Dicas de Empreendedorismo

22 março, 2019 • Dicas de Empreendedorismo

“Propósito não é teoria, é prática!”

É tempo de viver com propósito e de propósito, seja ele pessoal ou empresarial. Por ser uma palavra com muitos conceitos e definições, é fácil confundir com outros valores, como, por exemplo, a missão.

Missão é o que você faz, qual a sua ação e atitude diante de uma situação. O seu propósito é a sua essência, o porquê de você fazer as coisas.

Para os japoneses, o ikigai – propósito – é a conexão entre o que você ama com a sua profissão, vocação e missão. E quando você descobre o seu propósito de vida, você encontra sua força motriz, sua razão de ser, alcançando, assim, sua paz de espírito.

No entanto, encontrar o seu propósito nem sempre é fácil e simples. Saindo da teoria e colocando na prática, a analista do Sebrae/MS, Eliane Arruda, dá algumas dicas para começar a sua jornada de autoconhecimento.

Para descobrir o que você desempenha com facilidade, que cria emoções positivas para você e que também faz com que as pessoas ao seu redor sejam beneficiadas de alguma forma, você deve responder às seguintes perguntas:

  1. Qual sua paixão?
  2. O que você faz bem feito?
  3. Isso que você faz bem feito, desperta o interesse dos outros?

Para Eliane, essa jornada de autoconhecimento é libertadora. “Fica mais fácil se posicionar na vida e até mesmo permite se apresentar para o mundo de outra forma. E isso também reflete na hora de você gerir o seu negócio”, explica.

Definindo o propósito da sua empresa, fica mais fácil dos seus clientes serem impactado por ele, além de estarem dispostos a pagar pelo preço do seu produto ou serviço.

E como a palavra propósito também está ligada ao prazer e felicidade, muitos pensam que para ser feliz, primeiro precisam obter o sucesso. Mas o livro “O jeito Harvard de ser feliz” de Shawn Achor, desmistifica isso.

Para ele, o nosso erro é pensar que solucionando um determinado problema ficaremos felizes. Sendo que, na verdade, a fórmula certa da felicidade é moldar o nosso cérebro para enxergar o mundo de uma forma mais positiva.

E só conseguimos fazer isso aumentando o nosso nível de otimismo, aprofundando nossas conexões sociais e sabendo enfrentar problemas e desafios, mesmo depois de falharmos.

Buscar pelo seu propósito leva tempo, mas se você decidiu sair da teoria e colocar em prática essa jornada de autoconhecimento, a analista do Sebrae/MS, Eliane Arruda, fez um passo a passo para você descobrir o seu propósito:

Diversão é um ponto-chave
Faça uma lista das coisas que você faz para se divertir, coisas que você gosta de fazer. Inclua nessa lista partes do seu trabalho e as atividades que você é voluntário.

Pessoas que você admira
Anote o nome das pessoas que você admira e o motivo. Assim que você terminar a lista, destaque o que você aprecia nos outros e que também está em você.

Talentos naturais
Liste as coisas que você faz naturalmente e peça um feedback para as pessoas mais próximas porque é comum os outros verem talentos em nós que não vemos.

Faça todos os dias
Observe as três listas citadas acima e passe pelo menos 10 minutos do seu dia fazendo algo que você escreveu.

Sinta
Observe o que você sente fazendo essas coisas. Se você estiver animado e feliz, você pode ter encontrado o seu propósito.

Vai! E se der medo, vai com medo mesmo!
Tudo o que vale a pena é normal sentirmos medo. Mas para você sair do lugar, pense no medo como um empurrãozinho para dar o próximo passo.

É fundamental colocar em prática
Incorpore as listas de paixões, ações e talentos cada vez mais em sua vida.

Gostou das dicas? Fique de olho na programação do Sebrae/MS para oficinas e workshops que vão te ajudar nessa jornada de autoconhecimento.

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário