Mercado e Vendas

14 setembro, 2015 • Mercado e Vendas

Gestão a serviço dos condomínios

blogO cotidiano dos condomínios residenciais é complexo desde as primeiras horas da manhã até a última luz a se apagar. Problemas a resolver aparecem à exaustão, indo de uma simples limpeza, um acerto de contas com a manutenção da piscina até perturbação da ordem ou, por exemplo, problemas trabalhistas com funcionários.

Escapar de tais tarefas, não é fácil, contudo uma alternativa encontrada por alguns condomínios para soluciona a questão tem sido recorrer aos empreendimentos especializados na causa, ou seja, terceirizar o serviço, e ir atrás dos gestores profissionais.

Da emissão mensal de boleto bancário a uma pesquisa de mercado para ampliar a área de lazer, encargos estes que tomariam um ou mais dias inteiros do síndico, agora podem ser resolvido num prazo acelerado.

A dica é dos sócios da Controlle Soluções Empresariais, Gustavo Deboleto e Dimas Graciano, há nove anos no mercado de gestão de condomínios, em Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Eles afirmam que o serviço é árduo, minucioso, mas ao mesmo tempo gratificante. “Colocamos em prática as melhores técnicas de gestão no empreendimento. Por nossa expertise também como consultores, esta prática aliada às técnicas é recompensadora”, afirma Dimas.

Dados deste ano, apurados pelo Sindicato da Habitação de MS, o Secovi, revelam que somente em Campo Grande existem 600 condomínios, empreendimentos que empregam juntos entre 4 e 5 mil funcionários. Já em Dourados, o número gira em torno de 200 condomínios residenciais.

“Este crescimento expressivo impacta diretamente em necessidades na profissionalização administrativa do segmento, com técnicas de maior rigor nas prestações de contas, práticas contábeis e financeiras mais profissionais e transparentes, questões jurídicas mais atuantes e resolutivas, além da expertise administrativa na gestão do condomínio”, pontuou Gustavo Deboleto.

Os sócios disseram que hoje ofertam a seus clientes condôminos serviços de prestação de contas, balancetes e demonstrativos de resultados mensais, além do assessoramento em questões administrativas como recebimento e cobrança, emissões de boletos e comunicados aos condôminos, terceirizações de serviços de portaria e vigilância, serviços de manutenção e asseio, apoio em questões trabalhistas, tributárias e junto aos sindicatos da categoria.

“É gratificante realizar uma prestação de contas, apresentar um balancete financeiro, em que várias pessoas de diferentes convicções, profissões e conhecimentos, conseguem se entender e direcionar forças para o crescimento do condomínio”, conclui Gustavo Deboleto.

Fonte: Conexão Sebrae, edição 82.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário