Dicas de Empreendedorismo

08 outubro, 2018 • Dicas de Empreendedorismo

O que os empreendedores podem aprender com o Futebol?

Mesmo que a Copa do Mundo já tenha passado e ninguém mais lembre direito dela (diante de tantos acontecimentos em ano eleitoral no Brasil), é fato que o futebol está presente no dia a dia e no coração de muitos brasileiros. Entre torcidas, jogadas, estratégias e escalações, várias lições desse esporte podem ser transferidas para o mundo corporativo, ajudando muitas empresas a melhorarem seus resultados em diferentes áreas.

Especificamente sobre a Copa do Mundo da Rússia, o especialista em Marketing de Conteúdo Pedro Superti escreveu, em sua página no Facebook, sobre a maior lição que aprendeu com a eliminação do Brasil nas quartas de final, quando perdeu para a Bélgica por 2 a 1.

Superti relembra que, nas décadas de 1970 e 1980, quando o Brasil era conhecido como “fábrica de craques e de gênios da bola”, especialistas foram contratados pelos maiores clubes do mundo para analisar os movimentos dos jogadores brasileiros e entender como corriam, como passavam as bolas, como improvisavam. Jogadas, movimentos e lances começaram a ser desvendados e o que era inexplicavelmente mágico, passou a fazer sentido: outros jogadores poderiam ser treinados também.

“O talento virou processo. E processos podem ser melhorados, estudados e replicados. Podem ser compartilhados e em pouco tempo dezenas ou milhares podem chegar no mesmo resultado”, afirma.

Ou seja, talento é bom, mas não é a solução. É só o início.

Se você é empreendedor, isso certamente te parece familiar. Por isso, listamos aqui mais algumas lições deste esporte que é a paixão nacional que servem muito bem para o mundo dos negócios. Confira só:

– Recrutar, selecionar, contratar: as notícias que mais impactam no mundo do futebol são as contratações dos times. Ter as pessoas certas para cada função é uma das tarefas mais difíceis da vida do empreendedor. O futebol é um esporte coletivo, o bom resultado depende de todos, assim como em uma empresa. Uma admissão errada tem impactos grandes no resultado da empresa.

– Técnico que inspira, chefe que lidera: sempre que falamos do técnico do time, pensamos imediatamente no esquema tático dos jogos, mas sua função vai muito além, assim como a do dono da empresa. É preciso saber liderar, motivar, inspirar e gerir a equipe, criando um sentimento de time e a consciência de que cada um tem seu papel na empresa na busca dos objetivos e por resultados satisfatórios.

– Treino, treino, treino e mais treino: os times que mais vencem jogos, que mais fazem gols, que protagonizam as jogadas mais bonitas são aqueles que se preparam de verdade, com disciplina e determinação participam dos treinos, seguem os planos preparados por educadores físicos, a dieta da nutricionista, e por aí vai. Se a arte de fazer bem feito vem com a prática, é preciso investir em treinamento para alcançar resultados mais rápido.

Não se ganha de uma hora para a outra: é impossível ganhar um campeonato ou fazer negócio dar certo deixando tudo para a última hora, sem preparação ou entrosamento entre os membros do time. Os times se preparam durante anos, investindo em novos jogadores e parcerias para a equipe alavancar. Assim como os novos contratos e planejamentos são feitos a longo prazo, com estudo e discussões.

Viu só como o futebol tem muito a ver com a vida do empreendedor? Por isso, inspire-se em alguns dos melhores técnicos do mundo para fazer do seu negócio um time campeão e quando o jogo complicar, reavalie as estratégias, os jogadores e se necessário, mude de tática. O importante é não deixar de correr atrás da bola. Quem entende isso, hoje em dia, ganha o jogo.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário