Dicas de Empreendedorismo

02 dezembro, 2019 • Dicas de Empreendedorismo

Saúde mental: como o empreendedor pode lidar com o estresse

Ter a própria empresa é o sonho de muitos brasileiros. Para sermos mais exatos, de dois terços dos brasileiros (66%), de acordo com uma pesquisa realizada pela MindMiners, encomendada pelo PayPal. O motivo para realizar esse sonho, ainda de acordo com a pesquisa, é: ter mais liberdade e autonomia, ao que acrescentamos: não ter chefe e não sofrer com pressões. Seria lindo, não?

Na prática, infelizmente, a realidade é outra. Transição de carreira (abrindo mão de estabilidade e benefícios), fazer escolhas e tomar decisões, correr riscos, carga excessiva de trabalho, finais de semana sem descanso, meses sem férias e a pressão por resultados ao estilo “tem que dar certo” acabam tornando a rotina do empreendedor uma constante de preocupação e insegurança. O resultado disso tudo? Dores de cabeça, alterações de humor e apetite, alergias de pele, queda de cabelo, insônia, perda de desejo sexual, queda da imunidade e constantes gripes/resfriados.

Os sintomas que listamos acima podem ter diversas causas, mas existe uma que é comum a todas: o estresse, uma reação química do organismo às situações de ameaça, conhecida como “luta ou fuga”, ou a resposta ao estresse. Essa é a forma como nosso organismo nos protege do perigo, é uma reação ao universo ao nosso redor.

Em pequenas doses, o estresse pode ajudá-lo a realizar tarefas e evitar que você se machuque, quando você tem uma rápida reação e pisa nos freios para não bater no carro à frente, por exemplo. O problema é quando o estresse se torna crônico e passa a ser considerado uma doença autoadquirida que oferece riscos.

Estresse em números

De acordo com o International Stress Management Association (Isma – Brasil), o brasileiro está entre os povos mais estressados do mundo – 70% da população ativa sofre com o estresse e 132 mil infartos no país são causados pelo estresse do dia a dia, de acordo o Ministério da Saúde.

Se você é empreendedor ou empreendedora e apresenta alguns (ainda que seja só um) dos sintomas físicos que citamos acima, você pode estar sofrendo de estresse. Interessado e preocupado com a saúde mental dos empreendedores, o Sebrae MS convidou o Mestre Indiano Atma Nambi para falar sobre o assunto com uma abordagem holística moderna. Em sua passagem por Campo Grande, o Blog do Sebrae MS conversou com ele e, neste texto, a gente divide todas as dicas de como lidar com o estresse.

Com a palavra: Atma Nambi

“A primeira coisa que eu posso dizer para os leitores do Blog é que não somos somente carne e osso, somos também energia e vibração; e esses dois aspectos são fundamentais para promover negócios. Precisamos desenvolver o autoconhecimento para nos conectarmos com nosso poder pessoal, para desenvolver habilidades que nos conectem com as outras pessoas e com a natureza para que nossa atividade faça sentido. A pergunta que eu mais ouço e ‘como não sentir tanto o estresse?’ e eu afirmo que todas as respostas que você encontrar por aí, pensando somente no corpo físico, são passageiras, são temporárias, principalmente os remédios. Para ser definitiva a solução, para ser permanente esse estado de não-estresse, é necessário conectar-se. Elevar-se. ‘Mas como eu faço isso?’ é a segunda pergunta que eu mais ouço. E então eu digo que é simples, difícil é ser tão simples. 

Tudo que precisamos já está dentro de nós, porque são sentimentos e o que sentimos é só nosso. Talvez, por falta de prática, pelo ritmo que as coisas têm hoje em dia, passe despercebido. Mas eu tenho certeza que as soluções já estão dentro de cada um de nós, é preciso percebê-las e treiná-las todos os dias. 

Eu recomendo que comecemos pela respiração, um ato vital para nossa sobrevivência e que fazemos em modo automático. Experimente prestar atenção à sua respiração e sinta a calma chegar. Faça uma prece, uma reza, uma oração, independente da sua religião, crença ou fé. Conecte-se com o Ser Superior em quem você acredita e sinta a tranquilidade chegar. Faça o exercício da aceitação. Aceitar as coisas que acontecem do modo que acontecem e as pessoas como elas são não é só se resignar, nem se contentar ou acostumar. É não se desgastar, não se debater com algo sobre o qual você não tem poder algum, é deixar o fluxo da vida fluir. Aceite e sinta a paz chegar. Essa prática leva a outra lição importante: ressignifique as coisas, as pessoas e os acontecimentos em suas vida. Não fique preso a sentimentos ruins, remorso e culpa são os piores sentimentos, pois são inúteis, não produzem nada de bom ou que valha a pena. Ressignifique e sinta a serenidade chegar. Por último e mais importante eu recomendo o exercício da gratidão. Percebo que a palavra está muito na moda, mas e a atitude? O sentimento? Está sendo praticado? Quando você agradece pelo que já tem, seja o fato de conseguir enxergar quando abre os olhos ao acordar ou por algo material, como a casa que te acolhe e te protege, por exemplo, você se fortalece para lidar de forma mais tranquila com as situações estressantes e abre os caminhos para que coisas melhores cheguem até você. Tudo é energia e tudo está conectado”, afirmou. 

Como líder, você, empresário, é também espelho para seus colegas e funcionários. Colocando em prática algumas técnicas aconselhadas por Nambi, você terá condições de criar uma energia positiva no local de trabalho, gerenciar seu tempo e as pessoas, aumentando a produtividade e a felicidade delas.

Sobre Atma Nambi

Atma Nambi nasceu em Tamil Nadu, Índia, é formado em Biologia e atuou por mais de 20 anos como executivo da companhia sueca Astrazeneca, uma empresa do ramo farmacêutico. Teve a oportunidade de conviver com cinco diferentes mestres espirituais, adquirindo assim conhecimento e sabedoria a respeito da humanidade. Em sete de outubro de 1994, quando tinha 39 anos, passou para a Iluminação, como é chamada no Oriente a expansão da consciência. 

Depois disso, foram 3 anos em silêncio, até começar a viajar o mundo todo com o intuito de orientar e auxiliar as pessoas na busca do autoconhecimento e desenvolvimento, promovendo uma maior compreensão do real significado da vida e do que é Ser Humano, na sua mais profunda essência. 

É autor do livro ‘A Canção Humana’ e fundador da Internacional Upanisha Ananda Mandir, localizada no sul da Índia, uma instituição de caridade e sem fins lucrativos .

Ter a própria empresa é o sonho de muitos brasileiros. Para sermos mais exatos, de dois terços dos brasileiros (66%), de acordo com uma pesquisa realizada pela MindMiners, encomendada pelo PayPal. O motivo para realizar esse sonho, ainda de acordo com a pesquisa, é: ter mais liberdade e autonomia, ao que acrescentamos: não ter chefe e não sofrer com pressões. Seria lindo, não?

Na prática, infelizmente, a realidade é outra. Transição de carreira (abrindo mão de estabilidade e benefícios), fazer escolhas e tomar decisões, correr riscos, carga excessiva de trabalho, finais de semana sem descanso, meses sem férias e a pressão por resultados ao estilo “tem que dar certo” acabam tornando a rotina do empreendedor uma constante de preocupação e insegurança. O resultado disso tudo? Dores de cabeça, alterações de humor e apetite, alergias de pele, queda de cabelo, insônia, perda de desejo sexual, queda da imunidade e constantes gripes/resfriados.

Os sintomas que listamos acima podem ter diversas causas, mas existe uma que é comum a todas: o estresse, uma reação química do organismo às situações de ameaça, conhecida como “luta ou fuga”, ou a resposta ao estresse. Essa é a forma como nosso organismo nos protege do perigo, é uma reação ao universo ao nosso redor.

Em pequenas doses, o estresse pode ajudá-lo a realizar tarefas e evitar que você se machuque, quando você tem uma rápida reação e pisa nos freios para não bater no carro à frente, por exemplo. O problema é quando o estresse se torna crônico e passa a ser considerado uma doença autoadquirida que oferece riscos.

Estresse em números

De acordo com o International Stress Management Association (Isma – Brasil), o brasileiro está entre os povos mais estressados do mundo – 70% da população ativa sofre com o estresse e 132 mil infartos no país são causados pelo estresse do dia a dia, de acordo o Ministério da Saúde.

Se você é empreendedor ou empreendedora e apresenta alguns (ainda que seja só um) dos sintomas físicos que citamos acima, você pode estar sofrendo de estresse. Interessado e preocupado com a saúde mental dos empreendedores, o Sebrae MS convidou o Mestre Indiano Atma Nambi para falar sobre o assunto com uma abordagem holística moderna. Em sua passagem por Campo Grande, o Blog do Sebrae MS conversou com ele e, neste texto, a gente divide todas as dicas de como lidar com o estresse.

Com a palavra: Atma Nambi

“A primeira coisa que eu posso dizer para os leitores do Blog é que não somos somente carne e osso, somos também energia e vibração; e esses dois aspectos são fundamentais para promover negócios. Precisamos desenvolver o autoconhecimento para nos conectarmos com nosso poder pessoal, para desenvolver habilidades que nos conectem com as outras pessoas e com a natureza para que nossa atividade faça sentido. A pergunta que eu mais ouço e ‘como não sentir tanto o estresse?’ e eu afirmo que todas as respostas que você encontrar por aí, pensando somente no corpo físico, são passageiras, são temporárias, principalmente os remédios. Para ser definitiva a solução, para ser permanente esse estado de não-estresse, é necessário conectar-se. Elevar-se. ‘Mas como eu faço isso?’ é a segunda pergunta que eu mais ouço. E então eu digo que é simples, difícil é ser tão simples. 

Tudo que precisamos já está dentro de nós, porque são sentimentos e o que sentimos é só nosso. Talvez, por falta de prática, pelo ritmo que as coisas têm hoje em dia, passe despercebido. Mas eu tenho certeza que as soluções já estão dentro de cada um de nós, é preciso percebê-las e treiná-las todos os dias. 

Eu recomendo que comecemos pela respiração, um ato vital para nossa sobrevivência e que fazemos em modo automático. Experimente prestar atenção à sua respiração e sinta a calma chegar. Faça uma prece, uma reza, uma oração, independente da sua religião, crença ou fé. Conecte-se com o Ser Superior em quem você acredita e sinta a tranquilidade chegar. Faça o exercício da aceitação. Aceitar as coisas que acontecem do modo que acontecem e as pessoas como elas são não é só se resignar, nem se contentar ou acostumar. É não se desgastar, não se debater com algo sobre o qual você não tem poder algum, é deixar o fluxo da vida fluir. Aceite e sinta a paz chegar. Essa prática leva a outra lição importante: ressignifique as coisas, as pessoas e os acontecimentos em suas vida. Não fique preso a sentimentos ruins, remorso e culpa são os piores sentimentos, pois são inúteis, não produzem nada de bom ou que valha a pena. Ressignifique e sinta a serenidade chegar. Por último e mais importante eu recomendo o exercício da gratidão. Percebo que a palavra está muito na moda, mas e a atitude? O sentimento? Está sendo praticado? Quando você agradece pelo que já tem, seja o fato de conseguir enxergar quando abre os olhos ao acordar ou por algo material, como a casa que te acolhe e te protege, por exemplo, você se fortalece para lidar de forma mais tranquila com as situações estressantes e abre os caminhos para que coisas melhores cheguem até você. Tudo é energia e tudo está conectado”, afirmou. 

Como líder, você, empresário, é também espelho para seus colegas e funcionários. Colocando em prática algumas técnicas aconselhadas por Nambi, você terá condições de criar uma energia positiva no local de trabalho, gerenciar seu tempo e as pessoas, aumentando a produtividade e a felicidade delas.

Sobre Atma Nambi

Atma Nambi nasceu em Tamil Nadu, Índia, é formado em Biologia e atuou por mais de 20 anos como executivo da companhia sueca Astrazeneca, uma empresa do ramo farmacêutico. Teve a oportunidade de conviver com cinco diferentes mestres espirituais, adquirindo assim conhecimento e sabedoria a respeito da humanidade. Em sete de outubro de 1994, quando tinha 39 anos, passou para a Iluminação, como é chamada no Oriente a expansão da consciência. 

Depois disso, foram 3 anos em silêncio, até começar a viajar o mundo todo com o intuito de orientar e auxiliar as pessoas na busca do autoconhecimento e desenvolvimento, promovendo uma maior compreensão do real significado da vida e do que é Ser Humano, na sua mais profunda essência. 

É autor do livro ‘A Canção Humana’ e fundador da Internacional Upanisha Ananda Mandir, localizada no sul da Índia, uma instituição de caridade e sem fins lucrativos .


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário