seu Comentário