Finanças

26 julho, 2021 • Finanças

Quais as alternativas de crédito para empreendedores que estão começando?

A falta de recursos financeiros é uma das principais dificuldades dos empreendedores iniciantes. Para abrir um negócio, é necessário ter um capital que possa arcar com as despesas iniciais e os primeiros investimentos. Existem alternativas de crédito que podem auxiliar os gestores neste processo de abertura. Elas também podem ser úteis para empresas que desejam levantar capital de giro, quitar débitos ou investir em melhorias.

Felizmente, existem diversas opções hoje no mercado, com modalidades de crédito que podem atender a diferentes necessidades. É possível até mesmo optar por realizar a obtenção de crédito totalmente on-line. Além disso, algumas instituições também oferecem opções de crédito pessoal. Acompanhe, em nosso post, como conseguir alternativas de créditos para seu negócio!

Avalie como conseguir alternativas de crédito

Quais as alternativas de crédito para empreendedores que estão começando?

O empréstimo é um crédito concedido aos empreendedores por instituições financeiras ou organizações. Dentre as principais motivações para obtenção de crédito, estão: empréstimo para abrir empresa ou empréstimo para pagar contas no vermelho. Antes de tudo, é preciso definir qual o objetivo do crédito e qual o valor necessário para arcar com seus custos.

Para entender se o empréstimo é uma opção válida ao abrir um negócio, o valor da prestação deve ser de, no máximo, 25% do lucro líquido que se espera da empresa. Portanto, é importante avaliar os números e o percentual de ganho projetado para os meses iniciais. Tudo para que você não acabe no prejuízo e leve o negócio à falência.

Pesquise todas as formas de como conseguir alternativas de crédito antes de tomar uma decisão. Avalie todas as instituições, condições, prazos, taxas de juros e garantia. É interessante estudar cada banco ou organização. Caso tenha dificuldades em escolher qual a melhor opção, entenda quais são as instituições mais tradicionais, certificadas e reconhecidas no mercado. Caso já tenha relação com alguma delas, é uma boa opção continuar, já que isso pode facilitar negociações, por exemplo.

Conheça algumas linhas de financiamento

Microcrédito

Esta opção é voltada às pequenas empresas ou mesmo a pessoas físicas que desejam abrir ou ampliar um negócio. Através do sistema de microcrédito, cada empreendedor pode captar até R $20.000. Para facilitar a obtenção de crédito aos novos empresários, as taxas de juros são reduzidas. Além disso, a opção oferece isenção de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e a facilidade de aprovação.

Também é possível contratar o Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), que está disponível para empresas de pequeno porte (EPPs) e microempreendedores individuais (MEIs). Neste esquema, a organização oferece acompanhamento para que seja feita uma boa gestão financeira no negócio.

Empréstimo com garantia

Nesta modalidade, o empresário oferece um bem à instituição financeira como garantia do pagamento das parcelas. Entre as opções mais comuns, estão o uso de veículos ou imóveis como garantia. Desta forma, as chances de inadimplência diminuem e a instituição pode oferecer taxas de juros menores e prazos de quitação maiores.

Crédito para capital de giro

Esta modalidade é indicada para pequenas e médias empresas que necessitam de recursos para pagar as despesas do dia a dia do negócio. Isso porque é bastante comum que novas empresas tenham dificuldades em arcar com custos básicos como pagamento de salários de funcionários, fornecedores, aluguel e contas de água e luz, por exemplo.

Neste caso, o empreendedor não precisa apresentar a finalidade do empréstimo no momento da solicitação e também pode optar pelo pagamento bimestral, semestral ou integral após o fim do contrato. Este tipo de crédito é mais voltado para demandas de curto prazo (menos de 12 meses).

Antecipação de recebíveis

Essa é uma forma de crédito on-line, que permite que a empresa receba os lucros antecipadamente. O processo todo tende a ser menos burocrático que os meios tradicionais, e é indicado a empresários que ainda não têm capital de giro. Essa alternativa, indicada para o curto prazo, antecipa pagamentos que a empresa já vai receber. Os próprios pagamentos futuros funcionam como uma garantia, isso faz com que os juros sejam mais baixos e o crédito mais barato e acessível.

Crédito para empresas BNDES

Uma alternativa de crédito do governo para pequenas empresas. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferece limite de crédito máximo de 500.000 reais por cliente a cada 12 meses, com prazo máximo de até 60 meses e dois anos de carência. A taxa média de juros chega a 1,3% ao mês e inclui a remuneração do BNDES e do agente financeiro envolvido na operação.

Cooperativas de crédito

Estas instituições são isentas de taxas como CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), PIS (Programa de Integração Social) e Cofins, já que são organizações sem fins lucrativos. Elas oferecem cartões de crédito, financiamentos e empréstimos para capital de giro para empresas locais, já que seu objetivo é fomentar o desenvolvimento regional por meio do próprio interesse da comunidade. Para garantir o crédito, o empresário deve fazer parte da cooperativa e adquirir uma cota, além de participar das decisões em assembleias da instituição, como sócio.

Peer to peer

Esta opção, também conhecida como P2, vem se expandindo no Brasil atualmente. Ela conecta tomadores de crédito a investidores por meio de plataformas digitais. Dessa forma, é possível que investidores (que podem ser pessoas físicas ou jurídicas) ofereçam crédito a empresas de forma direta. As plataformas responsáveis ficam encarregadas de verificar os riscos da operação, além de averiguar o perfil financeiro da empresa.

Estude e tome a melhor decisão

Agora que você já sabe como conseguir alternativas de crédito, fica mais fácil entender qual a melhor opção para o seu negócio, não é mesmo? Aproveite para estudar mais sobre a gestão financeira da sua empresa com o Sebrae.

Com nosso material exclusivo, você aprende como captar recursos para o seu novo empreendimento de maneira descomplicada! Tá esperando o quê?! Acesse já clicando aqui.

A falta de recursos financeiros é uma das principais dificuldades dos empreendedores iniciantes. Para abrir um negócio, é necessário ter um capital que possa arcar com as despesas iniciais e os primeiros investimentos. Existem alternativas de crédito que podem auxiliar os gestores neste processo de abertura. Elas também podem ser úteis para empresas que desejam levantar capital de giro, quitar débitos ou investir em melhorias.

Felizmente, existem diversas opções hoje no mercado, com modalidades de crédito que podem atender a diferentes necessidades. É possível até mesmo optar por realizar a obtenção de crédito totalmente on-line. Além disso, algumas instituições também oferecem opções de crédito pessoal. Acompanhe, em nosso post, como conseguir alternativas de créditos para seu negócio!

Avalie como conseguir alternativas de crédito

Quais as alternativas de crédito para empreendedores que estão começando?

O empréstimo é um crédito concedido aos empreendedores por instituições financeiras ou organizações. Dentre as principais motivações para obtenção de crédito, estão: empréstimo para abrir empresa ou empréstimo para pagar contas no vermelho. Antes de tudo, é preciso definir qual o objetivo do crédito e qual o valor necessário para arcar com seus custos.

Para entender se o empréstimo é uma opção válida ao abrir um negócio, o valor da prestação deve ser de, no máximo, 25% do lucro líquido que se espera da empresa. Portanto, é importante avaliar os números e o percentual de ganho projetado para os meses iniciais. Tudo para que você não acabe no prejuízo e leve o negócio à falência.

Pesquise todas as formas de como conseguir alternativas de crédito antes de tomar uma decisão. Avalie todas as instituições, condições, prazos, taxas de juros e garantia. É interessante estudar cada banco ou organização. Caso tenha dificuldades em escolher qual a melhor opção, entenda quais são as instituições mais tradicionais, certificadas e reconhecidas no mercado. Caso já tenha relação com alguma delas, é uma boa opção continuar, já que isso pode facilitar negociações, por exemplo.

Conheça algumas linhas de financiamento

Microcrédito

Esta opção é voltada às pequenas empresas ou mesmo a pessoas físicas que desejam abrir ou ampliar um negócio. Através do sistema de microcrédito, cada empreendedor pode captar até R $20.000. Para facilitar a obtenção de crédito aos novos empresários, as taxas de juros são reduzidas. Além disso, a opção oferece isenção de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e a facilidade de aprovação.

Também é possível contratar o Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), que está disponível para empresas de pequeno porte (EPPs) e microempreendedores individuais (MEIs). Neste esquema, a organização oferece acompanhamento para que seja feita uma boa gestão financeira no negócio.

Empréstimo com garantia

Nesta modalidade, o empresário oferece um bem à instituição financeira como garantia do pagamento das parcelas. Entre as opções mais comuns, estão o uso de veículos ou imóveis como garantia. Desta forma, as chances de inadimplência diminuem e a instituição pode oferecer taxas de juros menores e prazos de quitação maiores.

Crédito para capital de giro

Esta modalidade é indicada para pequenas e médias empresas que necessitam de recursos para pagar as despesas do dia a dia do negócio. Isso porque é bastante comum que novas empresas tenham dificuldades em arcar com custos básicos como pagamento de salários de funcionários, fornecedores, aluguel e contas de água e luz, por exemplo.

Neste caso, o empreendedor não precisa apresentar a finalidade do empréstimo no momento da solicitação e também pode optar pelo pagamento bimestral, semestral ou integral após o fim do contrato. Este tipo de crédito é mais voltado para demandas de curto prazo (menos de 12 meses).

Antecipação de recebíveis

Essa é uma forma de crédito on-line, que permite que a empresa receba os lucros antecipadamente. O processo todo tende a ser menos burocrático que os meios tradicionais, e é indicado a empresários que ainda não têm capital de giro. Essa alternativa, indicada para o curto prazo, antecipa pagamentos que a empresa já vai receber. Os próprios pagamentos futuros funcionam como uma garantia, isso faz com que os juros sejam mais baixos e o crédito mais barato e acessível.

Crédito para empresas BNDES

Uma alternativa de crédito do governo para pequenas empresas. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferece limite de crédito máximo de 500.000 reais por cliente a cada 12 meses, com prazo máximo de até 60 meses e dois anos de carência. A taxa média de juros chega a 1,3% ao mês e inclui a remuneração do BNDES e do agente financeiro envolvido na operação.

Cooperativas de crédito

Estas instituições são isentas de taxas como CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), PIS (Programa de Integração Social) e Cofins, já que são organizações sem fins lucrativos. Elas oferecem cartões de crédito, financiamentos e empréstimos para capital de giro para empresas locais, já que seu objetivo é fomentar o desenvolvimento regional por meio do próprio interesse da comunidade. Para garantir o crédito, o empresário deve fazer parte da cooperativa e adquirir uma cota, além de participar das decisões em assembleias da instituição, como sócio.

Peer to peer

Esta opção, também conhecida como P2, vem se expandindo no Brasil atualmente. Ela conecta tomadores de crédito a investidores por meio de plataformas digitais. Dessa forma, é possível que investidores (que podem ser pessoas físicas ou jurídicas) ofereçam crédito a empresas de forma direta. As plataformas responsáveis ficam encarregadas de verificar os riscos da operação, além de averiguar o perfil financeiro da empresa.

Estude e tome a melhor decisão

Agora que você já sabe como conseguir alternativas de crédito, fica mais fácil entender qual a melhor opção para o seu negócio, não é mesmo? Aproveite para estudar mais sobre a gestão financeira da sua empresa com o Sebrae.

Com nosso material exclusivo, você aprende como captar recursos para o seu novo empreendimento de maneira descomplicada! Tá esperando o quê?! Acesse já clicando aqui.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário