Empreendedorismo

14 dezembro, 2020 • Empreendedorismo

Autocuidado: Equilibrando a saúde física, mental e emocional

Para enfrentar a dificuldade do momento que estamos vivendo, somada aos desafios que o cotidiano por si só nos impõe, acabamos assumindo excessivos papéis e, consequentemente, nos sobrecarregando.

Durante a pandemia, alguns levantamentos sobre a qualidade de vida da população foram feitos e os dados demonstraram que as mulheres ficaram mais sobrecarregadas que os homens, já que precisaram se dividir em inúmeras funções.

O autocuidado, em momentos como esses, é fundamental quando se trata da saúde física e mental, principalmente da mulher, tornando-se um poderoso aliado na hora de enfrentar os desafios diários com mais resiliência e preservando o bem-estar.

Conversamos com a Mestre em Terapias Contextuales pelo Instituto ACT de Madrid, na Espanha e Mestre em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo (USP), Desirée Cassado, que trouxe algumas reflexões sobre a importância de cuidar de si como ferramenta de equilíbrio nos tempos atuais.

Confira!

Cada papel importa, mas lembre-se de cuidar de você

As múltiplas funções desempenhadas por mulheres inseridas nos mais variados contextos sociais não são uma novidade trazida pela pandemia, mas diante das dificuldades que esse período tem apresentado, a necessidade de “dar conta” de todos os papéis atribuídos a elas levaram-nas a níveis de sobrecarga ainda mais altos, acarretando prejuízos físicos e emocionais.

Anteriormente, mesmo que fosse necessário que essas mulheres assumissem o papel de profissionais, mães, educadoras e cuidadoras do lar, ainda havia a possibilidade de compartilhar o cuidado das crianças, por exemplo, com outras comunidades, como a escola ou familiares.

Diante dessa impossibilidade, elas precisam desempenhar com ainda mais afinco cada papel que, agora, exige muito mais delas, o que vai desde o homeschooling das crianças, o cuidado da casa, até a tarefa de empreender. Por isso muitas mulheres acabam optando por abrir mão da prática de coisas que faziam em algum momento de “tempo livre” para se sentirem bem.

“Qual horário uma mulher tem, hoje, pra fazer uma hora de atividade física por dia? Para preparar suas refeições com cuidados ou dormir por tempo suficiente? Esses indicativos mostram que as mulheres estão abrindo mão dos pilares que sustentam sua saúde mental e física para ‘darem conta’ de suas novas rotinas”, explica Desirée.

Desirée

O cuidado começa com o próprio corpo

Para que todos possam entender a importância do autocuidado, é importante que o assunto seja abordado em sua totalidade. Na busca por manter a saúde emocional e física, existem alguns pilares que devem ser priorizados.

Um dos mais essenciais, segundo Desirée, que nos fornece a capacidade de encontrar um ponto de equilíbrio, é o cuidado com o corpo. Em primeiro lugar, dormir bem é essencial para tornar-se capaz de tomar decisões mais assertivas, evitar grandes desgastes emocionais e prejuízos comportamentais.

Existem muitos estudos que demonstram que pessoas que dormem mal, de forma irregular ou que sofrem com insônia, têm mais alterações de humor, irritabilidade, menor capacidade de concentração e tendência a comportamentos compulsivos. “No meio de tantas demandas, eu contaria para as mulheres que estão sobrecarregadas que elas precisam dormir e se movimentar”.

Mantenha a proximidade com pessoas queridas

Outro aspecto importante, conforme pontua Desirée, é buscar sempre manter um contato próximo e saudável com pessoas afetivamente importantes. “Somos seres gregários, precisamos um do outro para ficar bem”, explica.

Frente ao momento em que vivemos, onde todos estão sobrecarregados, esse distanciamento que impossibilita a companhia de pessoas queridas é um grande gatilho de sofrimento. “Eu tenho visto muitas pessoas sofrendo, com a saúde mental prejudicada, porque não têm se encontrado, visto ou conversado com quem é importante na sua vida”.

Apesar do contato físico ser importante, diante do momento, é fundamental que encontremos outros meios de nos fazermos presentes na vida das pessoas e mantê-las próximas em nosso dia a dia.

Para enfrentar a dificuldade do momento que estamos vivendo, somada aos desafios que o cotidiano por si só nos impõe, acabamos assumindo excessivos papéis e, consequentemente, nos sobrecarregando.

Durante a pandemia, alguns levantamentos sobre a qualidade de vida da população foram feitos e os dados demonstraram que as mulheres ficaram mais sobrecarregadas que os homens, já que precisaram se dividir em inúmeras funções.

O autocuidado, em momentos como esses, é fundamental quando se trata da saúde física e mental, principalmente da mulher, tornando-se um poderoso aliado na hora de enfrentar os desafios diários com mais resiliência e preservando o bem-estar.

Conversamos com a Mestre em Terapias Contextuales pelo Instituto ACT de Madrid, na Espanha e Mestre em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo (USP), Desirée Cassado, que trouxe algumas reflexões sobre a importância de cuidar de si como ferramenta de equilíbrio nos tempos atuais.

Confira!

Cada papel importa, mas lembre-se de cuidar de você

As múltiplas funções desempenhadas por mulheres inseridas nos mais variados contextos sociais não são uma novidade trazida pela pandemia, mas diante das dificuldades que esse período tem apresentado, a necessidade de “dar conta” de todos os papéis atribuídos a elas levaram-nas a níveis de sobrecarga ainda mais altos, acarretando prejuízos físicos e emocionais.

Anteriormente, mesmo que fosse necessário que essas mulheres assumissem o papel de profissionais, mães, educadoras e cuidadoras do lar, ainda havia a possibilidade de compartilhar o cuidado das crianças, por exemplo, com outras comunidades, como a escola ou familiares.

Diante dessa impossibilidade, elas precisam desempenhar com ainda mais afinco cada papel que, agora, exige muito mais delas, o que vai desde o homeschooling das crianças, o cuidado da casa, até a tarefa de empreender. Por isso muitas mulheres acabam optando por abrir mão da prática de coisas que faziam em algum momento de “tempo livre” para se sentirem bem.

“Qual horário uma mulher tem, hoje, pra fazer uma hora de atividade física por dia? Para preparar suas refeições com cuidados ou dormir por tempo suficiente? Esses indicativos mostram que as mulheres estão abrindo mão dos pilares que sustentam sua saúde mental e física para ‘darem conta’ de suas novas rotinas”, explica Desirée.

Desirée

O cuidado começa com o próprio corpo

Para que todos possam entender a importância do autocuidado, é importante que o assunto seja abordado em sua totalidade. Na busca por manter a saúde emocional e física, existem alguns pilares que devem ser priorizados.

Um dos mais essenciais, segundo Desirée, que nos fornece a capacidade de encontrar um ponto de equilíbrio, é o cuidado com o corpo. Em primeiro lugar, dormir bem é essencial para tornar-se capaz de tomar decisões mais assertivas, evitar grandes desgastes emocionais e prejuízos comportamentais.

Existem muitos estudos que demonstram que pessoas que dormem mal, de forma irregular ou que sofrem com insônia, têm mais alterações de humor, irritabilidade, menor capacidade de concentração e tendência a comportamentos compulsivos. “No meio de tantas demandas, eu contaria para as mulheres que estão sobrecarregadas que elas precisam dormir e se movimentar”.

Mantenha a proximidade com pessoas queridas

Outro aspecto importante, conforme pontua Desirée, é buscar sempre manter um contato próximo e saudável com pessoas afetivamente importantes. “Somos seres gregários, precisamos um do outro para ficar bem”, explica.

Frente ao momento em que vivemos, onde todos estão sobrecarregados, esse distanciamento que impossibilita a companhia de pessoas queridas é um grande gatilho de sofrimento. “Eu tenho visto muitas pessoas sofrendo, com a saúde mental prejudicada, porque não têm se encontrado, visto ou conversado com quem é importante na sua vida”.

Apesar do contato físico ser importante, diante do momento, é fundamental que encontremos outros meios de nos fazermos presentes na vida das pessoas e mantê-las próximas em nosso dia a dia.


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário