Planejamento Estratégico

17 março, 2021 • Planejamento Estratégico

Como manter a empresa alinhada na sua ausência?

Muitas vezes, liderar um negócio faz com que o empreendedor pense que precisa estar presente em todos os momentos, cuidando de cada detalhe para que tudo corra bem. Mas sabemos que isso não é possível sempre. Haverá momentos em que a liderança deverá se ausentar e delegar tarefas a sua equipe, e isso é natural dentro de um negócio. Na verdade, é importante que o trabalho esteja fluindo e a empresa alinhada para tocar todas as tarefas sozinho, se preciso for.

Uma das iniciativas mais importantes para manter a empresa alinhada é entender que todas as pessoas que integram a equipe fazem parte de algo maior e compõem o time da corporação, cada um com o seu papel. Com este pensamento, o gestor compreende que, mesmo na sua ausência, a essência da empresa deve permanecer – isso é fundamental. É preciso que todos os funcionários saibam que existe planejamento e processos consistentes para que o trabalho funcione. É preciso manter a empresa alinhada na sua ausência. Valorizar o seu pessoal é um dos grandes pilares necessários para manter um negócio.

faz parte de uma boa gestão manter a empresa alinhada na sua ausência

Para Ana Carla Castello, da Conceito A Consultoria: “a palavra de ordem é empoderar-se de seu papel e da sua influência. Perceber o quanto os funcionários se espelham em sua liderança mostra o quanto este empresário está comprometido com a empresa e isso inspira a equipe. Empresário motivado, que sabe aonde quer chegar e mostra à sua equipe que eles também são parte desse caminho e são valorizados por isso, é um perfil um pouco difícil de achar no mercado”.

“Outra iniciativa bastante forte é programar e passar a empresa a limpo em todos os sentidos: aonde quer chegar (propósito), se o modelo de negócio está em sintonia com as escolhas, habilidades e com o público-alvo (persona) que deseja atender, estrutura, finanças e uma equipe que aposte nesse caminho. Isso leva tempo, mas torna a empresa mais autônoma e mais empoderada”.

Como manter a empresa alinhada com um bom planejamento?

Ter um planejamento estratégico é essencial para qualquer negócio e, principalmente neste caso, ajuda a ter controle de tudo e manter a empresa funcionando. É ele que dá forma à visão e às escolhas estratégicas que precisam se formar antes de qualquer iniciativa ser executada.

A consultora ressalta: “não se trata de gerar papéis, perder tempo ou filosofias com dados estáticos e lineares; o planejamento precisa ser aplicável e ajustável, já que a vida, os hábitos do consumidor e do mercado estão em transformação acelerada. É necessário acessar esse planejamento e rever rapidamente o caminho, assim como aproveitar o talento das equipes”.

“A sustentação das escolhas estratégicas depende da boa escolha do pessoal e do preparo que eles irão receber. É importante orientá-los sobre os processos e a forma de trabalho na empresa, pois existem diferentes maneiras de se pensar e estruturar estas questões em diferentes lugares. Atente-se que cada marca tem sua própria linguagem, e acreditar que as pessoas já chegam sabendo o que tem que fazer é um engano enorme”.

Delegar tarefas faz parte do processo de liderança

Delegar as tarefas não só faz parte do dia a dia de um negócio como também é necessário. É fundamental que a liderança de uma empresa consiga se ausentar sem que isso gere danos à rotina e ao funcionamento do trabalho. Isso mantém a empresa alinhada.

“Aqui está um dos maiores segredos do negócio: qual perfil de pessoa precisamos ter. Pode ser que tenha muita gente contratando por falta de opção melhor ou sem experiência. Até aí, sem novidades. Então, melhor escolher profissionais sem experiência, mas com vontade de crescer. E aqui, sem dúvida, a liderança precisa apresentar a seus novos colaboradores o seu propósito e para ter uma equipe preparada o suficiente para permitir que ele se ausente, descanse ou tire férias sem prejuízo a ele, à empresa ou mesmo à equipe”, diz Ana Carla.

É interessante começar a delegar as tarefas conforme for constatado que o funcionário já está com as designações anteriores bem assimiladas. Delegar é importante, mas fazer isso sem entender se o colaborador está pronto pode comprometer os resultados.

Acredite no potencial da sua empresa e lidere com responsabilidade

Castello acredita que o grande desafio desta jornada é moldar-se para liderar. É preciso passar a mensagem e o espírito da empresa, além de coordenar a equipe para que todos entendam seu papel e o que deve ser feito, para que não ocorram erros desnecessários.

Ela conta, sob a ótica de sua vivência, os desafios dos gestores em se ausentar da empresa: “Atuo em um Programa em que um dos empresários, proprietário de um lava-jato, se queixava de trabalhar muito, não podia deixar os funcionários sozinhos, tinha muito retrabalho e o dinheiro não dava. Quadro bem comum hoje em dia”.

“Nesse Programa, ele, por meio da conversa com o profissional que o atendeu, se deu conta de que tinha uma equipe que não precisava trabalhar porque não valorizava o emprego. Seu foco de atendimento e modelo de negócios não favoreciam. Para resumir, ele trocou a atividade de lava-jato para estética automotiva, testou as habilidades da equipe, liberou parte dos funcionários por não se encaixarem no serviço novo, implantou agendamentos e manteve os colaboradores interessados, pois independente de conhecerem todo serviço, ele podia treiná-los.”

A consultora explica que a última notícia no depoimento do líder foi: “não perdi clientes, estamos trabalhando por hora, posso sair para resolver minhas coisas, pois o pessoal dá conta e o dinheiro está aparecendo”. “Creio que isso resume por que buscar um novo olhar, um auxílio para fazer essa transformação e apostar fortemente em nossa capacidade de conduzir essa transformação em equipe”, conclui.

Prepare-se para fazer uma boa gestão do seu negócio em qualquer situação! Baixe agora nosso material de apoio exclusivo sobre planejamento:

Como fazer um Planejamento Estratégico (E-book)

Muitas vezes, liderar um negócio faz com que o empreendedor pense que precisa estar presente em todos os momentos, cuidando de cada detalhe para que tudo corra bem. Mas sabemos que isso não é possível sempre. Haverá momentos em que a liderança deverá se ausentar e delegar tarefas a sua equipe, e isso é natural dentro de um negócio. Na verdade, é importante que o trabalho esteja fluindo e a empresa alinhada para tocar todas as tarefas sozinho, se preciso for.

Uma das iniciativas mais importantes para manter a empresa alinhada é entender que todas as pessoas que integram a equipe fazem parte de algo maior e compõem o time da corporação, cada um com o seu papel. Com este pensamento, o gestor compreende que, mesmo na sua ausência, a essência da empresa deve permanecer – isso é fundamental. É preciso que todos os funcionários saibam que existe planejamento e processos consistentes para que o trabalho funcione. É preciso manter a empresa alinhada na sua ausência. Valorizar o seu pessoal é um dos grandes pilares necessários para manter um negócio.

faz parte de uma boa gestão manter a empresa alinhada na sua ausência

Para Ana Carla Castello, da Conceito A Consultoria: “a palavra de ordem é empoderar-se de seu papel e da sua influência. Perceber o quanto os funcionários se espelham em sua liderança mostra o quanto este empresário está comprometido com a empresa e isso inspira a equipe. Empresário motivado, que sabe aonde quer chegar e mostra à sua equipe que eles também são parte desse caminho e são valorizados por isso, é um perfil um pouco difícil de achar no mercado”.

“Outra iniciativa bastante forte é programar e passar a empresa a limpo em todos os sentidos: aonde quer chegar (propósito), se o modelo de negócio está em sintonia com as escolhas, habilidades e com o público-alvo (persona) que deseja atender, estrutura, finanças e uma equipe que aposte nesse caminho. Isso leva tempo, mas torna a empresa mais autônoma e mais empoderada”.

Como manter a empresa alinhada com um bom planejamento?

Ter um planejamento estratégico é essencial para qualquer negócio e, principalmente neste caso, ajuda a ter controle de tudo e manter a empresa funcionando. É ele que dá forma à visão e às escolhas estratégicas que precisam se formar antes de qualquer iniciativa ser executada.

A consultora ressalta: “não se trata de gerar papéis, perder tempo ou filosofias com dados estáticos e lineares; o planejamento precisa ser aplicável e ajustável, já que a vida, os hábitos do consumidor e do mercado estão em transformação acelerada. É necessário acessar esse planejamento e rever rapidamente o caminho, assim como aproveitar o talento das equipes”.

“A sustentação das escolhas estratégicas depende da boa escolha do pessoal e do preparo que eles irão receber. É importante orientá-los sobre os processos e a forma de trabalho na empresa, pois existem diferentes maneiras de se pensar e estruturar estas questões em diferentes lugares. Atente-se que cada marca tem sua própria linguagem, e acreditar que as pessoas já chegam sabendo o que tem que fazer é um engano enorme”.

Delegar tarefas faz parte do processo de liderança

Delegar as tarefas não só faz parte do dia a dia de um negócio como também é necessário. É fundamental que a liderança de uma empresa consiga se ausentar sem que isso gere danos à rotina e ao funcionamento do trabalho. Isso mantém a empresa alinhada.

“Aqui está um dos maiores segredos do negócio: qual perfil de pessoa precisamos ter. Pode ser que tenha muita gente contratando por falta de opção melhor ou sem experiência. Até aí, sem novidades. Então, melhor escolher profissionais sem experiência, mas com vontade de crescer. E aqui, sem dúvida, a liderança precisa apresentar a seus novos colaboradores o seu propósito e para ter uma equipe preparada o suficiente para permitir que ele se ausente, descanse ou tire férias sem prejuízo a ele, à empresa ou mesmo à equipe”, diz Ana Carla.

É interessante começar a delegar as tarefas conforme for constatado que o funcionário já está com as designações anteriores bem assimiladas. Delegar é importante, mas fazer isso sem entender se o colaborador está pronto pode comprometer os resultados.

Acredite no potencial da sua empresa e lidere com responsabilidade

Castello acredita que o grande desafio desta jornada é moldar-se para liderar. É preciso passar a mensagem e o espírito da empresa, além de coordenar a equipe para que todos entendam seu papel e o que deve ser feito, para que não ocorram erros desnecessários.

Ela conta, sob a ótica de sua vivência, os desafios dos gestores em se ausentar da empresa: “Atuo em um Programa em que um dos empresários, proprietário de um lava-jato, se queixava de trabalhar muito, não podia deixar os funcionários sozinhos, tinha muito retrabalho e o dinheiro não dava. Quadro bem comum hoje em dia”.

“Nesse Programa, ele, por meio da conversa com o profissional que o atendeu, se deu conta de que tinha uma equipe que não precisava trabalhar porque não valorizava o emprego. Seu foco de atendimento e modelo de negócios não favoreciam. Para resumir, ele trocou a atividade de lava-jato para estética automotiva, testou as habilidades da equipe, liberou parte dos funcionários por não se encaixarem no serviço novo, implantou agendamentos e manteve os colaboradores interessados, pois independente de conhecerem todo serviço, ele podia treiná-los.”

A consultora explica que a última notícia no depoimento do líder foi: “não perdi clientes, estamos trabalhando por hora, posso sair para resolver minhas coisas, pois o pessoal dá conta e o dinheiro está aparecendo”. “Creio que isso resume por que buscar um novo olhar, um auxílio para fazer essa transformação e apostar fortemente em nossa capacidade de conduzir essa transformação em equipe”, conclui.

Prepare-se para fazer uma boa gestão do seu negócio em qualquer situação! Baixe agora nosso material de apoio exclusivo sobre planejamento:

Como fazer um Planejamento Estratégico (E-book)


Continuar Lendo

Confira todos os conteúdos que o Sebrae MS disponibiliza para você!
Clique aqui e acesse diversos temas de empreendedorismo para guiar a sua jornada.






Deixe um comentário