Empreendedorismo

27 março, 2020 • Empreendedorismo

Empresas que inovaram seus negócios com solidariedade e empatia em meio à pandemia

Para conter a disseminação do coronavírus (Covid-19) pelo país, todos os estados decretaram quarentena. Sem dúvidas, a novidade interferiu na vida de todas as pessoas, mas principalmente para quem tem o próprio negócio.

Com o decreto do fechamento dos estabelecimentos, é claro que os empresários foram tomados primeiramente pela incerteza, mas o que mais se vê em todo o país é a solidariedade e a empatia entre as pessoas.

Nesse sentido, diversas atitudes fossem tomadas pelos empresários para que pudessem sobreviver e, inclusive, fortalecer outros negócios.

As ideias para contornar o cenário desfavorável são muitas, desde facilitar a vida dos clientes, empresas ajudando pequenos negócios ou inspirando outros a disseminarem o bem-estar em tempos difíceis de quarentena.

Por esse motivo, separamos exemplos de empresas que se renovaram, mesmo em meio à pandemia.

Contornando cenários desfavoráveis em inovação

Três bares que costumam ficar lotados em São Paulo – Cama de Gato, FFFront e Scar – se anteciparam ao anúncio de quarentena e tomaram as medidas necessárias para fechar as portas e contornar o cenário desfavorável, garantindo fluxo de caixa, bem como mantendo em dia os pagamentos de contas e as folhas dos funcionários.

Por meio de inovação, os bares apostaram na venda antecipada, utilizando uma plataforma on-line para promoverem campanhas de arrecadação.

A ideia é simples: vender vouchers para que os clientes tenham créditos no estabelecimento e possam consumir no futuro quando tudo voltar a funcionar novamente.

E o resultado foi surpreendente: Além dos amigos dos donos dos estabelecimentos e os clientes fiéis, outras pessoas que ainda não eram clientes dos bares também foram impactadas pela iniciativa, compraram seus vouchers para conhecer os estabelecimentos assim que reabrirem.

Solidariedade aos pequenos negócios

Empreendimentos de grande e médio porte estão abraçando os pequenos negócios para fortalecê-los durante o período de quarentena. Com pequenas ideias e atitudes, você pode sim ajudar quem está precisando de uma mãozinha.

Um dos exemplos que podemos citar é do Outback Brasil, que vai doar seus ovos de páscoa para os mercados de bairro em São Paulo. Assim, eles poderão arrecadar o dinheiro e utilizar o valor em benefício do próprio negócio.

Outro exemplo que podemos citar, também na cidade de São Paulo, foi a iniciativa da hamburgueria Patties Burger para ajudar seu Lira, o dono do mercadinho de bairro que tem ao lado do empreendimento.

O Patties comprou todos os chocolates do mercadinho para revendê-los aos clientes. No final, o que sobrar do lucro da venda será doado ao mercadinho. Legal, não?!

As iniciativas locais

Não só nas grandes metrópoles vemos movimentos de fortalecimento entre os negócios. Em Campo Grande (MS), podemos citar dois empreendimentos que estão ajudando a população nessa época de pandemia.

1.   Feira em Casa CG

Cuidar da saúde é primordial em tempos de crise e ter produtos selecionados e direto do produtor também. Uma iniciativa que surgiu na capital é o Feira em Casa, um site que disponibiliza a entrega desde hortaliças até carnes em domicílio. E como a ideia é levar tudo fresquinho para a sua casa, as entregas são realizadas no dia posterior à compra.

2.   Movimento Sadhaka

Mais do que se alimentar bem, na quarentena também precisamos um pouco mais de calma. Movimentar-se e relaxar faz muito bem para o corpo e para a alma, e é por isso que vamos falar sobre o movimento do yoga.

Antes mesmo do prefeito decretar quarentena na cidade, o Movimento Sadhaka já tinha emitido comunicado que as práticas de yoga no Parque das Nações Indígenas, realizadas todos os domingos, estariam suspensas.

Mas, para continuar disseminando a energia do yoga, além de proporcionar bem-estar e saúde na época de pandemia, as aulas estão sendo disponibilizadas no instagram do Yoga House, de segunda a sexta, por meio de lives às 8h (horário local).

Além disso, estão postando alguns vídeos no feed com desafios para a quarentena ou até mesmo posturas que ajudam a controlar a ansiedade, por exemplo.

Tal iniciativa inspirou outras empresas relacionadas ao bem-estar e a saúde da capital a fazerem o mesmo. Nesse sentido, estúdios e academias estão promovendo treinos e aulas gratuitas, também pelo Instagram, para as pessoas se exercitarem em casa nesse período de quarentena. A Raça CrossFit, também de Campo Grande, emprestou os equipamentos para que todos pudessem continuar a prática em casa e disponibilizou os treinos via  aplicativo para celular, inovando na modalidade.

E você, qual a iniciativa que fez para contornar esse cenário e ajudar tanto as pessoas, como os empreendimentos locais?

Para conter a disseminação do coronavírus (Covid-19) pelo país, todos os estados decretaram quarentena. Sem dúvidas, a novidade interferiu na vida de todas as pessoas, mas principalmente para quem tem o próprio negócio.

Com o decreto do fechamento dos estabelecimentos, é claro que os empresários foram tomados primeiramente pela incerteza, mas o que mais se vê em todo o país é a solidariedade e a empatia entre as pessoas.

Nesse sentido, diversas atitudes fossem tomadas pelos empresários para que pudessem sobreviver e, inclusive, fortalecer outros negócios.

As ideias para contornar o cenário desfavorável são muitas, desde facilitar a vida dos clientes, empresas ajudando pequenos negócios ou inspirando outros a disseminarem o bem-estar em tempos difíceis de quarentena.

Por esse motivo, separamos exemplos de empresas que se renovaram, mesmo em meio à pandemia.

Contornando cenários desfavoráveis em inovação

Três bares que costumam ficar lotados em São Paulo – Cama de Gato, FFFront e Scar – se anteciparam ao anúncio de quarentena e tomaram as medidas necessárias para fechar as portas e contornar o cenário desfavorável, garantindo fluxo de caixa, bem como mantendo em dia os pagamentos de contas e as folhas dos funcionários.

Por meio de inovação, os bares apostaram na venda antecipada, utilizando uma plataforma on-line para promoverem campanhas de arrecadação.

A ideia é simples: vender vouchers para que os clientes tenham créditos no estabelecimento e possam consumir no futuro quando tudo voltar a funcionar novamente.

E o resultado foi surpreendente: Além dos amigos dos donos dos estabelecimentos e os clientes fiéis, outras pessoas que ainda não eram clientes dos bares também foram impactadas pela iniciativa, compraram seus vouchers para conhecer os estabelecimentos assim que reabrirem.

Solidariedade aos pequenos negócios

Empreendimentos de grande e médio porte estão abraçando os pequenos negócios para fortalecê-los durante o período de quarentena. Com pequenas ideias e atitudes, você pode sim ajudar quem está precisando de uma mãozinha.

Um dos exemplos que podemos citar é do Outback Brasil, que vai doar seus ovos de páscoa para os mercados de bairro em São Paulo. Assim, eles poderão arrecadar o dinheiro e utilizar o valor em benefício do próprio negócio.

Outro exemplo que podemos citar, também na cidade de São Paulo, foi a iniciativa da hamburgueria Patties Burger para ajudar seu Lira, o dono do mercadinho de bairro que tem ao lado do empreendimento.

O Patties comprou todos os chocolates do mercadinho para revendê-los aos clientes. No final, o que sobrar do lucro da venda será doado ao mercadinho. Legal, não?!

As iniciativas locais

Não só nas grandes metrópoles vemos movimentos de fortalecimento entre os negócios. Em Campo Grande (MS), podemos citar dois empreendimentos que estão ajudando a população nessa época de pandemia.

1.   Feira em Casa CG

Cuidar da saúde é primordial em tempos de crise e ter produtos selecionados e direto do produtor também. Uma iniciativa que surgiu na capital é o Feira em Casa, um site que disponibiliza a entrega desde hortaliças até carnes em domicílio. E como a ideia é levar tudo fresquinho para a sua casa, as entregas são realizadas no dia posterior à compra.

2.   Movimento Sadhaka

Mais do que se alimentar bem, na quarentena também precisamos um pouco mais de calma. Movimentar-se e relaxar faz muito bem para o corpo e para a alma, e é por isso que vamos falar sobre o movimento do yoga.

Antes mesmo do prefeito decretar quarentena na cidade, o Movimento Sadhaka já tinha emitido comunicado que as práticas de yoga no Parque das Nações Indígenas, realizadas todos os domingos, estariam suspensas.

Mas, para continuar disseminando a energia do yoga, além de proporcionar bem-estar e saúde na época de pandemia, as aulas estão sendo disponibilizadas no instagram do Yoga House, de segunda a sexta, por meio de lives às 8h (horário local).

Além disso, estão postando alguns vídeos no feed com desafios para a quarentena ou até mesmo posturas que ajudam a controlar a ansiedade, por exemplo.

Tal iniciativa inspirou outras empresas relacionadas ao bem-estar e a saúde da capital a fazerem o mesmo. Nesse sentido, estúdios e academias estão promovendo treinos e aulas gratuitas, também pelo Instagram, para as pessoas se exercitarem em casa nesse período de quarentena. A Raça CrossFit, também de Campo Grande, emprestou os equipamentos para que todos pudessem continuar a prática em casa e disponibilizou os treinos via  aplicativo para celular, inovando na modalidade.

E você, qual a iniciativa que fez para contornar esse cenário e ajudar tanto as pessoas, como os empreendimentos locais?


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário