Marketing e Vendas

24 junho, 2020 • Marketing e Vendas

Para conhecer o mercado e aumentar vendas: que tal investir em uma consultoria?

O mercado muda a uma velocidade impressionante todos os dias. Mas alguns “eventos” são capazes de conduzir transformações profundas, como a chegada do marketing digital e, recentemente, a pandemia de Covid-19. Nesse tipo de situação, muitas empresas pedem socorro, principalmente quando se trata de conhecer o mercado para continuar vendendo.

Nosso foco no post de hoje é esclarecer os principais pontos que fazem de uma consultoria de mercado e vendas algo essencial para os empreendedores, com ou sem pandemia. Continue lendo!



Onde a consultoria vai atuar na sua empresa?

Andréa Afif Elossais, consultora da área de mercado, explica que, em um primeiro momento, é feito o diagnóstico da situação atual da empresa e, posteriormente, a análise para estruturar um plano de ação com as melhores estratégias. “É uma consultoria temporária, a empresa deve agir por conta própria, mas seguindo as orientações sugeridas”, destaca.

Já Gustavo Schimit, consultor em marketing estratégico, afirma que também é possível direcionar a empresa e o empresário a “olhar para dentro”. “É pegar a sua carteira de clientes e impactá-los de alguma forma, via WhatsApp ou Internet, mas que o empreendedor entenda que essas pessoas são mais importantes do que o cliente que ainda não é cliente, então é fidelização, zelo e cuidado”, afirma.

Será que a sua hora chegou?

No cenário em que vivemos atualmente, é normal estar perdido e pensar nas piores situações para sua empresa, mas não é fim dos tempos e nada está perdido. É possível encontrar maneiras de entender o mercado atual e, assim, aumentar suas vendas.

É justamente neste ponto em que investir em uma consultoria se faz necessário. “Esse vai ser um ano bem competitivo e desafiador, então é sensato que o empreendedor não pense em enriquecer neste momento, mas que consiga manter sua empresa em pé. A consultoria se encaixa para todo empreendedor que tem buscado uma saída diante desse cenário, que tem buscado formas de poder prospectar e conquistar clientes de forma diferenciada”, explica Gustavo.

O consultor ainda aconselha a ter disposição e estar aberto a encarar algo novo, mudar completamente a forma de gerir (se for necessário) e sair da zona de conforto. “Aquele empresário que está incomodado com a situação que está vivendo. É para essa pessoa que eu indico a consultoria”, afirma.

Quais as principais queixas dos empreendedores?

Atendendo diversas empresas de diferentes tamanhos e segmentos, os consultores nos apresentaram quais as queixas mais comuns dos empreendedores:

  • Como fazer para vender mais?
  • Como atingir o público-alvo?
  • Como divulgar a empresa?
  • Estruturação de área comercial
  • Canais de comercialização
  • Como utilizar o marketing digital para melhorar as vendas?

O também consultor Gustavo Schimit chama a atenção para um comportamento que não se manifesta na forma de queixa, mas que é facilmente percebido durante a consultoria. “O empresário deve parar de pensar que divulgar no Facebook, Instagram e no Google são suficientes para fazer o cliente chegar até a empresa. Antes até poderia funcionar, porém, em um momento de pandemia, esse fluxo não acontece mais. E quando o empresário percebe que precisa “atacar” o cliente, prospectar, entrar na vida desse cliente de fato, ele não sabe como fazer”, comenta.

Andrea complementa afirmando que não há como uma empresa sobreviver apenas com o marketing, sem uma gestão controlada, formação do preço de venda correto e administração dos custos. “Veja se a tarefa de casa está sendo feita para depois expandir suas vendas e divulgar sua empresa. Inove e saia na frente da sua concorrência, coloque-se no lugar de seu potencial cliente (público-alvo), saiba o que ele realmente deseja comprar e verifique se você pode oferecer”, diz.

A consultoria irá ampliar o seu olhar para o negócio

Abrir as portas da sua empresa para um “estranho” como o consultor, pode ser algo desconfortável, porém necessário. Andrea Afif explica:

O empresário otimiza seu tempo, deixando para um especialista traçar as ações que ajudarão na tomada as decisões;

As estratégias de marketing passam a ser mais assertivas ao encontrar e implementar soluções que ajudem a empresa a aumentar sua produtividade de vendas;

 O consultor tem uma visão externa do negócio, que será mais objetiva e imparcial, trazendo soluções que vão gerar resultados.

E neste momento em que as plataformas digitais estão em alta, em um mesmo local é possível receber orientação sobre todos os aspectos financeiros que envolvem um empreendimento. Clicando aqui, você tem acesso à página do Sebrae Orienta, nosso programa de consultorias gratuitas para melhorar a sua empresa em todos os aspectos.

O mercado muda a uma velocidade impressionante todos os dias. Mas alguns “eventos” são capazes de conduzir transformações profundas, como a chegada do marketing digital e, recentemente, a pandemia de Covid-19. Nesse tipo de situação, muitas empresas pedem socorro, principalmente quando se trata de conhecer o mercado para continuar vendendo.

Nosso foco no post de hoje é esclarecer os principais pontos que fazem de uma consultoria de mercado e vendas algo essencial para os empreendedores, com ou sem pandemia. Continue lendo!



Onde a consultoria vai atuar na sua empresa?

Andréa Afif Elossais, consultora da área de mercado, explica que, em um primeiro momento, é feito o diagnóstico da situação atual da empresa e, posteriormente, a análise para estruturar um plano de ação com as melhores estratégias. “É uma consultoria temporária, a empresa deve agir por conta própria, mas seguindo as orientações sugeridas”, destaca.

Já Gustavo Schimit, consultor em marketing estratégico, afirma que também é possível direcionar a empresa e o empresário a “olhar para dentro”. “É pegar a sua carteira de clientes e impactá-los de alguma forma, via WhatsApp ou Internet, mas que o empreendedor entenda que essas pessoas são mais importantes do que o cliente que ainda não é cliente, então é fidelização, zelo e cuidado”, afirma.

Será que a sua hora chegou?

No cenário em que vivemos atualmente, é normal estar perdido e pensar nas piores situações para sua empresa, mas não é fim dos tempos e nada está perdido. É possível encontrar maneiras de entender o mercado atual e, assim, aumentar suas vendas.

É justamente neste ponto em que investir em uma consultoria se faz necessário. “Esse vai ser um ano bem competitivo e desafiador, então é sensato que o empreendedor não pense em enriquecer neste momento, mas que consiga manter sua empresa em pé. A consultoria se encaixa para todo empreendedor que tem buscado uma saída diante desse cenário, que tem buscado formas de poder prospectar e conquistar clientes de forma diferenciada”, explica Gustavo.

O consultor ainda aconselha a ter disposição e estar aberto a encarar algo novo, mudar completamente a forma de gerir (se for necessário) e sair da zona de conforto. “Aquele empresário que está incomodado com a situação que está vivendo. É para essa pessoa que eu indico a consultoria”, afirma.

Quais as principais queixas dos empreendedores?

Atendendo diversas empresas de diferentes tamanhos e segmentos, os consultores nos apresentaram quais as queixas mais comuns dos empreendedores:

  • Como fazer para vender mais?
  • Como atingir o público-alvo?
  • Como divulgar a empresa?
  • Estruturação de área comercial
  • Canais de comercialização
  • Como utilizar o marketing digital para melhorar as vendas?

O também consultor Gustavo Schimit chama a atenção para um comportamento que não se manifesta na forma de queixa, mas que é facilmente percebido durante a consultoria. “O empresário deve parar de pensar que divulgar no Facebook, Instagram e no Google são suficientes para fazer o cliente chegar até a empresa. Antes até poderia funcionar, porém, em um momento de pandemia, esse fluxo não acontece mais. E quando o empresário percebe que precisa “atacar” o cliente, prospectar, entrar na vida desse cliente de fato, ele não sabe como fazer”, comenta.

Andrea complementa afirmando que não há como uma empresa sobreviver apenas com o marketing, sem uma gestão controlada, formação do preço de venda correto e administração dos custos. “Veja se a tarefa de casa está sendo feita para depois expandir suas vendas e divulgar sua empresa. Inove e saia na frente da sua concorrência, coloque-se no lugar de seu potencial cliente (público-alvo), saiba o que ele realmente deseja comprar e verifique se você pode oferecer”, diz.

A consultoria irá ampliar o seu olhar para o negócio

Abrir as portas da sua empresa para um “estranho” como o consultor, pode ser algo desconfortável, porém necessário. Andrea Afif explica:

O empresário otimiza seu tempo, deixando para um especialista traçar as ações que ajudarão na tomada as decisões;

As estratégias de marketing passam a ser mais assertivas ao encontrar e implementar soluções que ajudem a empresa a aumentar sua produtividade de vendas;

 O consultor tem uma visão externa do negócio, que será mais objetiva e imparcial, trazendo soluções que vão gerar resultados.

E neste momento em que as plataformas digitais estão em alta, em um mesmo local é possível receber orientação sobre todos os aspectos financeiros que envolvem um empreendimento. Clicando aqui, você tem acesso à página do Sebrae Orienta, nosso programa de consultorias gratuitas para melhorar a sua empresa em todos os aspectos.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário