INBOUND

08 outubro, 2019 • INBOUND

Entendendo o funil de vendas do início ao fim

A venda é objetivo final de qualquer negócio, seja ele focado em produtos ou serviços. Mas o mais importante e crucial para os empreendedores é entender o que influencia o cliente a decidir comprar ou não o que lhe está sendo oferecido, ou seja, o funil de vendas.

E isso não é uma tarefa tão difícil, basta você fazer o desenho da jornada de compras do cliente. A essa estrutura é dado o nome de Funil de Vendas e ele é fundamental para atrair clientes e transformá-los em compradores.

Trabalhar com o funil te dá a possibilidade de enxergar a venda antes mesmo que ela aconteça. Você cria gatilhos para converter visitantes em oportunidades de negócio e, destas oportunidades, nasce o fechamento da venda. 

Pense dessa forma: com o funil de vendas, você vai criar um relacionamento com o cliente e apresentar o seu produto. E mais do que qualidade, você vai mostrar o valor por trás do produto ou serviço. Essa é uma estrutura que permite que você colete dados, crie um perfil do seu público e de cada cliente e, assim, possa entregar uma experiência mais personalizada. 

Como é a estrutura de um Funil?

Topo do funil: Aqui estão os que ainda não são os seus clientes reais. Você deve fazer com que eles descubram uma necessidade por meio de materiais de atração, que podem responder dúvidas gerais sobre o mercado. O importante é chamar a atenção de alguma forma. 

Meio do funil: O cliente já descobriu que tem uma necessidade ou problema e está em busca de uma solução. Ele quer comprar um produto ou serviço, mas ainda tem dúvidas, por isso, você oferece um conteúdo voltado para a solução do problema dele, tentando coletar dados e informações sobre esse potencial comprador.

Fundo do funil: Depois de pesquisar e fazer comparações com outras empresas, o cliente está pronto para decidir e efetuar a compra. Se você tiver feito um bom trabalho até aqui, com certeza, será o escolhido!

Por que apostar em um funil de vendas?

Além de fazer com que sua empresa venda mais, implantando essa estratégia, você conseguirá mensurar a produtividade e o desempenho da sua equipe e de cada funcionário. A sua gestão também será otimizada, porque, com o ciclo de vendas seguindo um padrão, você poderá analisar cada estágio do processo de forma mais assertiva.

Estabelecendo o Funil de Vendas e o relacionamento que irá desenvolver com os clientes, você coletará informações valiosas que irão te mostrar para quais caminhos a sua empresa, produtos ou serviços devem seguir. Esse conhecimento é fundamental para superar as expectativas do mercado e fidelizar ainda mais clientes!

A venda é objetivo final de qualquer negócio, seja ele focado em produtos ou serviços. Mas o mais importante e crucial para os empreendedores é entender o que influencia o cliente a decidir comprar ou não o que lhe está sendo oferecido, ou seja, o funil de vendas.

E isso não é uma tarefa tão difícil, basta você fazer o desenho da jornada de compras do cliente. A essa estrutura é dado o nome de Funil de Vendas e ele é fundamental para atrair clientes e transformá-los em compradores.

Trabalhar com o funil te dá a possibilidade de enxergar a venda antes mesmo que ela aconteça. Você cria gatilhos para converter visitantes em oportunidades de negócio e, destas oportunidades, nasce o fechamento da venda. 

Pense dessa forma: com o funil de vendas, você vai criar um relacionamento com o cliente e apresentar o seu produto. E mais do que qualidade, você vai mostrar o valor por trás do produto ou serviço. Essa é uma estrutura que permite que você colete dados, crie um perfil do seu público e de cada cliente e, assim, possa entregar uma experiência mais personalizada. 

Como é a estrutura de um Funil?

Topo do funil: Aqui estão os que ainda não são os seus clientes reais. Você deve fazer com que eles descubram uma necessidade por meio de materiais de atração, que podem responder dúvidas gerais sobre o mercado. O importante é chamar a atenção de alguma forma. 

Meio do funil: O cliente já descobriu que tem uma necessidade ou problema e está em busca de uma solução. Ele quer comprar um produto ou serviço, mas ainda tem dúvidas, por isso, você oferece um conteúdo voltado para a solução do problema dele, tentando coletar dados e informações sobre esse potencial comprador.

Fundo do funil: Depois de pesquisar e fazer comparações com outras empresas, o cliente está pronto para decidir e efetuar a compra. Se você tiver feito um bom trabalho até aqui, com certeza, será o escolhido!

Por que apostar em um funil de vendas?

Além de fazer com que sua empresa venda mais, implantando essa estratégia, você conseguirá mensurar a produtividade e o desempenho da sua equipe e de cada funcionário. A sua gestão também será otimizada, porque, com o ciclo de vendas seguindo um padrão, você poderá analisar cada estágio do processo de forma mais assertiva.

Estabelecendo o Funil de Vendas e o relacionamento que irá desenvolver com os clientes, você coletará informações valiosas que irão te mostrar para quais caminhos a sua empresa, produtos ou serviços devem seguir. Esse conhecimento é fundamental para superar as expectativas do mercado e fidelizar ainda mais clientes!


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.







Um Comentário

  1. […] última dica, o especialista em marketing e vendas reforça que, antes de traçar qualquer tipo de estratégia ou escolher uma técnica de venda, é preciso que você conheça o […]




Deixe seu Comentário