Empreendedorismo

30 dezembro, 2020 • Empreendedorismo

Projeto de vida: você tem um?

A constante busca por uma vida com propósito é essencial para que as pessoas sintam-se realizadas com suas histórias e tornem-se capazes de alcançar seus objetivos.

De forma espontânea, o despertar para os propósitos pode acontecer em diversas fases da vida. Alguns percebem suas motivações e traçam seus caminhos ainda jovens, outros apenas na fase adulta, depois de muitas tentativas e algumas pessoas passam toda a sua existência buscando compreender quais objetivos as movem.

Para orientar quem está em busca de estabelecer o próprio projeto de vida, conversamos com Patrícia Monteiro, que é consultora, instrutora e empreendedora há 12 anos, atuando em consultoria de gestão empresarial, processos e educação empreendedora, juntamente com o Sebrae e outras empresas. Em uma conversa dinâmica e cheia de insights, ela trouxe alguns conceitos fundamentais para auxiliar na execução de um bom projeto de vida e explicações acerca dos métodos que o edificam.

Confira!

Perceber vida e carreira com propósito

Na dinâmica cotidiana, pensar sobre o próprio projeto de vida pode ser desafiador, especialmente em algumas fases. Por estarem inseridas em rotinas que exigem mais execução do que reflexão, muitas pessoas acabam não atribuindo importância para seus próprios objetivos e passam grande parte de seus dias apenas executando tarefas, sem grandes planejamentos.

Dessa forma, a abordagem do projeto de vida, principalmente em um momento estratégico como o Ensino Médio, é essencial porque desperta um sentido que em algum momento da vida todos acabam buscando, mas que muitos não conseguem desenvolver.

Aplicado em um cenário estratégico como o da educação, o projeto de vida tem como base algumas teorias facilitadoras, com uma metodologia que traz o propósito ao centro das reflexões.

Patrícia conta que descobriu seu propósito de vida profissional aos 29 anos, em uma abordagem feita por um professor em uma aula de seu MBA. “Agora imagina isso dentro da educação, do Ensino Médio? As pessoas não vão precisar esperar os 29 ou os 30, 35 anos, que é quando muita gente descobre”.

Patrícia

Metodologia Effectuation aplicada ao projeto de vida

A metodologia Effectuation é reconhecida por ter como base pilares como a criatividade e a inovação, privilegiando a execução em face do excesso de planejamento. Aliada às ferramentas certas, foca em facilitar processos e tornar os projetos descomplicados e muito mais possíveis.

Seu objetivo é, com clareza e assertividade, proporcionar que o envolvido chegue aos resultados necessários passando por sistemas adequados a uma linguagem que faça sentido, principalmente, para alunos em fase de Ensino Médio.

Existem várias diferenças de linguagem e aplicação, por exemplo, em uma orientação de projeto de vida feita para e com alguém que está em um MBA ou terminando a faculdade e com um jovem de 15 ou 17 anos. “Precisa ser algo simples, fácil e gostoso de fazer. Essa metodologia veio de forma muito inteligente, muito simples e possível”.

Um outro ponto importante que compreende a metodologia Effectuation é o estímulo para que as pessoas comecem seus projetos com o que já têm em mãos. Seguindo os modelos mais tradicionais, muita gente acaba não realizando planos e deixando seus projetos no papel, pois ficam presos à espera de conseguir tudo que precisam para começar.

Com uma visão diferente sobre projeto de vida, essa metodologia faz uma abordagem que começa a partir do “empreender por sonho”, com o propósito e ferramentas que se tem em mãos.

O propósito deve ser motivador

Para chegar no verdadeiro propósito de vida, é preciso estimular as motivações e, para isso, é necessário falar sobre planos e sonhos de uma maneira realista. “É aí que entra o comportamento empreendedor na hora de se elaborar um projeto”.

Seja para a vida social, para os passos da vida acadêmica, na carreira ou mesmo na hora de empreender, se existe o sonho de abrir uma empresa ou uma ideia de negócio adormecida, o projeto de vida pode transformar o cenário e ajudar a conduzir os próximos passos com confiança e clareza.

“Uma dica para quem ainda está estudando a ideia de trilhar um caminho com propósito e fazer seu projeto de vida é realmente focar em se conhecer primeiro, com clareza dos próprios sonhos e, por fim, identificar a que veio”.

É importante ter a clareza de que o que se faz, deve fazer sentido para a vida que se objetiva. “Por que você se levanta todas as manhãs? Isso tem que fazer sentido na nossa existência”.

Tanto profissionalmente quanto no meio familiar, por exemplo, é fundamental ter esse conceito estabelecido. Patrícia acredita que a falta desse esclarecimento pode levar as pessoas a perderem momentos preciosos de suas vidas, além de desviarem de seus caminhos e se afastarem de seus propósitos. “Às vezes, a pessoa vai deixando a vida levar, como se, de fato, não pudesse pensar sobre o próprio caminho, mas é necessário prezar pelas atitudes que a levarão para onde sempre sonhou”, encerra.

A constante busca por uma vida com propósito é essencial para que as pessoas sintam-se realizadas com suas histórias e tornem-se capazes de alcançar seus objetivos.

De forma espontânea, o despertar para os propósitos pode acontecer em diversas fases da vida. Alguns percebem suas motivações e traçam seus caminhos ainda jovens, outros apenas na fase adulta, depois de muitas tentativas e algumas pessoas passam toda a sua existência buscando compreender quais objetivos as movem.

Para orientar quem está em busca de estabelecer o próprio projeto de vida, conversamos com Patrícia Monteiro, que é consultora, instrutora e empreendedora há 12 anos, atuando em consultoria de gestão empresarial, processos e educação empreendedora, juntamente com o Sebrae e outras empresas. Em uma conversa dinâmica e cheia de insights, ela trouxe alguns conceitos fundamentais para auxiliar na execução de um bom projeto de vida e explicações acerca dos métodos que o edificam.

Confira!

Perceber vida e carreira com propósito

Na dinâmica cotidiana, pensar sobre o próprio projeto de vida pode ser desafiador, especialmente em algumas fases. Por estarem inseridas em rotinas que exigem mais execução do que reflexão, muitas pessoas acabam não atribuindo importância para seus próprios objetivos e passam grande parte de seus dias apenas executando tarefas, sem grandes planejamentos.

Dessa forma, a abordagem do projeto de vida, principalmente em um momento estratégico como o Ensino Médio, é essencial porque desperta um sentido que em algum momento da vida todos acabam buscando, mas que muitos não conseguem desenvolver.

Aplicado em um cenário estratégico como o da educação, o projeto de vida tem como base algumas teorias facilitadoras, com uma metodologia que traz o propósito ao centro das reflexões.

Patrícia conta que descobriu seu propósito de vida profissional aos 29 anos, em uma abordagem feita por um professor em uma aula de seu MBA. “Agora imagina isso dentro da educação, do Ensino Médio? As pessoas não vão precisar esperar os 29 ou os 30, 35 anos, que é quando muita gente descobre”.

Patrícia

Metodologia Effectuation aplicada ao projeto de vida

A metodologia Effectuation é reconhecida por ter como base pilares como a criatividade e a inovação, privilegiando a execução em face do excesso de planejamento. Aliada às ferramentas certas, foca em facilitar processos e tornar os projetos descomplicados e muito mais possíveis.

Seu objetivo é, com clareza e assertividade, proporcionar que o envolvido chegue aos resultados necessários passando por sistemas adequados a uma linguagem que faça sentido, principalmente, para alunos em fase de Ensino Médio.

Existem várias diferenças de linguagem e aplicação, por exemplo, em uma orientação de projeto de vida feita para e com alguém que está em um MBA ou terminando a faculdade e com um jovem de 15 ou 17 anos. “Precisa ser algo simples, fácil e gostoso de fazer. Essa metodologia veio de forma muito inteligente, muito simples e possível”.

Um outro ponto importante que compreende a metodologia Effectuation é o estímulo para que as pessoas comecem seus projetos com o que já têm em mãos. Seguindo os modelos mais tradicionais, muita gente acaba não realizando planos e deixando seus projetos no papel, pois ficam presos à espera de conseguir tudo que precisam para começar.

Com uma visão diferente sobre projeto de vida, essa metodologia faz uma abordagem que começa a partir do “empreender por sonho”, com o propósito e ferramentas que se tem em mãos.

O propósito deve ser motivador

Para chegar no verdadeiro propósito de vida, é preciso estimular as motivações e, para isso, é necessário falar sobre planos e sonhos de uma maneira realista. “É aí que entra o comportamento empreendedor na hora de se elaborar um projeto”.

Seja para a vida social, para os passos da vida acadêmica, na carreira ou mesmo na hora de empreender, se existe o sonho de abrir uma empresa ou uma ideia de negócio adormecida, o projeto de vida pode transformar o cenário e ajudar a conduzir os próximos passos com confiança e clareza.

“Uma dica para quem ainda está estudando a ideia de trilhar um caminho com propósito e fazer seu projeto de vida é realmente focar em se conhecer primeiro, com clareza dos próprios sonhos e, por fim, identificar a que veio”.

É importante ter a clareza de que o que se faz, deve fazer sentido para a vida que se objetiva. “Por que você se levanta todas as manhãs? Isso tem que fazer sentido na nossa existência”.

Tanto profissionalmente quanto no meio familiar, por exemplo, é fundamental ter esse conceito estabelecido. Patrícia acredita que a falta desse esclarecimento pode levar as pessoas a perderem momentos preciosos de suas vidas, além de desviarem de seus caminhos e se afastarem de seus propósitos. “Às vezes, a pessoa vai deixando a vida levar, como se, de fato, não pudesse pensar sobre o próprio caminho, mas é necessário prezar pelas atitudes que a levarão para onde sempre sonhou”, encerra.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário