Empreendedorismo

23 outubro, 2020 • Empreendedorismo

Estratégias atemporais para o sucesso do seu restaurante

Em uma análise de cenário pré e pós-pandemia, alguns momentos de uma marca são fundamentais para uma trajetória de sucesso. Por isso contamos com o auxílio do consultor e Chef Marcílio Galeano e reunimos informações que vão te ajudar a garantir resultados excelentes para o seu restaurante. Confira!

Evite os erros

Logo no começo do nosso bate-papo, o Chef Marcílio Galeano, responsável hoje pela consultoria de grandes empreendimentos no ramo alimentar, ressalta a importância de trilhar o caminho certo para garantir um futuro estável e promissor à empresa.

Conforme conta, quando os profissionais optam por abrir seu próprio negócio, acabam sendo movidos por paixão e deixando de lado os passos fundamentais que o empreendimento precisa trilhar. Dessa forma, cometem os mesmos erros, independentemente do cenário, o que os levam a fechar as portas precocemente. “A gastronomia não é uma área fácil. Quando abrimos um negócio, abrimos por sonho e por amor. É como quando estamos apaixonados e fazemos algumas besteiras. Com a empresa é a mesma coisa”.

Para evitar essa situação, a recomendação de Galeano é a de que deve-se sempre analisar todas as possibilidades e cenários antes de dar o primeiro passo rumo à abertura de um novo projeto. Do potencial local às histórias de antigos empreendimentos, tudo deve ser levado em conta. Sempre existirão riscos, mas trabalhar focado em satisfazer as necessidades do público-alvo, ouvindo atentamente sua opinião e proporcionando qualidade, é essencial para o tão desejado sucesso.

Invista em propaganda

“Quem não é visto não é lembrado”. Essa máxima generalista, apesar de antiga, ainda é um ótimo ponto de partida na hora de pensar na importância da visibilidade de um negócio. Galeano comenta sobre o quanto a propaganda pode ser aliada na hora de estabelecer um padrão de qualidade para a marca, com a ressalva de que é necessário que tenha a qualidade equivalente aos produtos e serviços oferecidos. Mas, quando falamos de qualidade, nos referimos também a investimento compatível.

A importância de conhecer o meio onde se quer prosperar fez Galeano, que já tinha alguma familiaridade com a comunicação, tendo iniciado as graduações de Marketing e Jornalismo, se aprofundar ainda mais nas estratégias da área para entender o que poderia tornar um posicionamento mais assertivo e recomenda que todos os empreendedores mergulhem nesse tema para serem capazes de acompanhar de perto cada passo de sua marca.

Da mesma forma, reforça a importância de não economizar na hora de investir na imagem, optando sempre por uma empresa séria, que vá trabalhar, de fato, em cima dos pontos fortes e com o intuito de minimizar as falhas. “Vai ter quem faça por 5 mil ou 300 reais. Mas se você não valorizar a sua empresa, como pode esperar que os outros valorizem?”, questiona.

Foque em gestão e conte com apoio profissional

Quando falamos sobre o ramo alimentício, é claro que a qualidade dos pratos e um atendimento ao cliente mais aprimorado são fundamentais. No entanto, é apenas uma parte do que é necessário para ter um empreendimento de sucesso. Marcílio orienta os profissionais a investirem em gestão, pois, segundo ele, seja de qualidade, processos e, principalmente, pessoas, uma boa gestão pode transformar a realidade de uma empresa e torná-la um case de sucesso a ser explorado.

Com as facilidades da internet, é muito mais simples se integrar sobre as estratégias básicas que precisam ser aplicadas às empresas nos quesitos estruturais, financeiros e organizacionais, mas um auxílio profissional sem dúvidas fará com que esse processo seja muito mais eficiente e encurtará distâncias. Um bom plano de negócios, por exemplo, pode minimizar riscos e evitar imprevistos de várias naturezas, já que contará com todas as etapas do processo de construção e consolidação da marca, prevendo custos, alternativas para momentos específicos e métodos já comprovados que serão adaptados para cada realidade.

Segundo o Chef, o empreendedor deve entender o seu diferencial e de qual forma poderá explorá-lo, procurando atrair a atenção com a integração de promessa, entrega, qualidade e experiência.

“Mime” o seu cliente

Mais um conselho de quem há anos está no mercado do que, propriamente, uma regra a ser seguida. Galeano ressalta a importância da consciência de que o empreendimento deve agradar ao cliente e não ao dono. Apesar de parecer um posicionamento um pouco radical, enfatiza que esse é um dos mais recorrentes e perigosos erros que se pode cometer.

Especialmente na hora da escolha do cardápio, é essencial que o cliente perceba a experiência como totalmente pensada para ele. Conta, ainda, que aprendeu essa importante lição no começo de sua carreira, quando se viu contrariado com as escolhas dos clientes e pensou em ignorá-los e seguir seus planos. “É um erro que não podemos cometer. Mime o seu cliente. Você precisa conhecê-lo para agradá-lo”.

Vender bem é vender de forma correta

Quando o assunto é precificar, Marcílio aponta que a única forma de fazer isso corretamente é com uma análise profunda e detalhada das escolhas do empreendimento. Para ele, é possível encontrar um preço competitivo e compensatório quando se calcula com precisão os gastos com produção e a margem necessária, mas sempre priorizando a qualidade dos ingredientes. Conta, ainda, que nem sempre vender muito é vender bem. Em um exemplo, uma pizzaria que vende 140 pizzas a um preço/qualidade inferior pode lucrar menos do que uma que investe em experiência e, cobrando mais caro, vende 70/dia.

Além disso, frisa também que a ajuda coletiva é fundamental e que todos os tabus em relação à concorrência devem ser quebrados. “É o momento das pessoas se ajudarem, trocar conhecimentos. Ainda tem os questionamentos sobre ajudar o concorrente, mas se soubessem o valor de um bom concorrente, não pensariam assim”. Uma das formas de encontrar ajuda mútua entre concorrentes sem gerar rivalidade, é a compra coletiva, ferramenta que Galeano julga como fundamental e estratégica na hora de negociar valores. “Tão importante quanto vender é saber comprar”, afirma.

A receita de sucesso para um restaurante é alinhar paixão com estratégia e saber onde buscar referências. E se você precisa de ajuda, o Sebrae te orienta com a consultoria específica para empresas do segmento de alimentação fora do lar. Clique aqui.

Em uma análise de cenário pré e pós-pandemia, alguns momentos de uma marca são fundamentais para uma trajetória de sucesso. Por isso contamos com o auxílio do consultor e Chef Marcílio Galeano e reunimos informações que vão te ajudar a garantir resultados excelentes para o seu restaurante. Confira!

Evite os erros

Logo no começo do nosso bate-papo, o Chef Marcílio Galeano, responsável hoje pela consultoria de grandes empreendimentos no ramo alimentar, ressalta a importância de trilhar o caminho certo para garantir um futuro estável e promissor à empresa.

Conforme conta, quando os profissionais optam por abrir seu próprio negócio, acabam sendo movidos por paixão e deixando de lado os passos fundamentais que o empreendimento precisa trilhar. Dessa forma, cometem os mesmos erros, independentemente do cenário, o que os levam a fechar as portas precocemente. “A gastronomia não é uma área fácil. Quando abrimos um negócio, abrimos por sonho e por amor. É como quando estamos apaixonados e fazemos algumas besteiras. Com a empresa é a mesma coisa”.

Para evitar essa situação, a recomendação de Galeano é a de que deve-se sempre analisar todas as possibilidades e cenários antes de dar o primeiro passo rumo à abertura de um novo projeto. Do potencial local às histórias de antigos empreendimentos, tudo deve ser levado em conta. Sempre existirão riscos, mas trabalhar focado em satisfazer as necessidades do público-alvo, ouvindo atentamente sua opinião e proporcionando qualidade, é essencial para o tão desejado sucesso.

Invista em propaganda

“Quem não é visto não é lembrado”. Essa máxima generalista, apesar de antiga, ainda é um ótimo ponto de partida na hora de pensar na importância da visibilidade de um negócio. Galeano comenta sobre o quanto a propaganda pode ser aliada na hora de estabelecer um padrão de qualidade para a marca, com a ressalva de que é necessário que tenha a qualidade equivalente aos produtos e serviços oferecidos. Mas, quando falamos de qualidade, nos referimos também a investimento compatível.

A importância de conhecer o meio onde se quer prosperar fez Galeano, que já tinha alguma familiaridade com a comunicação, tendo iniciado as graduações de Marketing e Jornalismo, se aprofundar ainda mais nas estratégias da área para entender o que poderia tornar um posicionamento mais assertivo e recomenda que todos os empreendedores mergulhem nesse tema para serem capazes de acompanhar de perto cada passo de sua marca.

Da mesma forma, reforça a importância de não economizar na hora de investir na imagem, optando sempre por uma empresa séria, que vá trabalhar, de fato, em cima dos pontos fortes e com o intuito de minimizar as falhas. “Vai ter quem faça por 5 mil ou 300 reais. Mas se você não valorizar a sua empresa, como pode esperar que os outros valorizem?”, questiona.

Foque em gestão e conte com apoio profissional

Quando falamos sobre o ramo alimentício, é claro que a qualidade dos pratos e um atendimento ao cliente mais aprimorado são fundamentais. No entanto, é apenas uma parte do que é necessário para ter um empreendimento de sucesso. Marcílio orienta os profissionais a investirem em gestão, pois, segundo ele, seja de qualidade, processos e, principalmente, pessoas, uma boa gestão pode transformar a realidade de uma empresa e torná-la um case de sucesso a ser explorado.

Com as facilidades da internet, é muito mais simples se integrar sobre as estratégias básicas que precisam ser aplicadas às empresas nos quesitos estruturais, financeiros e organizacionais, mas um auxílio profissional sem dúvidas fará com que esse processo seja muito mais eficiente e encurtará distâncias. Um bom plano de negócios, por exemplo, pode minimizar riscos e evitar imprevistos de várias naturezas, já que contará com todas as etapas do processo de construção e consolidação da marca, prevendo custos, alternativas para momentos específicos e métodos já comprovados que serão adaptados para cada realidade.

Segundo o Chef, o empreendedor deve entender o seu diferencial e de qual forma poderá explorá-lo, procurando atrair a atenção com a integração de promessa, entrega, qualidade e experiência.

“Mime” o seu cliente

Mais um conselho de quem há anos está no mercado do que, propriamente, uma regra a ser seguida. Galeano ressalta a importância da consciência de que o empreendimento deve agradar ao cliente e não ao dono. Apesar de parecer um posicionamento um pouco radical, enfatiza que esse é um dos mais recorrentes e perigosos erros que se pode cometer.

Especialmente na hora da escolha do cardápio, é essencial que o cliente perceba a experiência como totalmente pensada para ele. Conta, ainda, que aprendeu essa importante lição no começo de sua carreira, quando se viu contrariado com as escolhas dos clientes e pensou em ignorá-los e seguir seus planos. “É um erro que não podemos cometer. Mime o seu cliente. Você precisa conhecê-lo para agradá-lo”.

Vender bem é vender de forma correta

Quando o assunto é precificar, Marcílio aponta que a única forma de fazer isso corretamente é com uma análise profunda e detalhada das escolhas do empreendimento. Para ele, é possível encontrar um preço competitivo e compensatório quando se calcula com precisão os gastos com produção e a margem necessária, mas sempre priorizando a qualidade dos ingredientes. Conta, ainda, que nem sempre vender muito é vender bem. Em um exemplo, uma pizzaria que vende 140 pizzas a um preço/qualidade inferior pode lucrar menos do que uma que investe em experiência e, cobrando mais caro, vende 70/dia.

Além disso, frisa também que a ajuda coletiva é fundamental e que todos os tabus em relação à concorrência devem ser quebrados. “É o momento das pessoas se ajudarem, trocar conhecimentos. Ainda tem os questionamentos sobre ajudar o concorrente, mas se soubessem o valor de um bom concorrente, não pensariam assim”. Uma das formas de encontrar ajuda mútua entre concorrentes sem gerar rivalidade, é a compra coletiva, ferramenta que Galeano julga como fundamental e estratégica na hora de negociar valores. “Tão importante quanto vender é saber comprar”, afirma.

A receita de sucesso para um restaurante é alinhar paixão com estratégia e saber onde buscar referências. E se você precisa de ajuda, o Sebrae te orienta com a consultoria específica para empresas do segmento de alimentação fora do lar. Clique aqui.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário