Destaque

Descomplicando as férias da equipe

O mês de férias é o mais esperado entre os funcionários, ansiosos pelo merecido descanso depois do árduo trabalho. Porém, em micro e pequenas empresas, as férias podem desfalcar a equipe e o mês de sossego do funcionário pode ser um pesadelo para o empregador. Todos concordam que o descanso das férias é necessário, por isso, saiba como resolver a gestão de recursos humanos e fazer com que a empresa não sinta nenhum prejuízo.

Descomplicando as férias da equipe


Férias da Equipe: Planejamento é essencial

Segundo Bianca Almeida, do RH da Financial Imobiliária, para que a empresa não sofra com as férias de um funcionário, planejamento é essencial: “para que as atividades da organização não sejam prejudicadas, é importante que a empresa tenha um calendário de agendamento de férias considerando períodos de maior movimentação das atividades da empresa”.

Dentro do planejamento deve-se lembrar dos prazos de entregas importantes em que a equipe não pode estar desfalcada “no calendário deve constar se existe algum prazo para que seja entregue algum trabalho grande e importante para os resultados e também a organização da própria equipe, evitando que um ou mais trabalhadores saiam de férias no mesmo período e/ou em períodos críticos para a empresa”. Este cronograma deve ser sempre alinhado com o funcionário: “pois fazendo um alinhamento com antecedência ambos podem se organizar e atender suas necessidades”, assegura Bianca.

Um funcionário sai de férias, outros ficam

A gestão de recursos humanos da sua empresa deve lembrar que, enquanto um funcionário sai de férias, os outros continuam trabalhando: “é importante preparar a equipe para a saída deste colaborador, para que não crie uma sobrecarga para apenas uma pessoa, buscando dividir as tarefas de forma que cada um da equipe possa fazer um pouco”.

Nesse momento, Bianca lembra que o líder da equipe precisa tomar a frente : “A liderança é muito importante neste momento, será preciso que o líder esteja atento à dinâmica da equipe e também preste todo o apoio necessário”.

A liderança é muito importante neste momento, será preciso que o líder esteja atento à dinâmica da equipe e também preste todo o apoio necessário”


Atenção aos custos também

Com um bom planejamento para que o andamento da empresa não tenha prejuízos durante as férias de um funcionário, é preciso se preparar também para os custos das férias “muitas vezes, as empresas fazem apenas os cálculos dos salários, contudo, as férias também devem constar no controle de gastos da empresa, para que a mesma possa se organizar referente a este gasto e também considerar este um fator no planejamento das férias de seus colaboradores”.

Bianca lembra, também, que uma boa gestão de recursos humanos impacta positivamente não apenas a produtividade, bem como os custos da empresa: “problemas na gestão da equipe poderá ter um impacto não só no andamento do trabalho, mas também no aumento das horas extras dos funcionários que ficaram sobrecarregados, que pode elevar os custos em períodos de férias”.

A gestão de recursos humanos em conjunto com um bom planejamento faz com que os períodos de férias de seus funcionários não causem nenhum ônus para a sua empresa. E se precisar de ajuda, os consultores do Sebrae estão disponíveis para ajudar a alavancar o seu negócio!

Leia mais:

Como estar de férias sem pensar no trabalho
Empreendedorismo: Como planejar as próprias férias?
RH: 10 dicas para lidar com as férias dos funcionários
Volta ao Trabalho: Colocando as Ideias e Inspirações das Férias em Prática

 

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.









Deixe seu Comentário